Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A/o jovem como sujeito do ensino médio

Pacto para fortalecimento do ensino médio
by

Shirlei Sales

on 25 January 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A/o jovem como sujeito do ensino médio

Rodrigo Jesus
Shirlei Sales

Juventudes
Categoria socialmente construída Identidade relacional (autoidentificação e reconhecimento social). Construção social, instável, inacabada, dinâmica, móvel, fluida, múltipla, fragmentada, negociada, incerta
Diversidade


Culturas juvenis: estética, sociabilidade, estilo, música, arte, política cibercultura

Tecnologias digitais, internet, redes sociais, celulares (internet móvel)

Juventude ciborgue: novas habilidades, novas formas de pensar, novas formas de conhecer, novas formas de aprender, novas formas de se relacionar, novas formas de comunicar, novas formas de vida

Escola e cibercultura (aliadas ou rivais?)
Projetos de vida: o que ser aos trinta?

A centralidade do trabalho na vida dos jovens brasileiros

Sentidos atribuídos pelos jovens ao trabalho e à escolarização

O território como espaço de produção de sentidos

A centralidade da escola na socialização e sociabilidade da juventude

Indisciplina, zoação e crise de autoridade docente?

Foco na Relação
Razões do abandono e da permanência dos jovens na escola

E a participação juvenil na escola: construindo sentidos

Rejeição das representações pejorativas (estereótipos)

Superar a visão de transição e enxergar a juventude como um tempo importante em si, no presente

Identidades juvenis: sociabilidades, práticas coletivas. Há muitos modos de viver a juventude
http://observatoriodajuventude.ufmg.br/pacto-mg/
www.emdialogo.uff.br
Full transcript