Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

DESENVOLVIMENTO, GLOBALIZAÇÃO E CORRUPÇÃO: um desafio de uma

No description
by

THIAGO ANDRADE

on 10 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of DESENVOLVIMENTO, GLOBALIZAÇÃO E CORRUPÇÃO: um desafio de uma

DESENVOLVIMENTO, GLOBALIZAÇÃO E CORRUPÇÃO: um desafio de uma coexistência próspera
ADEQUAÇÃO À DISCIPLINA
RAÍZES DO DESENVOLVIMENTO
CORRUPÇÂO
Interação entre a coisa e/ou setor público, setor privado e vinculação a obscuridade e ilegalidade;
Corrupção pública/política e corrupção privada;
Dificuldade de auferir objetivamente tendo em vista seu caráter eminentemente secreto/clandestino;
"Demanda e oferta de corrupção" (Eleanor O`Higgins) - meio de inserção e interação público e privado;
JUSTIFICATIVA
OBJETIVO
A relevância do tema justifica-se pela necessidade de averiguar a influência da corrupção no crescimento e desenvolvimento econômico;
Analisar os reflexos da corrupção no desenvolvimento de uma nação, notadamente, no Brasil.
Estado, Constituição e Economia;
Carta de Fundação da ONU (1945) - termo desenvolvimento;
Declaração do Direitos Humanos (1948) - conceito de desenvolvimento delineado;
Comissão de Direitos Humanos das Nações Unidas - CDHNU (1977) - reunião para discussão de forma inédita;
Assembléia Geral da ONU (1979) - reconhecido oficialmente;
Declaração sobre o Direito ao Desenvolvimento (1986) - direito humano inalienável/pessoa humana objeto central;
Direito Fundamental ao Desenvolvimento (1988) - Preâmbulo, Art. 3º, II, 192, 219, CF/88;
Metas do Milênio (2000);
RELATÓRIO DO DESENVOLVIMENTO HUMANO. A Ascensão do Sul: Progresso Humano num Mundo Diversificado (PNUD), 2013.
PACTOS PARA A IGUALDADE, Rumo a um Futuro Sustentável (CEPAL), 2014.
"Vivemos um mundo de opulência sem precedentes, mas também de privação e opressão extraordinárias. O desenvolvimento consiste na eliminação de privações de liberdade que limitam as escolhas e as oportunidades das pessoas de exercer ponderadamente sua condição de cidadão"
Amartya Sen
"A corrupção é geralmente definida como abuso de poder público para benefício privado"
World Bank
Dinâmica básica da corrupção:
CORRUPÇÃO = Monopólio + Discrição - Responabilidade
Eleanor O´Higgins
REFLEXOS DA CORRUPÇÂO

1. Redução do crescimento econômico (barreiras a novos investimentos, fragiidade de direitos);

2. Impacto no desenvolvimento (educação);

3. Efeito negativo na atividade empresarial (instabilidade no mercado e concorrência desleal);

4. Enfraquecimento das instituições públicas (caráter resolutivo da propina);

5. Deficiência de políticas públicas (desvio de recursos públicos);Oferta de trabalho (favorecimentos, nepotismo
CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES
Aumento na Arrecadação
Investimento Público
De acordo com estudo da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Brasil investiu 5,6% em educação contra 7,6% de outros países que compõe o mesmo grupo.
(Fonte: Education at a Glance)
CONCLUSÃO
Obrigado pela atenção!!!
Desenvolvimento tornou-se agenda mundial, sendo buscada não só por países em desenvolvimento, mas também por aqueles desenvolvidos;

A globalização permite que esse desenvolvimento aconteça de forma mais dinâmica e de maneira compartilhada;
O grande problema a ser enfrentado é a corrupção, a qual encontra enraizada em maior ou menor grau nas instituições públicas, agentes do estado, empresas e até mesmo nos próprios cidadãos;
- Não é privilégio dos países mais atrasados, mas é neles que ela se encontra com maior intensidade e causando danos mais significativos;

- A burocracia também não é fator determinante para uma maior ou menor corrupção;

- A questão é de ordem ética e moral, uma vez que se há oferta de corrupção é porque existe demanda autorizante deste mesmo fenômeno, ocasionando, assim, reflexos em diversas áreas;

- A corrupção pública/política é a mais perigosa.
Não basta criar leis, agências especializadas, como muito se sugere, especificamente, para o Brasil. O investimento em ferramentas de necessidades básicas, como a educação e saúde, bem como ferramentas morais, como ética e o bem comum, promoverão uma melhora no fator corrupção.
Fundo Monetário Internacional (FMI),
Organização das Nações Unidas (ONU),
Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE),
Organização dos Estados Americanos (OEA),
Transparência Internacional (TI)
Organismos Internacionais
A Transparência Internacional é uma organização não governamental que fora criada prioritariamente para combater à corrupção. Criada em 1993 e sediada em Berlin, a TI aduz que a corrupção é um dos maiores desafios do mundo contemporâneo
A ONU criou em 2005, sob guarda do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNDOC), CONVENÇÃO CONTRA CORRUPÇÃO (primeiro instrumento jurídico internacional contra a corrupção), constitui ferramenta única e inovadora contra tal mal que atinge todo o cenário mundial.
Full transcript