Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Movimento e Música na educação infantil

No description
by

Suênia Maria

on 26 February 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Movimento e Música na educação infantil

MOVIMENTO E MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL
A CRIANÇA E O MOVIMENTO
O PRIMEIRO ANO DE VIDA

CAPACIDADE EXPRESSIVA;

SUSTENTAÇÃO DO PRÓPRIO CORPO;

LOCOMOÇÃO
.

CRIANÇAS DE UM A TRÊS ANOS

SE DIVERTE EM LOCOMOVER-SE DE UM LADO PARA O OUTRO;

DESENVOLVIMENTO DOS GESTOS SIMBÓLICOS;

COMEÇA A RECONHECER A IMAGEM DO SEU PRÓPRIO CORPO.
EQUIPE:
ERICA MICHELE
MARIA LUCICLEIDE
MIRELLA FERNANDES
SUÊNIA MARIA
ROSICLEIDE MARCOLINO
A CRIANÇA E A MÚSICA
O ambiente sonoro, assim como a presença da música em diferentes e variadas situações do cotidiano fazem com que os bebês e crianças iniciem seu processo de musicalização de forma intuitiva.

Crianças até os dois anos de idade: procuram imitar o que ouvem e também inventam linhas melódicas ou ruídos, explorando possibilidades vocais.

No terceiro ano de vida, as crianças ampliam os modos de expressão musical pelas conquistas vocais e corporais.

O que caracteriza a produção musical das crianças nesse estágio é a exploração do som e suas qualidades; altura, duração, e timbre, e não a criação de temas ou melodias definidos precisamente

A CRIANÇA E A MÚSICA
• A expressão musical das crianças nessa fase é caracterizada pela ênfase nos aspectos intuitivo e afetivo e pela exploração sensório-motora dos materiais sonoros. As crianças integram a música as demais brincadeiras e jogos.

• A partir dos três anos, aproximadamente, os jogos com movimento são fontes de prazer, alegria e possibilidade afetiva para o desenvolvimento motor e rítmico, sintonizados com a música.

• Além de canta as crianças tem interesse em tocar pequenas linhas melódicas nos instrumentos musicais, buscando entender sua construção.

CRIANÇAS DE QUATRO A SEIS ANOS

AMPLIAÇÃO DO REPERTÓRIO DE GESTOS INSTRUMENTAIS;

AUMENTO DO TEMPO QUE A CRIANÇA CONSEGUE MANTER-SE NUMA MESMA POSIÇÃO;

PERMANECE A TENDENCIA LÚDICA DA MOTRICIDADE.
A PRESENÇA DO MOVIMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL


ALGUMAS PRÁTICAS EDUCATIVAS, SUPRIMEM O MOVIMENTO, IMPONDO ÀS CRIANÇAS RÍGIDAS RESTRIÇÕES POSTURAIS.

O PROFESSOR TENTA, A TODO CUSTO, CONTER E CONTROLAR AS MANIFESTAÇÕES MOTORAS INFANTIS;

É PRECISO MOVIMENTAR-SE;

POR MEIO DO MOVIMENTO A CRIANÇA SE COMUNICA E EXPRESSA SEUS SENTIMENTOS E A TRADIÇÃO DE SEU GRUPO CULTURAL.
A PRESENÇA DA MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: IDEIAS E PRÁTICAS CORRENTES
A MÚSICA É UMA LINGUAGEM EM FORMAS SONORAS CAPAZES DE EXPRESSAR E COMUNICAR SENSAÇÕES, SENTIMENTOS E PENSAMENTOS, POR MEIO DA ORGANIZAÇÃO E RELACIONAMENTO EXPRESSIVO ENTRE O SOM E O SILÊNCIO.

A MÚSICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO INFANTIL VEM, AO LONGO DE SUA HISTÓRIA, ATENTADO A VÁRIOS OBJETIVOS, ALGUNS DOS QUAIS ALHEIOS AS QUESTÕES PRÓPRIAS DESSA LINGUAGEM. TEM SIDO EM MUITOS CASOS, SUPORTE ATENDER A CÁRIOS PRÓPOSITOS, COMO A FORMAÇÃO DE HÁBITOS, ATITUDES E COMPORTAMENTOS.

CONFECÇÃO DE MATERIAL INADEQUADO E CONSEGUENTEMENTE COM QUALIDAE SONORA DEFICIÊNTE.

INSTITUIÇÕES ENCONTRAM DIFICULDADES PARA INTEGRAR A LINGUAGEM MUSICAL AO CONTEXTO EDUCACIONAL.
"um grupo disciplinado não é aquele em que todos se mantêm quietos e calados, mas sim um grupo em que vários elementos se encontram envolvidos e mobilizados pelas atividades propostas."
( RECNEI, P. 19)
OBJETIVOS

CRIANÇAS DE ZERO A TRÊS ANOS

FAMILIARIZAR-SE COM A IMAGEM DO PRÓPRIO CORPO;

EXPLORAR AS POSSIBILIDADES DE GESTOS E RITMOS CORPORAIS PARA EXPRESSAR-SE NAS BRINCADEIRAS E NAS DEMAIS SITUAÇÕES DE INTERAÇÃO.

CRIANÇAS DE QUATRO A SEIS ANOS

POSSIBILIDADES EXPRESSIVAS DO PRÓPRIO MOVIMENTO, UTILIZANDO GESTOS DIVERSOS E O RITMO CORPORAL NAS SUAS BRINCADEIRAS, DANÇAS, JOGOS E DEMAIS SITUAÇÕES DE INTERAÇÃO;

EXPLORAR DIFERENTES QUALIDADES E DINÂMICAS DO MOVIMENTO, COMO FORÇA, VELOCIDADE, RESISTÊNCIA E FLEXIBILIDADE, CONHECENDO GRADATIVAMENTE OS LIMITES E AS POTENCIALIDADES DE SEU CORPO.

CONTEÚDOS
RESPEITAR AS DIFERENTES CAPACIDADES DAS CRIANÇAS EM CADA FAIXA ETÁRIA E AS DIVERSAS CULTURAS CORPORAIS PRESENTES NAS MUITAS REGIÕES DO PAÍS.

PRIORIZAR O DESENVOLVIMENTO DAS CAPACIDADES EXPRESSIVAS E INSTRUMENTAIS DO MOVIMENTO PERMITINDO QUE AS CRIANÇAS POSSAM AGIR COM MAIS INTENCIONALIDADE.

A ORGANIZAÇÃO DESSAS ATIVIDADES DEVE OCORRER NUM PROCESSO CONTÍNUO E INTEGRADO E ENVOLVER MÚLTIPLAS EXPERIÊNCIAS CORPORAIS
EQUILÍBRIO E COORDENAÇÃO

É A DIMENSÃO INSTRUMENTAL DO MOVIMENTO E ESTÁ RELACIONADA ÀS CAPACIDADES DA CRIANÇA EM COORDENAR MOVIMENTO AO EQUILÍBRIO.

OS CONTEÚDOS ESTÃO ORGANIZADOS EM:
EXPRESIVIDADE

É A DIMENSÃO SUBJETIVA DO MOVIMENTO E ESTÁ RELACIONADA ÀS CAPACIDADES E POSSIBILIDADES EXPRESSIVAS.

ENGLOBA EXPRESSÕES E COMUNICAÇÃO DE IDEIAS, SENSAÇÕES E SENTIMENTOS PESSOAIS.

EXPRESSIVIDADE
ENGLOBA AS EXPRESSÕES E COMUNICAÇÃO DE IDEIAS, SENSAÇÕES E SENTIMENTOS PESSOAIS E AS MANIFESTAÇÕES CORPORAIS RELACIONADAS A CULTURA;

DEVE SER CONTEMPLADA EM TODAS AS SITUAÇÕES DO COTIDIANO DA INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL POSSIBILITANDO À CRIANÇA UTILIZAR GESTOS, POSTURAS E RITMOS PARA SE EXPRESSAR E COMUNICAR.
ORIENTAÇÕES DITÁTICAS
EXPRESSIVIDADE
CRIANÇAS DE ZERO A TRÊS ANOS

ATIVIDADES QUE PERMITAM A CRIANÇA RECONHECER ELEMENTOS DO PRÓPRIO CORPO: BANHO, USO DE ESPELHO E MATERIAIS COM TEXTURAS, TEMPERATURA E CARACTERÍSTICAS DIFERENTES;

BRINCADEIRAS COM MÚSICA QUE POSSIBILITEM A PERCEPÇÃO RÍTMICA, A IDENTIFICAÇÃO DE SEGMENTOS DO CORPO, CAPACIDADES EXPRESSIVAS E CONTATO FÍSICO.

BRINCADEIRAS MÍMICAS E CARETAS DESENVOLVEM A CAPACIDADE EXPRESSIVA DE SI PRÓPRIO E DOS OUTROS, AMPLIANDO AS POSSIBILIDADES DE COMUNICAÇÃO.
ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS
EXPRESSIVIDADE
CRIANÇAS DE QUATRO À SEIS ANOS

APROFUNDAR A EXPLORAÇÃO DO CORPO HUMANO EM ATIVIDADES SISTEMÁTICAS, QUE ENVOLVAM O RECONHECIMENTO DOS SINAIS VITAIS.

UTILIZAÇÃO DE DANÇAS, CIRANDAS E BRINCADEIRAS DE RODA POSSIBILITAM A REALIZAÇÃO DE DIFERENTES MOVIMENTOS EXPRESSIVOS E RÍTMICOS.



ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS
EQUILIBRIO E COORDENAÇÃO
CRIANÇAS DE ZERO A TRÊS ANOS

O AMBIENTE DEVE ESTAR ORGANIZADO COM DIFERENTES MATERIAIS VISANDO A DESCOBERTA E EXPLORAÇÃO DO MOVIMENTO.

AS ATIVIDADES DEVEM EXIGIR APERFEIÇOAMENTO DAS CAPACIDADES MOTORAS, COMO EXEMPLO: CIRCUITOS OU BRINCADEIRAS TRADICIONAIS.

ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS
EQUILIBRIO E COORDENAÇÃO
CRIANÇAS DE QUATRO À SEIS ANOS

AS ATIVIDADES PROPOSTAS DEVEM INCLUIR DIFERENTES MOVIMENTOS: LUTAR, DANÇAR, SUBIR, DESCER EM ÁRVORES OU OBSTÁCULOS, PULAR CORDA, JOGAR FUTEBOL, ETC.

OS JOGOS DE REGRAS VÃO ALÉM DO DESENVOLVIMENTO DAS CAPACIDADES DE EQUILIBRIO E COORDENAÇÃO. ELES TRAZEM SITUAÇÕES DE COMPETIÇÃO QUE FAZEM AS CRIANÇAS PERCEBEREM AS POTENCIALIDADES E LIMITES DO PRÓPRIO CORPO.
ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O PROFESSOR
O PROFESSOR DEVE COMPREENDER A IMPORTÂNCIA DA ATIVIDADE MOTORA PARA A CRIANÇA;

ELE DEVE REFLETIR SOBRE AS SOLICITAÇÕES CORPORAIS DAS CRIANÇAS E SUA ATITUDE DIANTE DAS MANIFESTAÇÕES DA MOTRICIDADE INFANTIL, COMPREENDENDO SEU CARÁTER LÚDICO;

A ORGANIZAÇÃO DO AMBIENTE, DOS MTERIAIS E DO TEMPO VIRAM AUXILIAR A INTEGRAÇÃO DAS ATIVIDADES MOTORAS DAS CRIANÇAS ÀS DIVERSAS PROPOSTAS DE ROTINA.
ORGANIZAÇÃO DO TEMPO
AS ATIVIDADES QUE BUSCAM VALORIZAR O MOVIMENTO NAS SUAS DIMENSÕES EXPRESSIVAS INSTRUMENTAIS E CULTURAIS PODEM SER REALIZADAS DIARIAMENTE DE MANEIRA PLANEJADA OU NÃO;

PODEM SER REALIZADOS TAMBÉM PROJETOS QUE INTERAGREM OS CONTEÚDOS RELACIONADOS AO MOVIMENTO;

DEVEM SER EXPLORADOS PROJETOS QUE EXPLOREM DANÇAS, JOGOS E BRINCADEIRAS POPULARES E AINDA CIRCUITOS MOTORES.
MOVIMENTO
MÚSICA
O TRABALHO COM MÚSICA PROPOSTO TEM COMO OBJETIVO GARANTIR À CRIANÇA A POSSIBILIDADE DE VIVÊNCIAR E REFLETIR SOBRE QUESTÕES MISICAIS, NUM EXERCÍCIO SENCÍVEL E EXPRESSIVO, OFERECENDO CONDIÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES, FORMULAÇÕES DE HIPÓTESES E DE ELABORAÇÃO DE CONCEITO.
OBJETIVOS
CRIANÇAS DE ZERO A TRÊS ANOS

OUVIR, PERCEBER E DISCRIINAR EVENTOS SONOROS E PRODUÇÕES MUSICAIS;

BRINCAR COM A MÚSICA, IMITAR, INVENTAR E REPRODUZIR CRIAÇÕES MUSICAIS.

CRIANÇAS DE QUATRO A SEIS ANOS

EXPLORAR E IDENTIFICAR ELEMENTOS DA MÚSICA PARA SE EXPRESSAR, INTERAGIR COM OS OUTROS E AMPLIAR SEUS CONHECIMENTOS DE MUNDO;

PERCEBER E EXPRESSAR SENSAÇÕES, SENTIMENTOS E PENSAMENTOS, POR MEIO DE IMPROVISAÇÕES, COMPOSIÇÕES E INTERPRETAÇÕES MUSICAIS.
O FAZER MUSICAL
A ORGANIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS PARA OS TRABALHOS NA ÁREA DE MÚSICA NAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO INFANTIL DEVERA, ACIMA DE TUDO, RESPEITAR O NÍVEL DE PERCEPÇÃO E DESENVOLVIMENTO (MUSICAL E GLOBAL) DAS CRIANÇAS EM CADA FASE, BEM COMO AS DIFERENÇAS SOCIOCULTURAIS ENTRE OS GRUPOS DE CRIANÇAS DAS MUITAS REGIÕES DO PAÍS

EXPLORAÇÃO
VIVÊNCIA
REFLEXÃO
CONTEÚDOS
O FAZER MUSICAL É UMA FORMA DE COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO.
CRIANÇAS DE ZERO A TRÊS ANOS

PRIMEIROS CONTATOS COM A LINGUAGEM MUSICAL;

ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS

NO PRIMEIRO ANO DE VIDA, A PRÁTICA MUSICAL PODERÁ OCORRER POR MEIO DE ATIVIDADES LÚDICAS
.

CRIANÇAS DE QUATRO À SEIS ANOS
RECONHECIMENTO E UTILIZAÇÃO EXPRESSIVA, EM CONTEXTOS MUSICAIS.

RECONHECIMENTO E UTILIZAÇÃO DAS VARIAÇÕES DE VELOCIDADE E DENSIDADE.

REPERTORIO DE CANÇÕES PARA DESENVOLVER MEMÓRIA MUSICAL.

ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS

O FAZER MUSICAL REQUER ATITUDES DE CONCENTRAÇÃO E ENVOLVIMENTO COM AS ATIVIDADES PROPOSTAS.

O PROFESSOR PODE ESTIMULAR A CRIAÇÃO DE PEQUENAS CANÇÕES, EM GERAL ESTRUTURADAS, TENDO POR BASE A EXPERIÊNCIA QUE A CRIANÇA VEM ACUMULANDO.


APRECIAÇÃO MUSICAL
A APRECIAÇÃO REFERE - SE À AUDIÇÃO E
INTERAÇÃO COM MÚSICAS DIVERSAS.

CRIANÇA DE ZERO Á TRÊS ANOS

OUVE E SE MOVIMENTA.

ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS

A ESCUTA MUSICAL DEVE ESTAR INTEGRADA DE MANEIRA INTENCIONAL ÀS ATIVIDADES COTIDIANAS DOS BEBÊS E DAS CRIANÇAS PEQUENAS.

CRIANÇAS DE QUATRO Á SEIS ANOS

RECONHECE AS OBRAS COM MAIS DETALHES.
ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS

NESSA FAIXA ETÁRIA, O TRABALHO COM A AUDIÇÃO PODERÁ SER MAIS DETALHADO.

HÁ QUE SE TOMAR CUIDADO PARA NÃO LIMITAR O CONTATO DAS CRIANÇAS COM O REPERTÓRIO DITO “INFANTIL” .

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O PROFESSOR
PARA AS CRIANÇAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL A MÚSICA DEVE SER TRABALHADA EM SITUAÇÕES LÚDICAS FAZENDO PARTE DO CONTEXTO GLOBAL DAS ATIVIDADES;

O PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL DEVE TRABALHAR NO SENTIDO DE:

SENSIBILIZAR-SE AS QUESTÕES INERENTES À MÚSICA;
RECONHECER A MÚSICA COMO LINGUAGEM E CUJO CONHECIMENTO SE CONSTRÓI;

ENTENDER E RESPEITAR COMO AS CRIANÇAS SE EXPRESSAM MUSICALMENTE EM CADA FASE, FORNECENDO MEIOS PARA O SEU DESENVOLVIMENTO EXPRESSIVO;

ESCUTAR É DE SUMA IMPORTÂNCIA PARA A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO REFERENTE A MÚSICA;

CONSIDERAR TANTO SUAS MARCAS E LEMBRANÇAS DA INFÂNCIA, COMO TAMBÉM O REPERTÓRIO MUSICAL DAS FAMÍLIAS, VIZINHOS E AMIGOS DAS CRIANÇAS;

É IMPORTANTE DESENVOLVER NAS CRIANÇAS ATITUDES DE RESPEITO E CUIDADO COM OS MATERIAIS MUSICAIS, VALORIZAÇÃO DA VOZ E DO CORPO HUMANO COMO MATERIAIS EXPRESSIVO.


ORGANIZAÇÃO DO TEMPO
CANTAR E OUVIR MÚSICAS PODEM OCORRER COM FREQUÊNCIA E DE FORMA PERMANENTE;

O PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE INSTRUMENTOS PODE:

EXPLORAR MATERIAIS ADEQUADOS A CONFECÇÃO;

DESENVOLVER RECURSOS TÉCNICOS PARA A CONFECÇÃO DO INSTRUMENTO;

INFORMAR-SE SOBRE ORIGEM E HISTÓRIA DO INSTRUMENTO MUSICAL;

VIVENCIAR E ENTENDER QUESTÕES RELATIVAS A ACÚSTICA E PRODUÇÃO DO SOM;

FAZER MÚSICA, POR MEIO DA IMPROVISAÇÃO OU COMPOSIÇÃO, NO MOMENTO EM QUE OS INSTRUMENTOS CRIADOS ESTIVEREM PRONTOS;


OFICINA
DEVE SER ORGANIZADO UM MOMENTO ESPECÍFICO NA ROTINA PARA A PRODUÇÃO DOS INSTRUMENTOS MUSICAIS;

SELEÇÃO DE MATERIAIS QUE ATENDAM A PRODUÇÃO CRIATIVA E INTERESSANTE;

VALORIZAR ASPECTOS PECULIARES DA REGIÃO, NO QUE SE REFERE A ESCOLHA DOS MATERIAIS PARA A CONSTRUÇÃO DOS INSTRUMENTOS MUSICAIS;

RESERVAR UM ESPAÇO NA ROTINA PARA SOCIALIZAR AS CONSTRUÇÕES E FAZER MÚSICA COM OS INSTRUMENTOS;

JOGOS E BRINCADEIRAS
A MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL MANTÉM FORTE LIGAÇÃO COM O BRINCAR;

OS JOGOS E BRINQUEDOS MUSICAIS INCLUEM:

ACALANTOS, CANTIGAS DE NINAR, CANTIGAS DE RODA, ADIVINHAS, ENTRE OUTRAS.

JOGOS SONOROS MUSICAIS POSSIBILITAM A VIVÊNCIA DE QUESTÕES RELACIONADAS AO SOM, AO SILÊNCIO E À MÚSICA;

ESTÁTUA, DANÇA DA CADEIRA, ESCUTAR SONS VARIADOS, JOGOS DE MEMÓRIA, SÃO EXEMPLOS DE ALGUMAS PROPOSTAS QUE PODEM SER REALIZADAS VISANDO DESENVOLVER CONCEITOS REFERENTES A LINGUAGEM MUSICAL.

ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO

EM GERAL AS ATIVIDADES DE MÚSICA REQUEREM UM ESPAÇO AMPLO, POIS ESTÁ DIRETAMENTE LIGADA AO MOVIMENTO;

PARA CONSTRUIR INSTRUMENTOS, O ESPAÇO DEVE CONTAR COM MESAS E CADEIRAS PARA QUE ELAS POSSAM SENTAR E TRABALHAR COM CALMA;

AS FONTES SONORAS

O TRABALHO COM MÚSICA DEVE REUNIR TODA E QUALQUER FONTE SONORA;

A VOZ É O PRIMEIRO INSTRUMENTO, E O CORPO É FONTE DE PRODUÇÃO SONORA;

ESSE TRABALHO PODE SER AMPLIADO INCLUINDO O USO DE MATERIAIS SIMPLES E PRESENTES NA CULTURA INFANTIL;

É IMPORTANTE TER UM APARELHO DE SOM, PARA OUVIR GRAVAR E REPRODUZIR A PRODUÇÃO MUSICAL DAS CRIANÇAS.

REGISTRO MUSICAL
AO OUVIR DETERMINADOS SONS AS CRIANÇAS PODEM REALIZAR UM TIPO DE GESTO;

TRANSFORMAR GESTOS SONOROS EM DESENHO;

NESSA FAIXA ETÁRIA A CRIANÇA NÃO DEVE SER TREINADA PARA LEITURA E ESCRITA MUSICAL;

O MAIS IMPORTANTE É QUE ELA POSSA OUVIR, CANTAR E TOCAR MUITO, USANDO A MÚSICA COMO FORMA DE EXPRESSÃO.

MUITO OBRIGADO!
Full transcript