Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Teoria da Contingência

No description
by

thais silva

on 23 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Teoria da Contingência

A palavra contingência significa algo incerto, que pode acontecer ou não, dependendo das circunstâncias.
Refere-se a uma proposição que pode ser conhecida pela experiência e pela evidência e não pela razão.
ORIGENS
Burns e Stalker
Ambiente Homogêneo
Ambiente Heretogêneo
Quanto à sua estrutura
Ambiente Estável
Ambiente Instável
Quanto à sua dinâmica
Impactos da tecnologia
Verificação da relação que existe entre as práticas administrativas de uma empresa e o ambiente externo a essa empresa.
Conclusão
As características serão escolhidas para serem usadas, de acordo com o ambiente que rodeia a empresa.
Ambiente Geral
Comum a todas as organizações
Condições tecnológicas
Adaptar-se e incorporar tecnologia.

Competitividade.
Condições legais
Legislação vigente.
Caráter comercial,
trabalhista, fiscal,
civil, etc.
Condições Políticas
Decisões e definições políticas tomadas em nível federal, estadual e municipal.
Orientam as condições econômicas.
Condições Econômicas
Condições Demográficas
Condições Ecológicas
Ecologia social;
Influencia e é influenciada
por aspectos como poluição, clima, transportes, etc.
Condições Culturais
Cultura de um povo
Participantes e consumidores
Ambiente de Tarefa
Entradas e saídas
Fornecedores de entradas
Todos os tipos de recursos que uma organização necessita para trabalhar.
Clientes ou Usuários
Consumidores das saídas.
Concorrentes
Disputa pelos mesmos recursos, clientes
.
Entidades reguladoras
Fiscalização das atividades;
Sindicatos, órgãos regulamentadores do governo,etc.
Ambiente Geral e ambiente de tarefa
Tipologia de Ambientes
Para facilitar a análise ambiental;
Relacionado com o ambiente de tarefa.
Semelhança de fornecedores, concorrentes e clientes .
Diferenciação entre fornecedores, concorrentes e clientes.
Problemas
Mudanças lentas e previsíveis.
Sofre constantes mudanças e influências;
Gera incerteza
Funcionalidade e alcance de objetivos
Tecnologia incorporada
Bens físicos e de capital,matérias-primas
Tecnologia não-incorporada
Encontra-se nas pessoas.
edtureventos@gmail.com
edtureventos@gmail.com
Pesquisa de Joan Woodward
sobre a tecnologia
Pesquisa para verificar se os princípios da administração propostos pelas teorias administrativas se relacionavam com o êxito do negócio quando colocada em prática •
Pesquisa com 100 empresas do sul da Inglaterra variando de 100 a 8.000 empregados
Produção Unitária ou Oficina
Produção em Massa ou Mecanizada
Produção em Processo
ou Automatizada
Experiência de Lawrence e Lorsch
Segundo ainda os pesquisadores, os principais meios de integração encontrados nas empresas estudadas foram:
A.um sistema formal de coordenação para assegurar a integração;
B.relacionamento administrativo direto entre unidades (subsistemas);
C.hierarquia administrativa;
D.utilização de grupos interfuncionais em um ou mais níveis de administração;
E.provisão para relações especiais entre indivíduos e criação de uma unidade de integração.
Esses meios de integração também são encontrados no Brasil, principalmente em organizações de razoável complexidade. Contudo, o item “e” é encontrado em um número mínimo de organizações e, via de regra, a preocupação do funcionário da área de recursos humanos é a de comunicar, por via oral, o regulamento da organização. Mas, enfim, existe.

A diferenciação parte da relação que cada subsistema da organização tem unicamente com o que lhe é relevante. Se os ambientes específicos diferirem quanto às demandas que fazem, aparecerão diferenciações na estrutura e na abordagem empregadas pelas unidades ou subsistemas. Em outras palavras, do ambiente geral emergem ambientes específicos, cada um correspondendo a um ou mais subsistemas ou unidades da organização.
O conceito de integração é justamente o oposto do conceito anterior. Integração refere-se ao processo gerado por pressões vindas do ambiente global da organização no sentido de alcançar unidades de esforços e coordenação entre os vários órgãos ou subsistemas.
A pesquisa envolveu dez empresas em três diferentes meios industriais — plásticos, alimentos empacotados e recipientes (containers). Os autores concluíram que os problemas organizacionais básicos são a diferenciação e a integração.
Queremos salientar com a
contingencial que não se
alcança a eficácia organizacional
seguindo um único e exclusivo
modelo organizacional.
Não existe uma forma única
e melhor para organizar no sentido
de se alcançar os objetivos variados
das organizações dentro de um
ambiente também variado.
Abordagem Contigencial

Na Teoria da Contingência
tudo é relativo, tudo depende,
isto é, não há nada de absoluto
nas organizações ou na
teoria administrativa.
Há uma relação funcional
entre as condições do
ambiente e as técnicas
administrativas apropriadas
para o alcance eficaz dos
objetivos da organização.


As condições ambientais
são variáveis independentes,
enquanto as técnicas administrativas
são variáveis dependentes. Existe
uma relação funcional entre elas,
essa relação é do tipo "se-então"
e pode levar a um alcance
eficaz dos objetivos.

PESQUISA DE CHANDLER
Investigação sobre as
mudanças estruturais
de grandes organizações
relacionadas com a
estratégia de negócios.
MECANÍSTICAS
Adhocracia
•A adhocracia (do latim, ad hoc = para isso ou para este fim). O termo teve origem nas “forças-tarefas” (task-forces) militares para enfrentar situações de forma rápida.

Características
•Equipes de trabalho autônomas, temporárias e multidisciplinares;
•Estrutura organizacional orgânica;
•Pouca formalização dos processos e maior liberdade de trabalho;


•Forte presença da especialização do trabalho na formação;
•Coordenação e controle efetuados pelas próprias equipes e grupos de trabalho;
•Elevado grau de descentralização;
•Certa dificuldade na comunicação formal e na definição de papéis.


As vantagens da Adhocracia são:

•Estrutura orientada para a inovação;
•Capacidade de adaptação;
•Permite uma melhor utilização dos talentos individuais.



TEORIA
DA
CONTIGÊNCIA

O QUE É ???

ORGÂNICAS

AMBIENTES
Taxa de crescimento,
população,raça,
religião, distribuição por
sexo e idade,etc.
Determinam características
do mercado atual.
Determina o desenvolvimento econômico
.
Inflação, distribuição de renda
interna, balança de pagamento do país.
TECNOLOGIA
Determina estrutura e comportamento;
Sinônimo de eficiência;
CONCLUSÃO
Essas quatro pesquisas revelam a dependência da organização em relação ao seu ambiente e a tecnologia adotada. As características da organização não dependem dela própria, mas da circunstâncias ambientais e da tecnologia que ela utiliza. Daí a Teoria da Contingência que mostra que as características da organização são variáveis dependentes e contingentes em relação ao ambiente e à tecnologia
A produção é feita por unidades ou pequenas quantidades, cada produto a seu tempo sendo modificado à medida que é feito
A produção é feita em grande quantidade. Os operários trabalham em linha de montagem ou operando máquinas que podem desempenhar uma ou mais operações sobre o produto
Produção em processo contínuo em que poucos operários monitorizam um processo total ou parcialmente automático de produção

Significa uma estrutura flexível capaz de dar-se contínua e rapidamente às condições ambientais em mutação. Segundo Alvin Toffler, é o sistema temporário, variável, fluido e adaptativo, organizado em torno de problemas a serem resolvidos por equipes de pessoas estranhas entre si e dotadas de habilidades profissionais diversas.

Lawrence
Lorsh
Bibliografia:
Sites:
http://www.portaladm.adm.br/Tga/tga89.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Teoria_da_conting%C3%AAncia
http://www.sobreadministracao.com/voce-sabe-o-que-e-adhocracia/
http://www.google.com.br/imgres?
http://www.fotosimagenes.org/adhocracia
http://www.slideshare.net/miltonh/teoria-da-contingncia-201201
http://www.coladaweb.com/administracao/teoria-da-contingencia
Livro:
Introdução à Teoria Geral da Administração
Autor:Idalberto Chiavenato

As desvantagens da Adhocracia são:
•Tendência natural para o conflito porque não existem claras linhas de autoridade e a definição das responsabilidades e das funções é bastante ambígua;
•Cria fortes tensões psicológicas e stress entre os seus membros.
•Os elementos de uma organização são freqüentemente capazes de viverem separados, podendo até mesmo serem conflitantes;




Equipe:Jamille Monteiro;
Karoline Almeida;
Samya Lima;
Silvelândia Santos;
Thais Holanda.

OBRIGADO PELA ATENÇÃO!!!
Full transcript