Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Empreendedorismo Criativo Mão na Massa

No description
by

Rafaela Cappai

on 24 March 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Empreendedorismo Criativo Mão na Massa

EMPREENDEDORISMO CRIATIVO
conceitos > REFLITA!
comunicação e marketing >>> COMUNIQUE!

"O que está acontecendo no mundo ao meu redor?"

"Como colocar a boca no trombone e impactar as pessoas certas)"?
O PODER DO CAPITAL HUMANO
Estoque de competências, valores, conhecimentos, talentos, dons, atributos sociais e de personalidade, incluindo a criatividade. É sua capacidade de gerar valor econômico com seu trabalho.

É sua identidade utilizada a seu favor.
Jürgen Salenbacher
=
=
Dons e Fluxos
Valor e Rentabilidade
Amor e Significado
Habilidades e Ferramentas
1. ECONOMIA CRIATIVA
> REFLITA!

2. identidade > DESCUBRA!

3. COMPORTAMENTO > FOQUE!

4. NEGÓCIO > CRIE!

5. COMUNICAçÃO E MKT > COMUNIQUE!

6. PROTÓTIPO > LANCE!
Que estilo de vida eu quero?
Como honra meu capital humano?
PRA LEMBRAR!
Qual a sustentabilidade do que proponho?
Como articula com meus limites?
Como articula com o meu ideal de sucesso e fracasso?
EMPREENDIMENTO
Personalização. Seu Capital Humano deve transparecer na sua marca.
Autenticidade.
Fale a língua de quem você serve. Seja um detetive de marketing.
Não subestime o texto. É a sua porta de entrada.
Design faz diferença.
Website e mídias sociais. Pra que mesmo?
Página 'Sobre' é a mais visitada. Capricha.
A oferta tem que estar clara. Está?
List building. Seja dono dos seus contatos.
Opt in. Oferece valor da graça.
Conteúdo é Rei.
Promoção é Deus.
Contação de histórias a seu favor.
Ouve falar de você!
Se interresa e pára pra ouvir o que você tem a dizer.
Opta por te ouvir regularmente.
Consome (não necessariamente pagando) o que você crie.
Compartilha e indica o que você faz.
COMUNICAR COM OBJETIVO!
FUNIL DO CLIENTE
Fórmula Pra Fazer Acontecer em Apenas 6 Lições

1. Tire da cabeça. Minimize o caos. Coloque no papel.
2. Comece antes de estar pronto!
3. Agende. Se não está agendado, não é real!
4. Se prepare da melhor maneira possível.
5. Faça!
6. Repita os passos anteriores...

Ps: um parceiro de responsabilidade ajuda!
“Todo empreendedor é artista. Todo artista é empreendedor.”
Seth Godin
1. Atenção

2. Interesse

3. Decisão

4. Ação
Paga pra consumir o que você cria. Oferta mais acessível.
Paga pra consumir o que você cria. Oferta menos acessível.
PROCESSO DE MARKETING


Marketing não é ser melhor, é ser diferente.

Informação é decisão: não faça o cliente trabalhar pela informação.

Antecipe objeções: tente se colocar na pele do seu cliente e tentar entender porque não compraria...

Prospecção é tarefa diária: todo santo dia!Qual a sua meta de prospecção diária? Defina e cumpra.

Dar é bom, é gostoso e faz bem: foco no servir. Você tem dado muito ultimamente?

Histórias vendem: que histórias (reais, que engajam, que fazem pensar, que motivam, que inspiram, que evidienciam...) você conta?

Personalize o discurso a cada comprador ou fase da venda. Fale a língua do cliente com propostas de valor diferentes.

Preparação é tudo: vendas não é magia, é antecipação, é trabalho duro.

Não é dom, é trabalho: é possível aprender a ser um bom vendedor, mas precisa querer.

Toda venda acontece em quatro etapas: atenção, interesse, decisão e ação. O que você está fazendo pra mover o seu cliente na direção da ação? Lidere o processo de compra e não deixe o seu cliente estacionado.

Seja específico: quando mais específico for o seu negócio, mais indicações você vai receber. Servir um nicho é resolver um único problema muito bem resolvido.

Jogue luz: mais do que oferecer soluções, jogue uma luz sobre problemas que os clientes tem e muitas vezes nem sabe que tem.


NEO MARKETING
Dinheiro x Significado
Visão de Longa Distância

Criatividade = Matéria-Prima

Amam O Que Fazem
Não-Conformistas, Desafiam o Status Quo

Lidam com Experimentação
Extremamente Perseverantes
Buscam Reconhecimento
Lidam com Risco
As dores...

Você vai ser julgado por isso.

Você vai ter dificuldade de gerar valor pro outro.

Você vai ter que aprender e ligar a chave bivolt.

Você vai abandonar a sua prática criativa.

Você vai trabalhar dobrado.
CRIATIVO E EMPREENDEDOR, SIM SENHOR!
mão na massa!
(OU SEU CAPITAL HUMANO)
Negócios (inclusive carreiras) que dependem de talento e criatividade das pessoas.

Grande espectro de setores: artes, tecnologias da informação, design, arquitetura, moda...

Preço não é determinado por ativos fixos (como matéria prima), mas por ideias e conceitos.

Em nível macro: estratégias e política pública. Desenvolvimento, fundado na inclusão, sustentabilidade e diversidade cultural de um povo.

Em nível individual: significa que qualquer um com talento, ideias e criatividade pode conseguir viver fazendo o que gosta.



economia o quê?
Lidam com conteúdo intagível (ideias, conceitos, tendências, habilidades).

Na maioria das vezes, multiapaixonados e multitalentos.

Acumulam experiências cross-setoriais.

Curtem rotinas flexíveis.

Vivem em uma linha tênue entre trabalho e diversão.

Querem viver fazendo aquilo que amam e, por isso, romperam a barreira de precoceito que diz que criatividade e dinheiro não podem andar juntos.

Valorizam independência mas trabalham bem de foma colaborativa.


quem sÃO OS EMPREENDEDORES CRIATIVOS?
John Howkins
Abundância.

Democratização das ferramentas de produção.

Redução nos custos de circulação em função da Internet.

Cultura do hit para cultura do nicho.


COMO CHEGAMOS ATÉ AQUI?
'Viver fazendo o que ama' não é panacéia pra todos os males.

Precariedade: condição de existência sem previsibilidade e segurança, afetando o bem-estar material ou psicológico de indivídios.

Atinge de maneira mais direta donas de casa, empregados domésticos, artistas e profissionais criativos, imigrantes... mas atualmente, pega todo mundo!

Sustentabilidade além do escopo ambiental. De recursos, tempo, felicidade, relacionamentos, produtividade...

Qual impacto desejo causar no mundo? Quais são meus limites, do que você está disposto a abrir mão? Do que eu não abriria mão em hipótese alguma?



E A TAL DA PRECARIEDADE?
As dELÍCIAS...


Você vai ganhar dinheiro sendo você mesmo.

Você vai exercitar o cérebro completamente.

Você vai ser mais completo.
(OU CONCEITOS SEM FIRULA!)
(OU RAZÃO + EMOÇÃO!)
(OU COMO GANHAR $ SENDO VOCÊ MESMO)
(OU COLOCANDO A BOCA NO TROMBONE!)
(OU COMO COMEÇAR ANTES DE ESTAR PRONTO!)
IDENTIDADE > DESCUBRA!

"Como eu me encaixo nesse novo mundo?"

FELICIDADE INTERNA
BRUTA
Tudo aquilo que impacta a felicidade de um povo ou nação e substitui o PIB, de avaliação estritamente econômica.

Equilíbrio entre bem-estar e desenvolvimento econômico.
PONTO DOCE
NADA VAI PRO LIXO!
Não é preciso começar do zero.

Tudo que você viveu pode - e deve - ser usado no seu novo negócio.

Ohar pra trás, com outros olhos.
Como você ajuda (proposta de valor)?

O que você faz (oferta)?

O que você tem e quem você é (capital humano)?

Como você interage e como entrega (canais)?

Como te conhecem?

Quem você ajuda?

Quem te ajuda?

Quanto custa?

Quanto recebe?


COMPORTAMENTO > FOQUE!

"Como fazer o que eu quero que seja feito?"
RAZÃO + EMOÇÃO
COMO SER MAIS CRIATIVO
"Criatividade não é um talento, é uma forma de operar"
John Cleese

"A vida que a gente quer, depende do que a gente faz."
Autor desconhecido

Movimente-se. Saia para caminhar, dance, passeie com o cachorro.

Consuma criatividade. Teatro, livro, músicas, bate-papos.

Crie, diariamente, independentemente das circunstâncias.

Anote tudo. Mantenha um caderno. E volte às ideias vez ou outra.

Descanse. Tire mini-breaks, mini-férias, férias. Invista no ócio criativo.

Colabore, troque, cerque-se de pessoas criativas.

Identifique seus momentos criativos e estimule-os. No chuveiro, antes de dormir, no trem ou ônibus, durante a caminhada.

ROTINA CRIATIVA
Rotina é importante. As grandes coisas são feitas no dia-a-dia. Persistência e consistência. Não espere pela inspiração, crie um framework para ela. Frequência, frequência, frequência.

Marcar a linha que divide o que é importante pros outros e o que é importante pra você. Se você não for cuidadoso, vai se encher de emails, contas, reuniões pouco produtivas, solicitações dos outros… E o trabalho que você considera importante vai ficar pra depois.

Trabalho criativo antes, trabalho reativo depois. Bloqueie uma grande parte da sua agenda pra se dedicar ao que importa, no início do seu dia.

Alternar entre solidão e colaboração. Ambos são importantes pro trabalho criativo.

Crie gatilhos associativos pra si mesmo. Escutar música ou arrumar sua mesa indicam que está na hora de começar.

Descanso, breaks, folgas pra renovar e alimentar sua criatividade. Rotina é importante, mas a pausa faz parte da rotina.

Comece, com ou sem inspiração. Não espere ela aparecer.


ESTRATÉGIAS CRIATIVAS

1. Trabalhe com restrições. Trabalhe com a caixa.
Ex: Forçar-se a escrever um texto na metade do tempo ou com metade do tamanho. Fazer um desenho usando só três cores. Costurar usando só materiais recicláveis.

2. Descontextualize ou re-contextualize o problema. Atingir o objetivo através de outra linha de raciocício, através de outro ponto de vista. Pratique “e se…”
Ex: Imagine como outra pessoa realizaria essa tarefa. Recrie novas circunstâncias. E se não houvesse mais internet, como seria meu negócio.

3. Crie distância física ou emocional.
Ex: pergunte alguém que não conhece do assunto o que ele acha da questão, ou fique dois ou três dias longe da tarefa e depois volte com uma perspectiva fresca.

4. Permita-se sonhar. Leve a ideia ao máximo das possibilidades, independentemente da realidade. E depois volte ao mundo real pra poder colocá-la em prática como for possível.
Ex: se eu pudesse fazer o melhor espetáculo do mundo, com o máximo de recursos, como ele seria? Ah, mas só tenho x, como faço pra atingir os mesmos resultados?

5. Quebre as regras.
Ex: se algo só pode ser feito daquele determinado jeito, deliberadamente quebre as regras e veja o que sai disso.




6. Combine duas ideias em uma só, crie conexões, relacionamentos. Conecte opostos. Ex: E se eu conseguisse unir música clássica e rap em uma só canção?

7. Abra a ideia para que outras pessoas colaborem.
Ex: Coloque algo à disposição do público antes de estar pronto e peça feedback. Ou colabore com outros criativos, participe de redes.

8. Trabalhe com metáforas. Pratique “como…” Faça associações não comuns para abrir a interpretação de um problema.
Ex: Fotografe como se a câmera fosse seu olho. Dance como se fosse uma borboleta.

9. Crie durante um momento “estranho”, não usual, se coloque em situações de desconforto.
Ex: Pinte quando estiver muito cansado e sem dormir, escreva quando estiver com muita fome, desenhe quando estiver no bar cercado de pessoas.

10. Exercite a repetição.
Ex: Revise o mesmo texto ou ensaie uma apresentação várias vezes pra descobrir novas coisas “na mesmice”.



NEED FOR ACHIEVEMENT

David McLelland: Identificou nos empreendedores bem-sucedidos um elemento psicológico importante, denominado de "motivação da realização” ou “impulso para melhorar.”

Determinação em vencer, realizar, melhorar, fazer acontecer.

Desejo de realizar coisas, de dominar habilidades e padrões de excelência, com melhoria contínua.

Emprega esforço intenso, prolongado e repetido para realizar algo difícil.

Trabalha com propósito focado em direção a um objetivo significativo de longo prazo.

Tendência a escolher tarefas moderadamente difíceis, porque são desafiadoras, mas ao mesmo tempo possíveis de serem realizadas.

Buscam independência e se resposabilizam por suas próprias ações.

Preferem trabalhar em atividades nas quais os resultados serão determinados por seu próprio esforço, ao invés de depender de sorte. Por isso mesmo, procuram manter controle das suas ações e planejamento de seus objetivos.



CARACTERÍSTICAS EMPREENDEDORAS
RESISTÊNCIA

Negação, oposição, hostilidade, aversão, relutância...

A recusa em aceitar ou cumprir alguma coisa.

Força da natureza, tóxica e prejudicial.

Não possui força por si mesma. É alimentada por nós. Pelo nosso medo.

Impossível de ser eliminada por completo. Mas possível de minimizar seus efeitos.

Irmã do ego e vai tentar te impedir de fazer o que mais importa.

Vive dentro da sua cabeça. Vive dentro das cabeças de todos nós.

Se traduz em autoaversão, auto-depreciação, auto-sabotagem, desconfiança de nós mesmos, mimimi.

Aparece quando a gente tá querendo fazer o que importa.

Fala coisas do tipo: "você não é bom o bastante.", "você não está pronto.", "quem você pensa que é?".




“Medo é bom. Assim como duvidar de si mesmo, o medo é um indicador. Ele nos conta o que temos que fazer. Lembre-se do princípio básico: quanto mais medo temos de um trabalho ou chamado, mais certeza devemos ter de que temos que fazê-lo. A Resistência é tão experiente quanto o medo; o grau de medo equivale à força da Resistência. Quanto mais medo temos de um empreendimento, portanto, mais certeza devemos ter de que esse empreendimento é importante pra nós e pro desenvolvimento da nossa alma. É por isso que sentimos tanta Resistência. Se significasse nada, não haveria Resistência.”
Steven Pressfield

NEGOCIO > CRIE!

"Como ganhar $ sendo tu mesmo?"

Minha
ideia
O que
ofereço?
Pra quem
ofereço?
Como
ofereço?
Quanto
cobro?
Como
cobro?
seu capital humano
+
criar valor pros outros
=
ponto doce
=
empreendimento sustentável

"como cria e entrega valor em troca de retorno financeiro".
COM E MKT > COMUNIQUE!
"Como colocar a boca no trombone?"

PROTOTIPO > LANCE!
"Como começar antes de estar pronto?"

Bora queimar os barcos?
Ou algumas velas?
Full transcript