Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Ligações Químicas

Apresentação dos resultados das intervenções
by

Dirlene Valadão

on 4 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Ligações Químicas

Ligações Químicas, interações intermoleculares e
propriedades dos materiais

DEPARTAMENTO DE QUÍMICA
PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

Dirlene Lima Valadão
Orientadora: Profª. Dra. Ivoni de Freitas
Reis

Sumário
Objetivo
Introdução
Recursos didáticos
Desenvolvimento
Avaliação
Resultados negativos e positivos
Perspectiva
Referências bibliográficas
Dados de identificação
Instituição: Instituto Estadual de Educação
Professora: Dirlene Lima Valadão
Supervisora: Uilca Oliveira
Disciplina: Química
Série: 2º ano (Magistério)
Data: 15, 22 e 29 de junho
Duração: 6 aulas de 40 minutos

PLANO DE AULA
Objetivo geral:
Compreender as Ligações químicas, interações intermoleculares e propriedades dos materiais.

Objetivo específico:
Verificar as propriedades dos materiais;
Compreender como os modelos de ligação química permitem explicar as propriedades dos materiais;
Trabalhar em grupo.
Objetivo
O meio material ao nosso redor, com suas formas, propriedades e valores, reflete a enorme variedade de maneiras como os átomos se ligam para formar compostos. Por isso, as ligações químicas representam um assunto de fundamental importância, e seu conhecimento é essencial para um melhor entendimento das transformações que ocorrem em nosso mundo. Algumas substâncias, como as que compõem os alimentos e combustíveis, fornecem energia mediante a quebra e a formação de ligações químicas; outras interagem dando origem a novos compostos ou facilitam a dissolução de resíduos em um meio fluido (solventes, detergentes). Desse modo, a dinâmica das ligações químicas acaba regendo a nossa vida.
Introdução

Quadro e giz
Aula experimental
Aula expositiva
Textos
RECURSOS DIDÁTICOS
ATIVIDADE 1
Texto 1: Tipos de ligações químicas e propriedades dos materiais
Que informação podemos obter com a temperatura de fusão sobre a natureza das ligações químicas?
Que informação podemos obter pela solubilidade sobre a natureza das ligações químicas?
Que informação podemos obter pela condutividade elétrica sobre a natureza das ligações químicas?
DESENVOLVIMENTO
8
Propriedades de algumas substâncias sólidas
Quadro 0: Propriedades de algumas substâncias sólidas
DESENVOLVIMENTO
Desenvolvimento
Quadro 1: Substâncias analisadas
Atividade 2
Modelos de ligação química e propriedades dos materiais
PARTE A - Propriedades organolépticas das substâncias
DESENVOLVIMENTO
DESENVOLVIMENTO
Quadro 2: Temperatura de fusão das substâncias
10
Parte B – Temperatura de fusão
DESENVOLVIMENTO
Quadro 3: Condutividade elétrica no estado sólido
11
Parte C – Condutividade elétrica no estado sólido
DESENVOLVIMENTO
Quadro 4: Solubilidade em água e hexano
12
Parte D – Solubilidade em água e em hexano
DESENVOLVIMENTO
Quadro 5: Condutividade elétrica das soluções aquosas
13
Parte E – Condutividade elétrica em solução aquosa e em solução de hexano
DESENVOLVIMENTO
Quadro 7: Propriedades das substâncias de A a J
14
DESENVOLVIMENTO
Quadro 7: Propriedades das substâncias de A a J
14
Parte E – Síntese dos resultados
15
A avaliação ocorreu ao longo das aulas:
Presença e participação
Após o término das aulas foi distribuído algumas questões para serem realizadas em casa.
AVALIAÇÃO
16
 Atividades
Explique o que ocorre com a interação entre as partículas que constituem o material durante a fusão.

Com base na resposta da questão anterior, explique por que algumas substâncias apresentam temperaturas de fusão elevadas, ao passo que outras apresentam valores baixos para essa propriedade.

Considerando os modelos de ligação química, o que explica a condutividade elétrica dos materiais no estado sólido?

Levando em consideração os modelos de ligação química, tente explicar as diferenças de solubilidade observadas.

Considerando os modelos de ligação química, o que explica a condutividade elétrica em solução aquosa?

Quais são as propriedades dos compostos iônicos?
Quais são as propriedades dos sólidos covalentes? 
17
Conhecimento prévio;

Infrequência nas aulas;

Proximidade das férias.
Os alunos participaram das aulas, principalmente das aulas experimentais;

Maioria fizeram a atividade em casa.

Resultados + Resultados -
18
Considerar o conhecimento prévio;
Elaborar aulas mais independentes, para que a infrequência não comprometa tanto o processo;
Utilizar a experimentação simultânea a formalização do conteúdo.
Perspectivas
19
MORTIMER, E. F O Significado das Fórmulas Químicas. Química Nova na Escola, São Paulo, n. 3, 1996.
__________; MOL, G. S; DUARTE, L. P. Regra do octeto e Teoria da Ligação Química no Ensino Médio: Dogma ou Ciência. Química Nova na Escola, São Paulo, n. 3, 1994.
__________; MACHADO, A. H; Química, volume único: ensino médio, São Paulo: Scipione, 2005.
TOMA, H. E. Ligação Química: Abordagem Clássico Quântica. Química Nova na Escola. São Paulo, n.6, 1997.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
6
Propriedades de algumas substâncias sólidas
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
2
2
Dados de identificação
Instituição: Instituto Estadual de Educação
Professora: Dirlene Lima Valadão
Supervisora: Uilca Oliveira
Disciplina: Química
Série: 2º ano (Magistério)
Data: 15, 22 e 29 de junho
Duração: 6 aulas de 40 minutos
18
Considerar o conhecimento prévio;
Elaborar aulas mais independentes, para que a infrequência não comprometa tanto o processo;
Utilizar a experimentação simultânea a formalização do conteúdo.
Perspectivas
18
Full transcript