Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Os anúncios da década de 30 e 40

Aspectos linguísticos dos anúncios das décadas de 30 e 40.
by

Larissa Mendes

on 14 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Os anúncios da década de 30 e 40

A Década de 30 Contexto histórico Os anúncios Os anos 30 começaram sob o signo de crises e revoluções. Entretanto as cidade brasileiras crescem e uma classe média incipiente torna-se cada vez mais alvo de anúncios e produtos. Por sua vez os jornais são patrocinados pelos milagrosos anúncios de remédios e propagandas medicinais. Anúncio publicado na revista "O Cruzeiro" em 1930. 1936 - Meu Deus, que horrível coisa é a insônia! E, ainda por cima os roncos do meu marido!

- Minha senhora, o ronco não é proibido pelo Código Penal, nem tão pouco é motivo para divórcio. Mas V. Exa. pode deixar de ouvi-los, dormindo e também roncando se lhe convier: tome uma dose de Bromural Knoll, que lhe proporcionará um sono tranqüilo e reparador”.

O anúncio, publicado dia 13 de abril de 1930, adverte que Bromural Knoll não é entorpecente, mas um simples sedativo para os nervos. “Jubol, laxante físiológico. O único que realiza a reeducação funcional do intestino. Esponja e limpa o intestino. Regulariza a harmonia das formas”.
1 de janeiro de 1939. A década de 40 Contexto histórico Os Anúncios A década de 30 é marcada por disputas políticas para a presidência do Brasil, que levaram os jornais a anunciarem Getúlio Vargas como presidente do país após alguns anos. A crise de 29, nos Estados Unidos, derrubou a cotação do café (principal item de exportação do país). São características dos anúncios encontrados nos jornais da década de 30, o uso de retrato testemunhais de modelos, que aprovam o produto anunciado. Os textos publicitários são carregados de adjetivos, e na maioria dos casos, explicativos, uma vez que novos produtos são introduzidos aos costumes brasileiros. Os anos 40 transcorreram cheios de expectativa, enquanto os exércitos lutavam em todo mundo. (2º Guerra Mundial). Mesmo assim, novos hábitos como o creme dental e o sorvete eram os primeiros sinais de uma nova era que surgia.
Com o término da guerra, o clima militarista foi reflexo nos anúncios vistos.

Em 1945, o fim da guerra encontrou o país em boa situação econômica. A indústria se expandiu e atraiu milhares de pessoas para as cidades. Eram novos consumidores, aos quais a propaganda mostravam as maravilhas das novas tecnologias e novos produtos. A maioria dos produtos anunciados era de origem estrangeira. Os industriais brasileiros ainda não haviam adquirido confiança na propaganda. “Para sua elegância diária ou para os dias de gala, para presentes ou para o seu conforto, abra um crediário. E seja independente! Sim, porque as moças também compram pelo crediário. A exposição”. 5 de setembro de 1941 “O primeiro beijo pode ser o fim do seu romance! Depois da inquietação dos primeiros encontros… depois da aproximação de duas almas… o primeiro beijo! E então, neste momento culminante, V. confirmará ou perderá seu amor… Porque, às vezes, todo o curso de um romance depende de um pormenor… da pureza e frescor de seu hálito. Esteja certa de que isto não lhe sucederá, protegendo seu hálito… protegendo seus dentes com o creme dental Gessy” "Ao fim de algum tempo determinará o aparecimento de uma úlcera no estômago, cuja complicação mais frequente é, justamente o câncer gástrico." Os anúncios da década de 30 e 40 Conclusão O maior risco de um redator publicitário é não saber parar. Na década de 30 e 40 o redator tinha a possibilidade de escrever de acordo com, a maioria das vezes, a imaginação. O texto publicitário era feito sem os atuais rígidos planejamentos, estudo de massa ou público-alvo. Vale ressaltar que os anúncios, ao contrário das manchetes de jornal, não compromisso com a verdade. Equipe: Larissa Mendes
Gabriel Leite
Lucas Henrique
Fábio Pelet
Gabriella Abreu
Isabella Motta Os anúncios da década de 30 e 40 A linguagem usada nos anúncios durante as décadas de 30 e 40. Brasil, 100 anos de propaganda. - Nelson Varón Cadena
Propaganda Brasileira - ESPM
Reclames do Estadão. A linguagem usada nos anúncios durante as décadas de 30 e 40. Os anúncios da década de 30 e 40 Brasil, 100 anos de propaganda. - Nelson Varón Cadena
Propaganda Brasileira - ESPM
Reclames do Estadão.
Full transcript