Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Atualidades (7-8-9) Infoxication, Robô japonês e Prêmio Nobel 2014

No description
by

Nivaldo Jorge

on 14 May 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Atualidades (7-8-9) Infoxication, Robô japonês e Prêmio Nobel 2014

Ninguém duvida dos benefícios que a tecnologia da informação tem proporcionado a todos.
Acessar, em tempo real,informações sobre quase tudo que existe no mundo e poder estabelecer contato direto com as fontes de informações,representa uma drástica mudança de paradigma na sociedade humana.
Por outro lado, o maior acesso à informação tornou visível a parte “submersa do iceberg” – há informação demais e tempo de menos.
Em setembro passado, a revista Time estampou na capa uma das imagens mais icônica dos nossos tempos, por ocasião do lançamento do Apple Watch, e com um título genial que reflete bem o nosso atual estilo de vida: “Never Offline”.
Na reportagem, a quase centenária revista preconiza que a “wearable tech”, ou seja, a “tecnologia de vestir”, dará o tom daqui pra frente, quer a gente goste ou não
Nesta primeira versão, a Apple disponibiliza versões adaptadas de famosos aplicativos como para previsão de tempo, valor de ações, o passbook, photos, mapas e muito mais. Tudo, é claro, conectado com um iPhone ao alcance para funções que necessitem de uma conexão com a Internet. Além disso, usando o app HomeKit, será possível controlar dispositivos domésticos como sua televisão, luzes da casa, termostato e muito mais.
Nos últimos anos, surgiram no mercado diversos produtos “wearable” ou em tradução livre – produtos “vestíveis” – que nada mais são do que produtos que propõem uma integração cada vez maior da tecnologia ao ser humano.
Um produto emblemático para esta categoria de produtos wearable é o Google Glass. Confira outros nos links abaixo:
A quantidade de informações que recebemos nos dias atuais é suficiente para congestionar nossos cérebros e também para criar a sensação de que nunca sabemos o bastante.
"Infoxication" ou "Info-obesidade" é o excesso de informação, consumida através das infinitas formas de mídia disponíveis no mundo contemporâneo.
<span class="notranslate" onmouseover="_tipon(this)" onmouseout="_tipoff()"><span class="google-src-text" style="direction: ltr; text-align: left"><a href=http://www.go-gulf.com/wp-content/themes/go-gulf/blog/60scs_v2.jpg><img src=http://www.go-gulf.com/wp-content/themes/go-gulf/blog/60scs_v2.jpg alt="60 Seconds - Things That Happen Every Sixty Seconds" width=580 /></a><br /> <strong>Infographic by- <a</span> <a href=http://www.go-gulf.com/wp-content/themes/go-gulf/blog/60scs_v2.jpg> <img src = http: //www.go-gulf.com/wp- content / themes / go-golfo / blog / 60scs_v2.jpg alt = "60 Segundos - coisas que acontecem todos Sixty Seconds" width = 580 /> </a> <br /> <strong> Infográfico subprodutos <a</span> href=http://translate.googleusercontent.com/translate_c?depth=1&hl=pt-BR&prev=search&rurl=translate.google.com.br&sl=en&u=http://www.go-gulf.com/&usg=ALkJrhgNnQxKd__CXBbRzdme53WLmmEhaQ>GO-Gulf</a></strong>
Atualidades
Tema 7 - "Infoxication"
Professor Nivaldo
Colégio Energia - Palhoça
http://porquenaopenseinisso.com.br/2014/01/06/20-produtos-tecnologicos-que-voce-ira-vestir-saiba-o-que-e-wearable-technology/
http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2014/02/tecnologia-para-vestir-produz-dispositivos-revolucionarios.html
Digital Junckie
3 minutos

O escritor JAMES GLEICK, autor de "A informação: uma história, uma teoria, uma enxurrada", que vem fazendo grande sucesso, diz que :
"Nós, humanos, sempre lidamos com o excesso de informação".

Em uma entrevista para a revista "Época (14/06/2013), ele afirmou que a sensação de estarmos diante de uma enxurrada de informações novas é permanente na evolução humana.
"A INTERNET É UMA PRÓTESE NOSSA, FAZ PARTE DA GENTE. "
"Quando a calculadora eletrônica foi inventada, muitos reclamaram que os filhos não aprenderiam matemática e que a próxima geração de físicos estava fadada a não existir."
"Quando o telégrafo surgiu,
muitos afirmaram que ele
aniquilaria o tempo e o espaço"
"Tudo começou com a invenção do alfabeto pictográfico e, em seguida, da escrita em termos de números e símbolos alfabéticos, na forma de palavras.
Outra revolução enorme foi a prensa de Gutenberg, que transformou o mundo mais do que pensamos.
Outras invenções importantes, cada uma a seu tempo, foram o telégrafo, o telefone, o computador e a internet."
Uma outra visão para o momento em que vivemos, diz que estamos em um período de "Seca Criativa".

Segundo os defensores dessa teoria, para a humanidade, a machadinha de pedra lascada foi muito mais revolucionária que o iPhone.

O economista americano Alexander J. Field afirma que inovações antigas transformaram a sociedade muito mais do que as atuais. “O carro teve mais impacto que o smartphone”, diz.

Tema 8 - Robô humanoide começa a trabalhar em loja de departamento no Japão
Um androide realista com aparência de mulher é o novo recepcionista das famosas lojas de departamento Mitsukoshi de Tóquio, informando aos clientes sobre as ofertas e os eventos no estabelecimento.

Desenvolvido pela Toshiba no ano passado, o robô fez sua estreia na loja nesta segunda-feira (20 de abril de 2015) numa nova função interagindo com clientes.
Aiko, que tem feições humanas e pisca os olhos, também pode ser programada para falar em outros idiomas, como chinês e inglês.

A Toshiba disse que Aiko tem 43 motores que permitem que ela se mexa. O robô também está programado para usar a língua japonesa de sinais.
No entanto, ao contrário de seus companheiros robóticos Pepper, que atende os clientes da operadora Softbank, e NAU, que trabalha no banco japonês Mitsubishi, Aiko não é capaz de interagir com os clientes e contestar perguntas.
Tema 9 - Alguns destaques tecnológicos do Prêmio Nobel 2014
Em 2014, o prêmio reconheceu as contribuições de cientistas no desenvolvimento da nanoscopia (Nobel de Química), identificação de células que constituem GPS cerebral (Nobel de Medicina e Fisiologia) e na concepção do LED azul (Nobel de Física).
http://palcomp3.com/pamonha/funk-do-orkut/

https://br.noticias.yahoo.com/video/rob%C3%B4-%C3%A9-o-novo-recepcionista-204235207.html
Pepper é um robô humanoide que anda sobre rodas e foi programado para ler as emoções das pessoas ao seu redor, reconhecendo expressões e tons de voz.
Ele foi revelado em junho de 2014 pelo bilionário japonês Masayoshi Son, para quem os robôs devem ser carinhosos e fazer as pessoas sorrirem.

O robô Pepper – pimenta em português – está à venda no Japão a desde o mês de fevereiro de 2015.
Será que algum dia os robôs vão dominar o mundo?
Confira 12 razões para acreditar nisso no reconhecido site "Hype Scvience":

http://hypescience.com/12-razoes-pelas-quais-os-robos-sempre-terao-uma-vantagem-sobre-os-humanos/
A “nanoscopia”, tecnologia desenvolvida pelos três vencedores do Nobel de Química deste ano, Stefan Hell (Alemanha), Eric Betzig (EUA) e William Moerner (EUA), permite, a partir do uso de moléculas fluorescentes, ampliar a resolução dos microscópios à escala das moléculas.
Com a ampliação da visualização das células, os cientistas conseguiram o que parecia impossível: observar as reações enquanto elas acontecem. Ou seja, ver como se formam as ligações nervosas no cérebro, observar moléculas em ação dentro de uma célula viva, assistir ao DNA sendo montado, investigar a ação de proteínas envolvidas nas doenças de Huntington, Parkinson e Alzheimer, para identificar a fase inicial dessas doenças, entre outros.
Por esses avanços (a técnica de Hell foi realizada em 1994 e obteve avanços em 2000, e o da dupla Betzig e Moerner foi aplicada em 2006), o prêmio afirmou que a microscopia, uma técnica biológica, passava a ser agora, uma técnica química.
Como nós conseguimos nos localizar e mover no espaço? O que nos faz compreender e entender onde estamos e para onde queremos ir?
A resposta veio com a descoberta de um conjunto de células que dão forma a um sistema de posicionamento próprio do cérebro e possibilita ao órgão orientar-se em ambientes distintos.
A descoberta deu o prêmio Nobel de Medicina ou Fisiologia deste ano para o trio de pesquisadores John O’Keefe (1971 - EUA-Inglaterra), Edvard Moser e May-Britt Moser (2006 - Noruega).
Os LEDs (diodos emissores de luz) estão muito presentes no nosso cotidiano, iluminando casas, escritórios, estádios, placas de publicidade, semáforos, entre outros.
Essa popularização ocorreu graças à descoberta do LED de cor azul, fundamental para a criação dos LEDs brancos. A descoberta deu o Nobel de Física 2014 a três pesquisadores japoneses, Isamu Akasaki, Hiroshi Amano e Shuji Nakamura (EUA-Japão). E por que essa luz branca era necessária? Por ser mais econômica em relação às lâmpadas incandescentes e fluorescentes.
Depois das lâmpadas incandescentes e do laser, os LEDs são vistos como a terceira revolução óptica, e ainda podem proporcionar muitas inovações ao nosso dia a dia.
É só uma questão de tempo até a próxima descoberta.
http://globotv.globo.com/rede-globo/encontro-com-fatima-bernardes/v/tres-cientistas-recebem-premio-nobel-de-medicina-por-descoberta-de-gps-do-cerebro/3679359/
Tv Brasil - 1 minuto
http://www.dw.de/os-laborat%C3%B3rios-dos-ganhadores-do-nobel-de-qu%C3%ADmica-2014/av-18035866
http://cbn.globoradio.globo.com/comentaristas/carlos-julio/2015/04/01/O-QUE-FAZER-COM-A-SOBRECARGA-INFORMATIVA.htm
PARA PENSAR (se sobrar tempo):

Antes, você achava que quanto mais lesse, mais saberia.

Agora podemos dizer que quanto mais você lê, menos tempo você tem para pensar.
"BIG DATA é uma palavra da moda, uma maneira de falar que temos acesso a quantidades enormes de informação não filtrada em vários domínios.

Big Data é o conjunto de soluções tecnológicas capaz de lidar com dados digitais em volume, variedade e velocidade inéditos até hoje. Na prática, a tecnologia permite analisar qualquer tipo de informação digital em tempo real, sendo fundamental para a tomada de decisões

Informação é poder, logo, se uma empresa souber como utilizar os dados que tem em mãos, poderá entender como melhorar um produto, como criar uma estratégia de marketing mais eficiente, como cortar gastos, como produzir mais em menos tempo, como evitar o desperdício de recursos, como superar um concorrente, como disponibilizar serviços para a um cliente especial de maneira satisfatória e assim por diante..
Nerdologia - 7 minutos
Você já conhece a nomofobia, o medo de ficar longe do celular?
Pesquisas recentes indicam que smartphones, cada vez com mais funcionalidades, podem causar dependência e outros transtornos em usuários assíduos.
O termo vem da expressão "no-mobile fobia", e se refere ao mal-estar ou ansiedade apresentados quando essas pessoas não estão com seus celulares. A definição foi cunhada há alguns anos na Inglaterra, após uma pesquisa da empresa SecurEnvoy mostrar que 66% dos ingleses sofriam do medo de perder ou estar longe dos seus telefones celulares.
http://g1.globo.com/jornal-hoje/videos/t/edicoes/v/japoneses-que-desenvolveram-a-luz-led-azul-ganham-nobel-de-fisica/3679910/
Full transcript