Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Ana Paula Cordeiro

on 27 January 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

Plantão
do francês "planton"
Plantão Psicológico: histórico e motivações
Quem?
Rachel Léa Rosemberg (1931 - 1987)

Onde?
Serviço de Aconselhamento Psicológico da USP (SAP/IPUSP)

Motivação e objetivos:
Recepção diferenciada aos clientes; "Plantão de atendimento" para dar conta das longas filas de espera;

Compreensão da importância e da riqueza do momento em que se pede ajuda.
Atitudes facilitadoras
Postulado central: Tendência atualizante
- Congruência (ou genuinidade): Capacidade do terapeuta ser ele mesmo na relação, removendo intimamente as barreiras pessoais ou profissionais na relação, consciente de seus próprios sentimentos.

- Consideração Positiva Incondicional: Capacidade de considerar, sem julgamentos e de maneira incondicional aquilo que o cliente É e expressa na relação: ódio, amor, orgulho, coragem, confusão, etc;

- Empatia (ou compreensão empática): Capacidade de colocar-se no lugar do outro, experimentando seus sentimentos e significados pessoais COMO SE fosse o cliente, comunicando essa compreensão.
Facilitação
acompanhar o fluxo do cliente dando credibilidade ao seu movimento de tomada de decisão, orientado na crença do poder pessoal
Plantão Psicológico Centrado na Pessoa como modalidade de atenção em situações extremas
Ana Paula da Silveira Cordeiro
CRP 05/44910

Final da década de 60:
Plantão Psicológico: histórico e motivações
Décadas de 1980/1900 e anos 2000:
- Primeira sistematização pública sobre a prática do Plantão (Rosemberg, 1987) e organização de livro sobre o Plantão Psicológico (Mahfoud, 1999 e 2012)

- Instituto Sedes Sapientiae (SP) e o Plantão Psicológico aberto à comunidade: inspiração nas "walk-in clinics" norte-americanas; Primeiro curso de Plantão Psicológico.

- O Plantão Psicológico na Academia (Tassinari, 1999 e 2003): Inspiração a partir da preocupação com a descontinuidade da psicoterapia.
Mas afinal, o que é Plantão Psicológico?
- Reflexões a respeito da prática clínica e das relações de ajuda psicológica na contemporaneidade
"Pode-se definir o Plantão Psicológico como um tipo de atendimento que se completa em si mesmo, realizado em uma ou mais consultas sem duração pré-determinada, objetivando receber qualquer pessoa no momento exato de sua necessidade para ajudá-la a compreender melhor sua emergência e, se necessário, encaminhá-la a outros serviços."
"Tanto o tempo da consulta, quanto os retornos dependem de decisões conjuntas (plantonista/cliente) no decorrer do atendimento. É exercido por psicólogos que ficam à disposição das pessoas que procuram espontaneamente o Serviço em local, dias e horários pré estabelecidos, podendo ser criado em diversos locais e instituições."
1. Planta jovem;
2. Soldado de serviço, sentinela fixo;
3. Pessoa que espera de pé
Plantar
do latim "plantare"
1. Semear
2. fincar a planta do pé no solo
"Portanto estar plantado é estar fixado na terra, aguardando, estar disponível." (Tassinari, 1999)
(Tassinari, 1999)
1. serviço de recepção diferenciada;

2. pronto-atendimento, em substituição à triagem "tradicional"

3. acolhimento da pessoa no momento de sua emergência, ajudando-a a clarificar seu pedido de ajuda.
- Valorização do movimento da pessoa diante de seu sofrimento - movimento da SAÚDE;

- Criação de condições que garantam a continuidade deste movimento, a proposta de que atinja seu objetivo


CENTRALIDADE E CONFIANÇA NO MOVIMENTO PESSOAL,
Carl Rogers (1902 - 1987)
e a Abordagem Centrada na Pessoa
Principais contribuições:
- Aconselhamento;
- Psicoterapia;
- Grupos de Encontro;
- Educação;
- Resolução de Conflitos Nacionais, Internacionais, Religiosos, Políticos.
"Os indivíduos possuem dentro de si vastos recursos para a autocompreensão e para modificação de seus autoconceitos, de suas atitudes e de seu comportamento autônomo. Esses recursos podem ser ativados se houver um clima passível de definição, de atitudes psicológicas facilitadoras." (Rogers, 1983, p. 38)
Plantão Psicológico: aplicações
Plantão Psicológico em situações extremas
Urgência:
Emergência:
1. Ação de emergir; 2. Nascimento; 3. Situação crítica; acontecimento perigoso ou fortuito; incidente; 4, Caso de urgência, de emergência; etc.
Do latim [urgentia]. 1. Qualidade de urgente (aquilo que urge, que é necessário ser feito com rapidez; 2. Indispensável, imprescindível; etc
Urgir:
1. Ser necessário, sem demora; 2. Estar iminente; 3. Não permitir demora; (etc)
- Clínicas-escola em cursos de psicologia;
- Hospitais gerais e psiquiátricos, CTI;
- Contexto escolar;
- Insituições de defesa de direitos;
- Clínicas e consultórios particulares;
- Centros de Assistência Social;
- Espaços de promoção de saúde e qualidade de vida
Plantão Psicológico em situações extremas
" (...) o plantão psicológico oferece cuidado e acolhimento significativo às urgências e emergências psicológicas, abrindo possibilidades de atenção e promoção de saúde (...)"
Referências bibliográficas
MAHFOUD, M. (Org.).
Plantão Psicológico:
Novos horizontes. São Paulo: Companhia Ilimitada, 1999.

Durange, W. T.;CORDEIRO, A. P. S. (2013). Plantão Psicológico: dimensão pós clínica, uma psicologia da saúde. In: Márcia Alves Tassinari; Ana Paula da Silveira Cordeiro; Wagner Teixeira Durange. (Org.).
Revisitando o Plantão Psicológico Centrado na Pessoa
. 1ed.Curitiba: CRV.

TASSINARI, M. A.
A Clínica da Urgência Psicológica:
Contribuições da Abordagem Centrada na Pessoa/ Márcia Alves Tassinari. Rio de Janeiro: UFRJ/ Instituto de Psicologia, 2003. 231p. Tese – Universidade Federal do Rio de Janeiro.

_________.
Plantão Psicológico Centrado na Pessoa como promoção da Saúde no contexto escolar.
Rio de Janeiro: UFRJ/ Instituto de Psicologia, 1999. 149p. Dissertação - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

ROGERS, C. R.
Um jeito de Ser
. São Paulo: EPU, 1983.

ROSEMBERG, R. L.
Aconselhamento Psicológico Centrado na Pessoa.
São Paulo: E.P.U, 1987.
Muito obrigada!

Contatos:
E-mail: cordeiro.anapaula@gmail.com
(21) 97254-2228

http://gfhrj.blogspot.com
(Cordeiro e Durange, 2013)
As pessoas são tão maravilhosas quanto o pôr do sol, se eu deixá-las ser ... Quando eu olho para um pôr do sol, eu não fico dizendo: "Suavize um pouco o laranja no canto direito"... Eu não tento controlar um pôr do sol. Eu vejo com admiração, na medida em que se descortina.
Carl Rogers
Full transcript