Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Inserção do profissional de Educação Física no Sistema Único

No description

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Inserção do profissional de Educação Física no Sistema Único

Inserção do profissional de Educação Física no Sistema Único de Saúde
1994-Programa Saúde da Família
1994 - Região Nordeste. Grandes centros urbanos no sul e sudeste;

2008- Núcleos de Apoio a Saúde da Família
1988- SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE
1974- Instituto Nacional de Assistência Médica na Previdência Social;
1986- Conferência Nacional de Saúde;
1988- Saúde - Direito de todos e dever do Estado;
1988- Sistema Unificado e Descentralizado de Saúde;
1990-Sistema Único de Saúde - http://conselho.saude.gov.br/legislacao/lei8080.htm

Atenção Básica à Saúde
A ESF tem como propósito levar a atenção à saúde para mais perto das famílias e, como isso, melhorar a qualidade de vida da população.
Ministério da Saúde
2006- Política Nacional de Promoção de Saúde
Constitui um mecanismo de fortalecimento e implantação de uma política transversal, integrada e intersetorial
Prioridades para atividade física e práticas corporais
Cuidado à população e promoção de saúde
Saúde da criança/do adolescente e do jovem; Saúde mental;
Reabilitação/saúde integral da pessoa idosa; Alimentação e nutrição;
Serviço social;
Saúde da mulher;
Assistência farmacêutica;
Atividade física/ práticas corporais;
Práticas integrativas e complementares
HOJE
PROBLEMAS/DIFICULDADES
1- Formação do profissional de educação física;

2- Experiência e conhecimento sobre o SUS;

3-Diversas barreiras para implementar programas de atividade física;
NASF
50.0% - AF
Região sudeste
396 NASF
200 (50.6%)

RESIDÊNCIAS MULTIPROFISSIONAIS
FUTURO
2011
2001
NASF 1
5 profissionais

NASF 2
Min 3 profissionais
Gomes, et al (2014)
PROFISSIONAIS DE EF - NASF
Gomes, et al (2014)
2005 - Lei n 11.129/2005

Juazeiro do Norte - Ceará
R$ 2.287,44

Mesquita - Rio de Janeiro
R$ 2.400,00

TIBAU DO SUL - Rio Grande do Norte
R$ 2.000,00

ARAGUARI - Minas Gerais
R$ 2.000,00

São Fernando - Rio Grande do Norte
R$ 1.200,00
Próximos Passos
1) Formação;

2) Inserção dos profissionais - NASF, multiprofissionais,
academia da saúde
Política Nacional de Atenção Básica
PORTARIA Nº 2.488, DE 21 DE OUTUBRO DE 2011
Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes e normas para a organização da atenção básica, para a Estratégia Saúde da Família (ESF) e o Programa de Agentes Comunitários de
Saúde (PACS).
2007- Programa Saúde na Escola
Considerando o Decreto Presidencial nº 6.286, de 5 de
dezembro de 2007, que institui o Programa Saúde na Escola (PSE), no âmbito dos Ministérios da Saúde e da Educação, com finalidade de contribuir para a formação integral dos estudantes da rede básica por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde;
Considerando as Portarias de nº 822/GM/MS, de 17 de abril de 2006, nº 90/GM, de 17 de janeiro de 2008, e nº 2.920/GM/MS, de
3 de dezembro de 2008,
que estabelecem os municípios que poderão receber recursos diferenciados da ESF;
Organização
1) âmbito da união- Ministério da Saúde;
2)âmbito do estado e Distrito Federal- Secretaria da Saúde;
3) âmbito dos municípios- Secretaria da Saúde ou equivalente
Dinheiro depositado em conta especial - Conselhos de saúde
Federal - Seguridade Social e outros orçamentos - M.Saúde- Fundo Nacional de Saúde
Diretrizes da AB:
1) Próprio território;
2) Universal e contínuo;
3) Relação social;
4) Promoções de saúde;
5) Incentivar a participação da comunidade;

Quanto à estrutura física mínima, devem dispor de:
consultório médico; consultório de enfermagem; ambiente
para armazenamento e dispensação de medicamentos;
laboratório; sala de vacina; banheiro público;
banheiro exclusivo para os funcionários; expurgo;
cabines com leitos em número suficiente para toda a
equipe; cozinha; sala de procedimentos; e, se forem
compostas por profissionais de saúde bucal, será necessário
consultório odontológico com equipo odontológico
completo;
Equipe
- Médico generalista ou especialista em Saúde da Família ou médico de Família e Comunidade,
- Enfermeiro generalista ou especialista em Saúde da Família,
- Auxiliar ou técnico de enfermagem
- Agentes comunitários de saúde (max 750 pessoas/ACS e máx 12 ACS/ESF,
-
Profissionais de saúde bucal: cirurgião-dentista
generalista ou especialista em Saúde da Família,
- Auxiliar e/ ou técnico em saúde bucal;
Atendimento de 4 mil pessoas
http://www.muzambinho.mg.gov.br/estrutura-administrativa/secretaria-de-sade
Full transcript