Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Entendendo os usuários - processos cognitivos

Entendendo os usuários - processos cognitivos
by

Daniela Bagatini

on 29 August 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Entendendo os usuários - processos cognitivos

Leitura recomendada
Síntese livro (apresentação): Design para quem não é designer.


Benyon, David. Interação humano-computador. Traduação Heloísa Coimbra de Souza. Revisão técnica Illana de Almeida Concílio. 2ª ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2011 (Biblioteca virtual).
Objetivos da Aprendizagem
Apresentação
Entendendo os usuários
processos cognitivos
Semana 5

Tema da semana
Entendendo os usuários -
processos cognitivos
Compreender alguns processos cognitivos importantes como atenção, percepção e memória.

Relacionar os conhecimentos de processos cognitivos e modelos mentais com o design de interfaces.
A capacidade de aprendizagem de uma pessoa está determinada pela forma como ela representa seus conhecimentos, em conjunto com as suas capacidades de memória e com os seus processos cognitivos causais.
Você já parou para estudar e observar sobre:
Como que os usuários aprendem ao interagir com o sistema?
Quais são os processos envolvidos nessa aprendizagem?
Como podemos auxiliá-los nesse sentido?
Conforme estudamos nas últimas semanas, pesquisadores e teóricos em psicologia congnitiva reconhecem a necessidade em postular algum nível de representação mental. O que mais os mobiliza e os diferencia talvez seja a maneira como representamos o mundo "em nossas cabeças".

As representações externas podem ser encontradas de diversas formas em sistemas computacionais: menus, ícones, hiperlinks, entre outros. Uma maior ou menor efetividade de assimilar estas representações depende de fatores de aprendizado.

Alguns aspectos fundamentais da aprendizagem estão relacionados com a limitação da qualidade e da quantidade de informações que podem ser percebidas e memorizadas.
Desta forma, utilizar estratégias cognitivas é proporcionar formas efetivas de interação humano-computador. Compreender processos essenciais da cognição, permite ao designer de interface (projetista de sistema) preparar projetos mais eficientes e conseguir, efetivamente, uma melhor aprendizagem para seus usuários.

Quanto mais estreita for a relação entre a linguagem de interface oferecida pelo designer e as necessidades do usuário, menor será o esforço cognitivo (ergonomia) dispendido para que este alcance os seus objetivos.
Atividade da semana
1. Assistir a aula
2. Participar do Questionário: Processos cognitivos.
Disse Steve Jobs:
"A tecnologia sozinha não basta. É o casamento da tecnologia com as artes liberais, com as artes humanas que produz os resultados que fazem nossos corações felizes."
Esta semana focalizaremos sos estudos nos processos de atenção, percepção, reconhecimento e memória.
QuIz

Relacione as interfaces com os processos cognitvos
(questionário na sala virtual)

Agora diga,
quantos links temos nesta página?

Vamos ver alguns casos....

Mudou?!?!

codificar, lembrar e acionar conhecimentos

Memória

Muito esforço de percepção e reconhecimento
eram necessários nas primeiras interfaces do FIFA!
É possível perceber diferentes elementos da interface e reconhecer as suas funcionalidades?

Percepção e reconhecimento
Os testes de usabilidade feitos na disciplina de IHC,
demonstraram que muitos usuário clicavam no botão para entrar do peixeurbano e na verdade estavam entrando no facebook!
A interface do peixeurbano mudou e não existe mais esta opção... Por que será?!?!

Atenção
habilidade de nos
concentrarmos
em alguma coisa por
determinado tempo

5. Omitir palavras desnecessárias

6. Não deixe o usuário perder tempo com coisas como: onde estou? O que devo fazer?

7. O usuário tem pressa e não lê tudo, ele não quer descobrir, quer atingir um objetivo

#ficaadica

1. Utilizar diferentes estímulos conectados, facilitam manter a qualidade da atenção

2. Tornar a informação saliente, use recursos como cor, imagem, formas

3. Organizar a informação, possibilite interface limpa, que potencializa o foco para aquilo que é mais importante

4. Posicionar a informação, deixe espaço em branco na interface, alguns itens serão destacados

Atenção

Como podemos auxiliá-los nesse sentido?
Quais são os processos envolvidos nessa aprendizagem?

Como que os usuários aprendem ao interagir com o sistema?
Entendendo alguns
Processos cognitivos
atenção, percepção, reconhecimento e memória
Você já notou que muitos menus colocam a opção Brasil em primeiro lugar na lista de países e mesmo assim muitas vezes você vai até a letra B para achar Brasil?!?!
Nossa memória está condicionada ao modelo mental já conhecido, ou seja, ordem alfabética!


5. Crie hierarquia visual

6. Deixe óbvio o que pode ser clicado

#ficaadica

1. O contexto é importante para acionar a memória, relacione termos e imagens ao contexto

2. Reconhecemos (memória passiva) coisas mais facilmente do que lembramos (memória ativa), use imagens e menus

3. Use mensagens úteis, fácil de ler e compreender

4. Utilize conversões, facilmente podem ser recordadas, marcadores ajudam a memória

Memória

Em qual deles os conceitos de percepção e reconhecimento
são melhores aplicados?!?!

Como percebemos e reconhecemos o que o portal Carioca Digital quer apresentar e dizer para nós, e o portal de Florianópolis o que ele diz?

Clique nos links!

#ficaadica

1. Teoria das cores





2. Tipografia






3. Teoria de Gestalt

Percepção e reconhecimento
Fonte: http://chocoladesign.com/o-que-e-gestalt
Proximidade

Fechamento

Similaridade

Unidade

Pregnância

Continuidade

Teoria de Gestalt
Os 06 cases são apresentados para você, todos estão relacionados aos estudos de processos cognitivos e estratégias de interfaces:

1. Gestalt: psicologia da forma (http://design.blog.br/geral/qual-a-importancia-da-gestal-no-design)
2. Memória, ícones, modelos mentais (http://design.blog.br/design-grafico/por-que-doces-e-icones-sao-similares)
3. Percepção e reconhecimento (http://design.blog.br/geral/teoria-basica-do-design-formato-tamanho-e-textura)
4. Proporção Áurea (http://design.blog.br/geral/o-que-e-proporcao-divina)
5. Teoria das Cores (http://design.blog.br/geral/teoria-basica-do-design-cor)
6. Tipografia (http://design.blog.br/design-grafico/o-que-e-tipografia)

Para cada tópico é indicada uma referência inicial de pesquisa, que você deve complementar com outras fontes, até que o conceito sobre cada um deles esteja compreendido.

Após sua pesquisa, você deve fazer uma contextualização prática, comentando as interfaces que serão apresentadas no questionário na Sala Virtual.
Sobre a atenção...
assista o vídeo: Fala que eu não te escuto
http://www.mariaclaudiacortes.com/
http://www.typetester.org/
Full transcript