Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Alex Kauan

on 29 March 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

O Pensamento de Nietzsche
- O Nascimento da Tragédia no Espírito da Música (1872);

- A Filosofia na Idade Trágica dos Gregos (1873);

- Sobre a verdade e a mentira em sentido extramoral (1873);

- Considerações Intempestivas (1873 a 1876);

- Humano, Demasiado Humano, um Livro para Espíritos Livres (1886);

- Aurora, Reflexões sobre Preconceitos Morais (1881);

- A Gaia Ciência (1882);

- Assim Falou Zaratustra, um Livro para Todos e para Ninguém (1883 - 1885);

- Além do Bem e do Mal, Prelúdio a uma Filosofia do Futuro (1886);

- Genealogia da Moral, uma Polêmica (1887);

- O Anticristo - Praga contra o Cristianismo (1888);

- Ecce Homo, de como a gente se torna o que a gente é (1888).
Obras
-Nascimento: 15 de Outubro de 1844, Röcken, Alemanha;

-Morte :25 de agosto de 1900 (55 anos), Weimar, Alemanha;

-Nacionalidade: Alemã;

-Ocupação :Filósofo, filólogo;

-Escola/tradição: Filosofia Contemporânea, Filosofia
continental, Romantismo;

-Principais interesses: Epistemologia, Ética, Ontologia, Filosofia da história, Psicologia;

-Idéias notáveis: O Anticristo, Vontade de Poder, Eterno retorno, Super-Homem, Perspectivismo, Apolíneo e Dionisíaco;

-Influências: Heráclito, Platão, Montaigne, Spinoza, Kant, Goethe, Schiller, Schopenhauer, Heine, Emerson, Poe, Wagner, Dostoiévski;

-Influenciados: Rilke, Jung, Iqbal, Jaspers, Heidegger, Bataille, Rand, Sartre, Camus, Deleuze, Foucault, Derrida, Sigmund Freud.

Vida
- Nietzsche não focou sua crítica em Jesus, mas no cristianismo;
- Nietzsche também críticava a doutrina judaico-cristã, com o conceito de "Deus castigador", moralista e juiz de homens como no Antigo Testamento;
- Jesus, com ideias como "ressurreição" e "mundo melhor" após a morte, apenas contribuiu para que todos se penitenciassem para escapar do pecado original.
- Mas esse pecado é impossível para Nietzsche quando ele pressupõe que o homem não tem "alma" e que "Deus" não existe fora da mente humana.
- Vide a frase mais famosa: “O evangelho morreu na cruz”.
- A palavra niilismo  origina-se do latim "nihil", que significa nada.

- É a desvalorização e a morte do sentido, a ausência de finalidade e de resposta ao “porquê”.

- As primeiras ocorrências do termo niilismo remontam à Revolução Francesa quando foram definidos como “niilistas” os grupos que não eram nem a favor nem contra a Revolução.

NIILISMO
- A primeira vez que o termo foi utilizado como conceito
filosófico pode ser localizado no final do século XVIII, ao longo dos debates e das disputas que caracterizam a fundação do idealismo, mais especificamente na carta, escrita em 1799,de F. H. Jacobi a Johann Fichte na qual o idealismo é acusado de ser um niilismo.

- Para Nietzsche, todo idealista era um niilista;
Idealista, refugia-se num mundo que nega a realidade que o cerca.

- Nietzsche não foi o criador do niilismo, e sim o seu maior idealizador.

NIILISMO
- Para Nietzsche, existem dois tipos de niilismo: o passivo e o ativo. O niilismo passivo pode ser visto como uma espécie de evolução de uma pessoa, apesar de não haver uma mudança dos valores. Por outro lado, o niilismo ativo vira todas as suas forças para a demolição da moral, sendo que tudo fica no vazio e o absurdo ganha preponderância, de tal forma que o niilista só tem como solução esperar ou causar a sua própria morte.
Super Homem
- O super Homem de Nietzsche está na superação e não na verdade, ele se reinventa.

- É o homem que se supera, que se inventa no presente.

- É sensível e ético.

ALEX KAUAN OLIVEIRA CARVALHO: 8411134801

DAVID SABINO VITORINO DA CUNHA: 8205774464

DIENILSON DE SOUZA SABINO: 8205965502

JESSICA ZANIRATO DE SOUZA: 8202933746

MAX HENRIQUE PEREIRA: 8087886767

MAYARA B. FIORANTE: 8098923529
FACULDADE ANHANGUERA DE CAMPINAS (UNIDADE I)
O Anti-cristianismo
Full transcript