Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Contribuições para o PMPI

subsídios para a construção do Plano
by

Nathercia Lacerda

on 23 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Contribuições para o PMPI

CIESPI - PUC/Rio Contribuições para a elaboração
do Plano Municipal pela Primeira a Infância


Promoção da Saúde
Educação Infantil
Assistência Social à criança e suas famílias
Proteção contra o consumo exacerbado
Riqueza cultural e saberes tradicionais
Experiência lúdica diversificada (brinquedos e brincadeiras)
Elos familiares e comunitários
Espaços de cultura (bibliotecas, brinquedotecas, centros culturais, museus, teatros, cinemas...)
Espaços de natureza (praias, florestas, rios, manguezais, ...)
Espaços de convivência (praças, quintais, quadras, parques, espaços cibernéticos, ...) Que estrutura o Município precisa oferecer para que os Direitos das Crianças Pequenas sejam garantidos? Promoção da Saúde: http://elosdasaude.wordpress.com/2011/03/11/brinquedo-vira-rua/ Pesquisa interinstitucional realizada pela PUC-Rio; UNIRIO e UFRJ aponta as seguintes recomendações: A diversidade de experiências lúdicas favorece escolhas e recriações. No Japão, existe um belo exemplo do que ainda pode ser inventado: Crianças Quilombolas Espaços de Natureza em meio urbano devem ser valorizados, preservados e de livre acesso. Ponto de partida:
a criança Museus e Centros Culturais que acolhem o público infantil tem o papel de garantir um acesso amplo a todo tipo de conhecimento. A exposição de Ernesto Neto, além de contemplar adultos e crianças, pode ser extremamente inspiradora. Parques Educação Infantil A riqueza cultural
e os saberes tradicionais precisam ser reconhecidos.
Quantos modos de viver coexistem numa cidade e permanecem invisíveis aos olhares menos atentos? Proteger contra o consumo exacerbado significa favorecer que as crianças vivam experiências que fortaleçam o exercício da autonomia. O que impede que todas as crianças vivam plenamente a infância? Quais são as responsabilidades do poder municipal? Brinquedoteca Peteca - Rocinha Brinquedotecas na Festa do Jogo
Paris - 2002 Brinquedoteca de Louvier Centro Lúdico de Rio Mouro
Sintra - Portugal Os Centros Lúdicos também tem esse papel e, em alguns países, fazem parte da gestão municipal. Exemplo de possibilidades de criação de equipamentos lúdicos são os projetos de Elvira de Almeida:

http://www.agitprop.com.br/index.cfm?pag=ensaios_det&id=23&titulo=ensaios Quem são as crianças?
Onde estão as crianças pequenas?
Por onde e como elas circulam na cidade?
Com quem convivem?
Que objetos de cultura as rodeiam?
Como se comunicam? O reconhecimento da cidade como espaço formador exige levar em consideraçao: Praças As praças e os parques precisam ter elementos que favoreçam o cuidado e a convivência entre crianças de todas as idades e adultos:
fraldário;
banheiros para adultos e crianças;
bicicletário;
bancos e mesas;
equipamentos lúdicos que envolvam design variado. acervo CIESPI acervo CIESPI fotos acervo CIESPI fotos acervo pessoal Cris Porto fotos acervo pessoal Cris Porto fotos acervo pessoal Cris Porto Bibliotecas infantis Lixo acumulado e falta de saneamento básico causam problemas no meio ambiente; aumentam a quantidade de ratos, baratas e criadouros de mosquitos da dengue; causam diarréia, verminose e leptospirose.
Criança doente não consegue brincar nem aprender direito. Sentimento de insegurança causa prejuízos no desenvolvimento emocional, cognitivo e físico das crianças. A violência pode estar dentro de casa ou nas ruas. Nem sempre o remédio é necessário.
Uma alimentação que inclua
frutas, legumes e verduras
em todas as refeições favorece a saúde.
Como esses alimentos podem tornar-se uma realidade para todas as crianças? Falta de ordenamento urbano impede que as crianças circulem pela cidade. Como viver com menos violência e mais harmonia? O Posto de Saúde é um espaço de cuidado, que deve oferecer: acolhimento; informação; prevenção; tratamento; oportunidades de trocar experiências, criar vínculos, conversar e receber apoio. Educação Infantil é um direito das crianças.
Acesso às creches e Pré-escolas e qualidade de atendimento nessas instituições precisam andar juntos. Além de saneamento, segurança, ordenamento, saúde, creches e pré-escolas; do que as crianças necessitam? Como a cidade pode proporcionar uma infância plena de experiências significativas? Viver plenamente a infância envolve: brincar, ler, jogar, dançar, caminhar, conviver... Todas essas atividades devem fazer parte do cotidiano, inclusive, nas instituições de Educação Infantil. Que projetos existem no Rio de Janeiro, que podiam ser multiplicados? Para conter a violência contra as crianças, há uma necessidade urgente de ampliação do número de conselhos tutelares, com investimento na capacitação dos conselheiros, na melhoria das condições de trabalho e na qualidade dos serviços prestados. Ampliação da oferta de vagas em creches e pré-escolas com planejamento e ações articuladas. Para isso, faz-se necessário conhecer o número de crianças residentes no município na faixa etária de 0 a 6 anos, desmembrado ano a ano - dado facilmente obtido através de consulta ao IBGE que tem dados recentes do Censo 2010.

Estudo da demanda por creche, por bairro e região do município, a fim de orientar a expansão das vagas oferecidas pela rede pública.

Construção de escolas de Educação Infantil de acordo com os Parâmetros de Infraestrutura (BRASIL, 2006) conforme a demanda por localidade, alocando as crianças em espaços adequados e que contemplem as especificidades da Educação Infantil.

Desvinculação da oferta de vagas, especialmente nas creches, de ações com cunho político e de critérios inapropriados. A oferta de vagas na Educação Infantil é direito de todas as crianças e dever dos municípios.

Realização de eleições para diretor de creches e pré-escolas com a participação da equipe e da comunidade escolar, definindo com clareza o tempo de mandato e os critérios para o exercício deste cargo.

Contratação de profissionais para atuar diretamente com as crianças na Educação Infantil, tanto professores, quanto auxiliares, com a formação mínima exigida por lei.

Realização de concurso público específico para professor de Educação Infantil e garantia de, no mínimo, um professor por turma, conforme preconiza a legislação. Relatório enviado à ALERJ Em relação às demandas na área de saúde escolar, há uma carência muito grande de centros que façam o diagnóstico e trabalhem com crianças com transtornos diversos que infleunciem negativamente no aprendizado. Neste sentido, diversas questões podem estar envovlvidas, desde problemas no ambiente familiar ao aprendizado até questões de saúde mais graves como autismo e retardo mental. Também é importante frisar as questões envolvendo alimentação saudável, segurança (relacionada aos acidentes domésticos), vacinação e etc... Criação: Assessoria de Promoção da Saúde/SMS-Rio. Desing Renata Ratto. Ilustração Mariana Massarani, 2007. Criação: Assessoria de Promoção da Saúde/SMS-Rio. Desing Renata Ratto. Ilustração Mariana Massarani, 2007. Criação: Assessoria de Promoção da Saúde/SMS-Rio. Desing Renata Ratto. Ilustração Mariana Massarani, 2007. Criação: Assessoria de Promoção da Saúde/SMS-Rio. Desing Renata Ratto. Ilustração Mariana Massarani, 2007. Criação: Assessoria de Promoção da Saúde/SMS-Rio. Desing Renata Ratto. Ilustração Mariana Massarani, 2007. Criação: Assessoria de Promoção da Saúde/SMS-Rio. Desing Renata Ratto. Ilustração Mariana Massarani, 2007. Criação: Assessoria de Promoção da Saúde/SMS-Rio. Desing Renata Ratto. Ilustração Mariana Massarani, 2007. A Festa do Jogo tem espalhado sementes que podem dar muitos frutos. acervo CIESPI É urgente pensar na formação inicial e continuada dos profissionais que atuam diretamente com as crianças e suas famílias! Nas reuniões que a Rede Municipal pela Primeira Infância vem realizando no CIESPI, um tema foi identificado como comum a todas as áreas:
Full transcript