Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

CASO - SRTA. ELISABETH VON R. (FREUD)

No description
by

Sabine Nagl

on 29 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of CASO - SRTA. ELISABETH VON R. (FREUD)

Relato do caso
Primeiro caso de análise integral realizado por Freud (denominava de análise psíquica);
1892 – paciente jovem (24 anos) com dores nas pernas e dificuldade para andar;
Encaminhado por um médico amigo de Freud.
Dificuldade no
diagnóstico
A dor era de caráter indefinido;
Comportava-se de forma oposta a pacientes que sofrem de dores orgânicas;
Ao pressionar ou beliscar a pele ou os músculos da perna, Elisabeth assumia uma expressão peculiar que parecia mais com prazer do que dor.
Neurose histérica
O nome vem do grego hystéra, que significa útero. "Acreditava-se, na antigüidade, que a energia vital desse órgão se deslocava para outras regiões do corpo, causando os ataques. Já na Idade Média, era considerada manifestação de bruxaria e não foram poucas as mulheres queimadas vivas por causa disso. A psiquiatria do século XIX, por sua vez, acreditava que a raiz devia estar em uma lesão orgânica, enquanto outros falavam em fingimento".


Freud
Sigmund Freud (1856-1939), em colaboração com Breuer, começou a pesquisar os mecanismos psíquicos da histeria e postulou em sua teoria que essa neurose era causada por lembranças reprimidas, de grande intensidade emocional e quase sempre vinda de um trauma sexual.



Muitos infortúnios, pouca felicidade:

• Pai morrera;

• Mãe realizou delicada cirurgia da vista;

• Irmã morre de uma doença cardíaca de longa duração;

Dedicou seu vida ao cuidado a todos.
1a entrevista com Freud
Inteligente e mentalmente normal;
Suportava seus males que interferiam na vida social e prazeres com ar alegre;
Andava com a parte superior do corpo inclinada para frente mas sem apoio ;
Grande dor ao andar e cansaço (ao ficar de pé) tinha que descansar em curtos intervalos, o que diminuía as dores, mas não as eliminava.

Psicanálise
Teve início a partir da clínica da histeria. A partir da escuta das histéricas que Freud pôde reconhecer a existência de um psiquismo com suas determinações inconscientes, assim como a existência de um corpo através do qual a vida pulsional se manifesta. Percebeu que os sintomas que se expressavam nesse corpo, tinham a ver com a história singular do sujeito. Assim descobre o método analítico que permite a escuta de softrimentos e histórias, podendo reconhecer subjetividades e dar- lhes um sentido.

CASO 5 - ELISABETH VON R.
As Contradições do Corpo Carlos Drummond de Andrade
Meu corpo não é meu corpo,
é ilusão de outro ser.
Sabe a arte de esconder-me
e é de tal modo sagaz
que a mim de mim ele oculta.

Meu corpo, não meu agente,
meu envelope selado,
meu revólver de assustar,
tornou-se meu carcereiro,
me sabe mais que me sei [...]
Sintomas
Abasia: incapacidade para a marcha sem diminuição de força muscular ou diminuição da
sensibilidade;

Astasia: incapacidade de manter a postura vertical ou ereta, causada por falta de coordenação motora.
Sintoma Clinico
"Trata-se de uma paralisia funcional baseada na simbolização";Freud
Partes do corpo anexados pelo sintoma são conduzidos a desempenhar um papel de zona erógena para o qual não foram destinados;
Freud reconhece na histérica um saber não sabido que recorta o corpo. O corpo histérico expressa algo que vem de outro lugar, que remete à uma cena inconsciente. Isto, porque na neurose histérica o jeito de recalcar é converter o sintoma para o corpo.

Manejo Técnico
De inicio, foi realizado um tratamento das pernas com correntes elétricas de alta tensão que quanto mais fortes estes eram, mais pareciam afastar suas próprias dores para um segundo plano.
Após quatro semanas, Freud propôs a ela outro método e obteve rápida compreensão e pouca resistência.
Catarse

Método terapêutico que permite a evocação e a revivência de acontecimentos traumáticos que foram reprimidos, permitindo a descarga dos afetos ligados a estes;

A primeira análise integral de uma histeria por Freud, mais tarde transformada em um método regular.

“Eu começava por fazer com que a paciente me contasse o que sabia e anotava cuidadosamente os pontos em que alguma seqüência de pensamentos permanecia obscura ou em que algum elo da cadeia causal parecia estar faltando. E depois penetrava em camadas mais profundas de suas lembranças nesses pontos, realizando uma investigação sob hipnose ou utilizando alguma técnica semelhante.”

Freud aplica uma pressão na cabeça da paciente, instruindo-a para que falasse tudo o que se lembrasse no momento da pressão:
Noite em que fora com um jovem a uma festa e ao voltar, constatou que o estado de saúde do pai piorara.
A descoberta da razão da primeira conversão abriu um segundo período do tratamento. A paciente anuncia que agora sabia por que era que as dores sempre se irradiavam daquela região específica da coxa direita e atingiam ali sua maior intensidade
Freud passou a utilizar suas dores como uma bússola para sua orientação;
Não hesitava em colocá-la em situações projetadas para despertar novas lembranças que ainda não tivessem alcançado a superfície;
No caso de Elisabeth, Freud não se refere nomeadamente à resistência como ligada à transferência, nem cita a última; porém, ele faz menção à dificuldade da paciente de falar tudo o que vinha à mente.
A paciente sentia-se melhor.
Mas suas dores repetiam-se de tempos em tempos e com toda a sua antiga gravidade. Esse resultado terapêutico incompleto correspondia a uma análise incompleta.

Recortes de Cura
Apesar de tentar de várias maneiras diferentes (hipnose, massagens corporais, eletroterapia) , a melhor forma de se obter um resultado satisfatório era pedir que a paciente falasse.


Questões do grupo

Os sintomas histéricos sofreram mudanças pois são também influenciados pela época e pela cultura, e trazem uma marca do discurso contemporaneo, marcado pelos avancos científicos e tecnológicos. Hoje, o culto aos ideais de beleza femininos tem marcado as maneiras pelas quais o sujeito apreende seu corpo. Como essas mudanças interferem na histeria do seculo XXI? E como a histeria aparece na rede de saúde publica?
Durante uma análise ouviu o cunhado chegar e perguntar por ela. Até esse momento ela estivera livre de dor, mas, após a interrupção, surgem as dores agudas.
Essa moça sentia pelo cunhado uma ternura cuja aceitação na consciência deparara com a resistência de todo o seu ser moral. Ela conseguiu poupar-se da dolorosa convicção de que amava o marido da irmã induzindo dores físicas em si mesma;

O resgate dessa representação recalcada teve um efeito devastador sobre a pobre moça;

Freud discute com a paciente grande parte de seus momentos com seu cunhado;

Entrevista com a mãe de Elisabeth.
A fala tinha o efeito de alívio de angústias, de escoamento de afetos estrangulados, possibilidade de eliminação dos sintomas e de ressignificação da cena traumática.
Full transcript