Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

MÉTODO DE PESQUISA QUALI-QUANTI

No description
by

sara castro

on 19 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of MÉTODO DE PESQUISA QUALI-QUANTI

MÉTODO DE PESQUISA
QUALI-QUANTI

Conclusão
A heterogeneidade no campo das pesquisas nas Ciências Sociais pode ser elucidada a partir das diferentes correntes e pressupostos que vão confirmar distintas precepções do que é válido na realização de pesquisas.

A partir de um referêncial histórico-crítico, pensamos que a necessidade e importância da pesquisa está sempre sendo renovada face a dinâmica da realidade social. Guerra sobre isso já aponta que, "como uma dimensão privilegiada na relação entre conhecimento e realidade, a pesquisa resulta em um conhecimento sempre provisório, parcial, histórico".

Acreditamos que o método de pesquisa quali-quanti pressupõem uma análise dialética que permita enxergar que ambas podem ser trabalhadas em conjunto, tranzendo elementos que se complementam, corroborando para uma interpretação mais abrangente da realidade posta.
Introdução
De acordo com Minayo e Gomes (2012):

"Pesquisa é a atividade básica da ciência na sua indagação e construção da realidade (...) embora seja uma prática teórica, a pesquisa vincula pensamento e ação. Ou seja, nada pode ser intelectualmente um problema se não tiver sido, em primeiro lugar, um problema da vida prática".

A pesquisa trata-se assim, de uma ferramenta fundamental no sentido de pensar a realidade. O debate em torno da pesquisa esta longe de ser homogênio pois envolve realidades sociais, circunstâncias cotidianas e ideologias distintas.
Segundo Minayo (1993):

"a relação entre quantitativo e qualitativo (...) não pode ser pensada como oposição contraditória (...) é de se desejar que as relações sociais possam ser analisadas em seus aspectos mais 'concretos' e aprofundadas em seus significados mais essenciais. Assim, o estudo quantitativo pode gerar questões para serem aprofundadas qualitativamente e vice-versa".
Universidade Federal Fluminense
Escola de Serviço Social de Niterói
2º Semestre de 2013
Disciplina:
Pesquisa em Serviço Social
Docente:
Eliane
Dicentes:
Sara Ameijeiras de Castro
Monaliza Argollo
Rafaela Azevedo
Lucia de Fátima Rebouças
Elenir Castro


Quadro 1
Comparação dos aspectos da pesquisa qualitativa
com os da pesquisa quantitativa
Fonte: FONSECA, 2002
Artigos do ENPESS
1. Perfil profissional dos assistentes sociais de Belo Horizonte: esboço de uma realidade.
Autores: Reginaldo Guiraldelli, Fabrícia Maciel e Kênia Figueiredo
2. BPC e pessoas com deficiência: direito e contradição.
Autores: Ana Chaves, Marcelo Sitcovsky.
3. Programa Renda Alternativa: Trabalho informal que atravessa gerações como forma de sobrevivência numa sociedade desigual. Autora: Pollyana da Silva
Objetivo
Compreender a inserção dos profissionais no mundo do trabalho em tempos de reestruturação produtiva, desemprego estrutural e desmonte dos direitos sociais.
Método
Pesquisa realizada entre os anos de 2009 a 2011 em Belo Horizonte - MG. Entrevista estruturada em 3 eixos:
1) identificação, que engloba dados pessoais, família, origem, renda, gênero, etc;
2) dados profissionais, formação (local de formação, ano, curso, etc) e exercício profissional (área de atuação, limites/possibilidades, etc);

3) participação/inserção politica.
Resultado
Observou-se que um expressivo contigente opta pelo curso de Serviço Social, pelo seu cunho de valores religiosos, políticos, de origem social e de gênero, principalmente por abarcar em sua grande maioria mulheres.
Objetivo
Analisar a importância do Benefício de Prestação Continuada - BPC para as pessoas com deficiência motora.
Resultado
Foi possível observar a situação sócio-econômica dos entrevistados que recebem ou não o BPC, compreendendo que de fato este benefício contribui na renda familiar dessas pessoas, favorecendo uma maior autonomia das mesmas.
Método
Pesquisa realizada na Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência - FUNAD.
Entrevista com usuários do Benefício. Passos:
1) traçar o perfil dos usuários;
2) observar a percepção dos usuários quanto ao benefício;

3) Busca de dados em fontes secundárias IBGE e bibliográfia sobre o tema.
Objetivo
Analisar os rebatimentos da precarização do trabalho informal no cotidiano dos vendedores ambulantes integrantes do "Programa Renda Alternativa" em Rio das Ostras.
Método
Pesquisa Quali-quanti, por meio de:

1. Levantamento de dados sobre o tema;

2. Aprofundamento bibliográfico da área;

3. Observação como fonte de captura da realiadade social;

4. Entrevista com perguntas abertas e fechadas direcionadas ao público alvo da pesquisa.
Resultado
Foi possível observar de forma mais clara os rebatimentos que vem ocorrendo na sociedade - através das transformações ocorridas no mundo do trabalho com o advento do modelo de produção toyotista e com a implementação de politicas neoliberais, o que provoca a ampla expulsão da classe trabalhadora dos postos de trabalho e a consequente introdução dos mesmos no mercado informal e precarizado, desprovidos de proteção social.

Para além disso, a pesquisa possibilitou observar qual a funcionalidade desses trabalhadores para o sistema do capital, bem como para a extração de mais-valia.

O que é o método quali-quanti?
Giddens (2012) afirma que:
"a pesquisa pode ser feita pelo
método misto
- quantitativos e qualitativos - de modo a obter uma compreensão e explicação mais ampla do tema estudado".
TCC's
1. Instituições de longa permanência para idosos do recôncavo sul da Bahia
Autora: Laís Faria Silveira

2. O sistema de atendimento às vítimas de violência doméstica da Casa-abrigo Professora Núbia Marques.
Autora: Monique Elen Rodrigues de Araújo Oliveira
Objetivo:
Investigar as condições dos idosos abrigados, assim como as condições da própria instituição em si. Aprimorando, a partir desta investigação, um olhar crítico para a realidade o qual estão expostos estes idosos.
Método:
Terá uma abordagem quali-quantitativa, pois “permite que o pesquisador faça um cruzamento de suas conclusões de modo a ter maior confiança que seus dados não são produto de um procedimento específico ou de uma situação particular” (GOLDENBERG, p.62). Ou seja, foi contemplado nesse estudo tanto a quantificação dos dados como a qualificação dos fatos observados no transcorrer na pesquisa.
Resultado:
A percepção da realidade o qual estes idosos estão expostos: abandono, carência, isolamento e maus tratos.

Uma nítida impressão da dinâmica da velhice brasileira.

Compreender que as condições de funcionamento e organização das instituições de longa permanência não estão pautadas na resolução da ANVISA nº 283, tendo em vista que as instituições pesquisadas no Recôncavo Sul da Bahia.
Objetivo:
Analisar os episódios de violência doméstica vivenciados por usuárias da Casa-abrigo Professora Núbia Marques no estado de Sergipe.
Método:
Coleta de dados através de várias fontes, inclusive a análise documental da instituição (período de 2003 a 2009) e de pesquisas estatísticas da própria casa-abrigo.
Resultado:
Maior visibilidade da condição das usuárias da casa- abrigo, problematizando a violência doméstica.

Percepção da necessidade de melhora no suporte de políticas públicas voltadas para as mulheres assim como na capacitação dos profissionais que atuam na área.
Pesquisa “Condições de vida das mulheres nas favelas da Maré: cotidiano, trabalho e violências de gênero.”
Autora: Ebin Joseph Farage
Método

Pesquisa quali-quanti por meio de:
1
Estudo bibliográfico que inclui uma revisão bibliográfica sobre os temas abordados como mulher, gênero, favela e espaços populares, eixos centrais da pesquisa, além de autores clássicos na discussão sobre Estado, classes sociais,cotidiano e espaço urbano
2
Sistematização dos dados coletados no ano de 2011, no levantamento realizado pelo NEPEF junto a mulheres moradoras da Maré e levantamento de dados sobre mulheres junto a institutos de pesquisa
3
Elaboração de instrumento de coleta de dados para ser aplicado junto a mulheres. Aplicação de questionários, realização de grupo focal e de entrevistas para coleta de dados.
4
Análise dos dados coletados à luz do recorte teórico e das categorias utilizadas para a análise, realizando uma sistematização geral, no interior do qual serão articulados os novos elementos identificados com a pesquisa. Esta sistematização terá como produto um artigo.
Objetivos
Geral
Contribuir para o desvelamento das condições de vida, violências e negação de direitos vivenciadas pelas mulheres moradoras de favelas no Rio de Janeiro.
Específicos
Fazer levantamento sobre as diferentes formas de violências sofridas pelas mulheres moradoras das favelas da Maré;

Identificar as dificuldades de acesso a justiça e viabilização de direitos nos casos de violências de gênero contra as mulheres moradoras de favelas;

Mapear as diferentes formas de inserção no mundo do trabalho identificando o grau de precarização, intensificação e exploração da força de trabalho feminina residente na favela da Maré.
grupo de pesquisa
Destaques
Minayo, Deslanches e Gomes (2012):

Não existe hierarquia entre os dois métodos de pesquisa;

Não há método "bom' ou "ruim", "certo" ou "errado";

Ambas têm suas potencialidades e limitações.

“nenhuma das duas, porém, é boa, no sentido de ser suficiente para a compreensão completa [de uma] realidade” (SANCHES; MINAYO, 1993)


Postivismo
“utilização da filosofia e dos conceitos matemáticos para explicação da realidade (...) para os positivistas a análise social é objetiva quando realizada sobre uma realidade concreta [com] instrumentos padronizados e pretensamente ‘neutros’”
(MINAYO; DESLANCHES; GOMES, 2012: 23)
Marxismo
A perspectiva materialista dialética parece ser capaz de dar “um novo rumo” ao debate, na medida em que pensa o concreto, a estrutura, e as subjetividades e consciência (construídas a partir das primeiras)
Compreensivismo
Escola sociológica que surge no final do século XIX na Alemanha e no início do século XX em Chicago.

Seus autores
“não se preocupam em quantificar e em explicar, e sim em compreender (...) compreender e interpretar a realidade”
(idem: 24)
Debate quali-quanti no campo das Ciências Sociais
Tese / Dissertação
Família, pobreza e velhice: uma análise dos impactos da política de Assistência Social – Benefício de Prestação Continuada – destinada ao segmento idoso no município do Rio de Janeiro.

Autora: GiulianaPiantinoGiongo

Mulher e Política: Um estudo da participação feminina na Câmara Municipal de Goiânia.

Autora: Constantina Ana Guerreiro Lacerda
Objetivo
Investigar as categorias família, pobreza e velhice por meio dos impactos do BPC ao segmento idoso.
Método
Abordagem quanti-qualitativa a partir de:

Entrevistas semiestruturadas, individuais;

Observação participativa nos grupos de convivência;

Levantamento de perfil social, familiar, econômico e associativo dos idosos entrevistados.

Objetivo
Traçar o perfil das vereadoras da Câmara Municipal de Goiânia no período entre 2004-2008.
Método
Análise quanti-qualitativa, estreitamente relacionada a estudos e pesquisas no âmbito nacional, [afinal] não há como falar de crescimento, sem considerar o ‘déficit’ existente na participação da mulher nas instâncias decisórias no Brasil.

O material empírico foi construído através de observações sistemáticas de campnha no Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral e jornais, de entrevistas individuais e análise de discurso.

Resultado
A interpretação dos dados à luz do debate teórico permitiu traçar perfis das vereadoras que podem ser compreendido em dois tipos:

O primeiro revela elementos progressistas da cultura política brasileira [ou seja] uma trajetória marcada pela experiência em Movimentos Sociais;

No segundo, a presença de elementos tradicionais (...) a filiação das mulheres a partir de grupos familiares e de trabalho.

Além disso, percebe-se a necessidade de estudos de gênero na área, afim de contribuir com a luta das brasileiras por equidade política.

Referências Bibliográficas
GERHARDTt, Tatiana Hengel; SILVEIRA, Denise Tolfo (orgs). Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2009.

GUERRA, Yolanda. A dimensão investigativa no exercício profissional. In: Serviço Social: Direitos Sociais e Competências Profissionais. CFESS/CRESS. Brasília, 2009.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (org.); DESLANDES, Suely Ferreira; GOMES, Romeu. Pesquisa Social – Teoria, método e criatividade. 32ª ed. Petrópoles RJ: Vozes, 2012.

MINAYO, Maria Cecília de Souza; SANCHES, Odécio. Quantitativo-Qualitativo: Oposição ou Complementaridade? In: Caderno de Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz. Rio de Janeiro: Fiocruz, jul/set 1993.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. 23ª ed. São Paulo: Cortez, 2007.
Full transcript