Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

DSS (Determinantes Sociais de Saúde)

Saúde e Sociedade
by

Matheus Luiz Nascimento

on 11 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of DSS (Determinantes Sociais de Saúde)

DSS DSS Novas ações sobre caminhos e políticas Determinantes Sociais de Saúde São fatores sociais, econômicos, culturais, étnicos/raciais, psicológicos e comportamentais que influenciam a ocorrência de problemas de saúde e seus fatores de risco na população.
Condições sociais em que as pessoas vivem e trabalham. As DSS são características sociais dentro das quais a vida transcorre. (Tarlov). Modelos Dahlgren e Whitehead(1991) Iniquidade na Saúde Iniquidade implica num fracasso para evitar ou superar desigualdades em saúde que infringem as normas de direitos humanos, ou são injustas. Portanto, a iniquidade social na saúde pode ser definida como uma categoria moral profundamente inserida na realidade política e na negociação das relações sociais de poder. Diderichsen e Hallqvist (1998) Este modelo enfatiza a criação da estratificação social pelo contexto social, que delega aos indivíduos posições sociais distintas. Permite identificar pontos de intervenção Modelos Este modelo enfatiza os mecanismos que geram as desigualdades na saúde: seleção versus causa. Brunner, Marmot & Wilkinson (1999) Esse modelo foi desenvolvido para ligar as perspectivas da saúde clínica (curativa) às da saúde pública (preventiva). Mackenbach (1994) Modelos Modelos Modelos Modelos Modelos Modelos Modelos Modelos Modelos Modelos Modelos Modelos Modelos Modelos Desigualdades Sociais Na concepção da CNDSS em cada Estado, cidade e região existem diferenças sistemáticas na situação de saúde de grupos populacionais inseridos no âmbito social, sendo essas desigualdades inevitáveis. As evitáveis são iniquidades. Iniquidades são as desigualdades na saúde evitáveis, injustas e desnecessárias. (Whitehead) Equidade na Saúde Segundo a Comissão de Determinantes Sociais de Saúde, a equidade na saúde pode ser definida como ausência de diferenças injustas, evitáveis ou remediáveis na saúde de populações ou grupos definidos com critérios sociais, econômicos, demográficos ou geográficos. Diagrama Nesta Síntese foi dado a importância nas causalidades da vida ao longo do tempo. Síntese Busca resumir e simplifica neste modelo as principais categorias das DSS. Modelo da OMS Redução das Desigualdades na Saúde Três passos são importantes para está redução:
(1) melhoria da saúde das populações em desvantagem, através de programas-alvo;
(2) diminuição das disparidades de saúde entre aqueles expostos a circunstâncias sociais mais pobres e os grupos em melhor situação;
(3) tratar de maneira completa todo o gradiente de saúde, ou seja, a associação entre a posição sócioeconômica e a de saúde em toda uma população. Ambiente e Saúde Para compreender melhor a saúde é necessário focalizar as populações, com pesquisas e ações de políticas direcionadas às sociedades aos quais esses indivíduos pertecem. O fim da desigualdade na saúde "O movimento em direção aos alvos (de redução de disparidades) requer tanto melhorias absolutas nos níveis de saúde em grupos sócioeconômicos inferiores, como uma taxa de melhoria que ultrapassa aquela em grupos sócioeconômicos mais elevados" Hilary Graham Produção de alimentos
Educação
Ambiente de trabalho
Saneamento
Habitação
Culturais
Étnicos
Psicológicos
DSS Compreender a geração de iniquidades para combatê-las; Objetivo de conhecer de as DSS Comissão Nacional sobre os Determinantes da Saúde criada pelo decreto presidencial de 13 de março de 2006
Instalada na Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) e composta por 16 pessoas de diversas áreas;
Relatório final em 2008 Relevância Formal no Brasil Comissão Nacional sobre os Determinantes Sociais da Saúde
(CNDSS) Compromisso com a ação: recomendações concretas de políticas, programas e intervenções.
Compromisso com a equidade: promoção da equidade em saúde -compromisso ético e uma posição política que orienta as ações da CNDSS para assegurar o direito universal à saúde. Compromisso com a evidência: as recomendações da Comissão devem estar solidamente fundamentadas em evidências científicas. Entender como operam os determinantes sociais na geração das iniquidades em saúde e como e onde devem incidir as intervenções para combatê-las e que resultados podem ser esperados em termos de efetividade e eficiência.
Os principais objetivos da CNDSS são:
Produzir conhecimentos e informações sobre os DSS no Brasil;
Apoiar o desenvolvimento de políticas e programas para a promoção da equidade em saúde;
Promover atividades de mobilização da sociedade civil para tomada de consciência e atuação sobre os DSS. Linhas de atuação:
3. Desenvolvimento de ações de promoção e mobilização junto a diversos setores da sociedade civil, para a tomada de consciência sobre a importância das relações entre saúde e condições de vida e sobre as possibilidades de atuação para diminuição das iniquidades de saúde.
4. Portal sobre DSS: a CNDSS mantém uma página institucional com informações sobre as atividades que vem desenvolvendo, além de publicações de interesse. Linhas de atuação:
1. Produção de conhecimentos e informações sobre as relações entre os determinantes sociais e a situação de saúde, particularmente as iniquidades de saúde, com vistas a fundamentar políticas e programas.
2. Promoção, apoio, seguimento e avaliação de políticas, programas e intervenções governamentais e não governamentais realizadas em nível local, regional e nacional. Estabelecida em 13 de março de 2006, através de Decreto Presidencial, com um mandato de dois anos.
Objetivo de promover, em âmbito internacional, uma tomada de consciência sobre a importância dos determinantes sociais na situação de saúde de indivíduos e populações e sobre a necessidade do combate às iniquidades de saúde por eles geradas.
Grupo de Trabalho Intersetorial - ministérios relacionados com os DSS, além dos Conselhos Nacionais de Secretários Estaduais e Municipais de Saúde (CONASS e CONASEMS).
Full transcript