Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Reflexões acerca da 1ª Instrução do Aprendiz

ievbf1987@gmail.com
by

Ícaro Emanoel

on 18 March 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Reflexões acerca da 1ª Instrução do Aprendiz

Muito Obrigado!

Ir. Ícaro Emanoel
Grau 8 - REAA
MRA, ME, CM - York Rite

CONSIDERAÇÕES FINAIS
O APRENDIZ MAÇOM E SUA INICIAÇÃO
O APRENDIZ-LÍDER
Instrumentos de trabalho da 1ª Instrução
1. O Aprendiz Maçom e sua Iniciação

2. O Aprendiz-líder

3. Instrumentos de trabalho da 1ª
Instrução

4. Considerações Finais
O que abordaremos
“O estado de cegueira em que nós encontramos, e o símbolo das trevas que cercam o mortal, que ainda não recebeu a luz que o guiará na estrada da virtude”.

“Sou o vosso guia. Tende confiança em mim e nada receeis”.

"- Faça-se a luz!
- E a luz foi feita!
- A luz seja dada ao neófito!"

Aprendiz ativo e inteligente que desprenda todos os esforços para o progresso.

Não tem pressa na ascensão a graus superiores

O esforço individual é condição necessária para este progresso

Líder-Liderado-Liderança

"Nenhum homém é um ilha."
(Thomas Morus)
LIÇÕES

O conhecimento, baseado na exatidão, ajudado pelo trabalho e efetivado pela perseverança, vencerá todas as dificuldades, extinguindo as trevas da ignorância e espargindo a felicidade no caminho da vida.

A teoria simbólica dos elementos apresentados é um convite ao estudo e a prática das virtudes, as quais não podem ficar represas; antes, devem ser um elemento na construção de uma sociedade mais justa e perfeita.

As virtudes deixam de ser simples palavras para se tornarem, materializadas.

A moral não é apenas uma necessidade.

De que adianta saber que em si há uma pedra em estado bruto, viciada, se não pode ser tocada, trabalhada, transformada em uma devida pedra polida, a base do verdadeiro templo que podemos compreender ser o Aprendiz, a Loja ou mesmo do templo do GADU?
Reflexões
acerca da
1ª Instrução
do Aprendiz
A RÉGUA DE 24 POLEGADAS
- ensina a considerar as horas do dia.
O MAÇO
- ensina que a habilidade sem a razão é de pouca serventia e que o trabalho é uma obrigação do homem.
O CINZEL
- ensina que a educação e a constância são necessárias para se chegar à perfeição, nos tornando polido depois de retumbantes e repetidos esforços

Ir. Ícaro Emanoel
Grau 8 - REAA
MRA, ME, CM - York Rite
Full transcript