Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Paola Londero

on 11 December 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

Value-Relevance
Contextualização
- Quando falamos de pesquisa contábil normalmente observamos que as pesquisas são voltadas ao público acadêmico.

- Necessidade de interação com os demais públicos (mercado, governos e órgãos de normatização e regulamentação), tendo em vista que tais pesquisas permitem, em sua maioria, evidências que levam à consolidação ou revisão de crenças.

- Foco do estudo desenvolvido por Holthausen e Watts (HW) versus Barth, Beaver e Landsman (BBL) Estudos sobre value relevance.

- O que é a literatura de value relevance?
Pesquisas que se preocupam em testar empiricamente as relações entre as mudanças nos preços de mercado das ações e números contábeis, principalmente números que estão sujeitos a diferenças por conta de diferentes políticas contábeis (modelos de contabilização).
Introdução
Argumento principal:


Modelos de avaliação e ligação com números contábeis....
- Modelos de avaliação - devem ser apropriados para se avaliar os atributos da firma que afetam o seu valor;
- Modelos inapropriados levam a incorretas predições ou à omissão de variáveis correlacionadas;

Argumentos apresentados por Barth, B. L.
- Barth diz que todos os elementos passíveis de críticas que seriam: a questão ligada ao conservadorismo, os resultados permanentes, a não linearidade e separabilidade do ativo o estão adaptadas no modelo de Ohlson.

- Os autores argumentam que não existe um modelo bem aceito de valorização do patrimônio para mercados incompletos e imperfeitos, mas que isso não desmerece a utilização desses modelos.

- O modelo de Ohlson, como todos os modelos, é baseado em premissas simplificadoras que permitem representações parcimoniosas da realidade. Nenhum dos modelos de valuation deriva de um sistema contábil ótimo, porém isso não impede o uso desses modelos para avaliar a value relevance dos números contábeis.
E com qual você concorda?
Os estudos de value-relevance não tem relevância significativa para a atividade de estabelecimento de normas contábeis.

OU

A literatura de value-relevance fornece insights frutíferos para a definição de normas.
The relevance of the value-relevance literature for financial accounting standard setting (Holthausen,Watts)
The relevance of the value-relevance literature for financial accounting standard setting: Another view (Barth, Beaver, Landsman)
Teoria da Contabilidade e Controle
Prof. Dr. Vinícius Aversari Martins
Grupo: Paola, Juliana O. e Fabiana

Teorias subjacentes e inferências para normatização...
- Explicação mínima e a teoria de valuation direta: os estudos de value relevance, muitos deles realizando associações, não dão explicações completas, nem fornecem sua própria lógica ou suporte para suas suposições, ou seja, não fornecem base teórica para justificar seus métodos;

- Explicação relativamente completa e a teoria de entradas-patrimônio-valuation: ligação entre a value relevance da medida incremental contábil aos conceitos de relevância e confiabilidade que é explicitamente discutido pelo FASB como sendo características importantes para a informação contábil;

- É importante salientar que todos os estudos pressupõem que há razoável eficiência de mercado, porém se o mercado for ineficiente (e há evidências disso) porque o FASB se importa com esse tipo de estudo?

- Modelo de Olhson e sua aplicação em mercados ineficientes.
Os estudos de value-relevance não teriam relevância significativa para a atividade de estabelecimento de normas contábeis (normatização). - HW

A literatura de value-relevance fornece insights frutíferos para a definição de normas. Os estudos de value-relevance são de interesse para uma ampla faixa de interessados além de acadêmicos, como membros do FASB, do IASB, e de órgãos reguladores. - BBL
- Para os autores HW, sem teorias descritivas para sustentar e interpretar as associações empíricas realizadas pela literatura de value relevance não se consegue dizer que há uma relação de explicação (de implicação) entre preço de ações e padrões contábeis, somente uma relação associativa.

Afirmações apenas não bastam...

Existe relação...

- Embora não haja nenhuma teoria contábil acadêmica existente ou definição de normas, o FASB articula sua teoria da contabilidade e definição de normas com conceitos em suas demonstrações;
- Permite evidências;
- Utilização de relevância e confiabilidade critérios de escolha;
- Estudos que falam sobre valor justo -> Pauta de longa data da FASB;
- BBL destacam que ela não é única e tem foco no público acadêmico.
Quais são os tipos de estudos de value-relevance?

94% dos trabalhos são dos tipos 1 e 2
(I) Associações relativas: Regressão de valor de mercado da ação x resultado contábil (medido conforme diversas normas); compara o R² resultante de vários números contábeis; maior R² seria sinônimo de “maior relevância”. O R² das regressões desses estudos seria uma proxy para value relevance.

(II) Associações incrementais: se as taxas de juros contábeis ajudam a explicar valores ou retornos em janelas longas dadas outras variáveis especificadas. Se o coeficiente da regressão desse número contábil fosse significantemente diferente de zero, ele seria value relevant.

(III) Conteúdo informacional marginal: Testa se a divulgação de um número contábil está associada a mudanças de valores nos preços das ações para uma janela curta (estudos sobre o evento, impacto imediato).

- HW criticam que há teorias importantes que não são incorporadas e somente levam em consideração fatores que impactam no patrimônio líquido.
O estudo de Holthausen e Watts....
- Identificaram 62 artigos que diziam explícita (54) ou implicitamente (8) que suas descobertas seriam úteis para a atividade de normatização.

- Holthausen e Watts tentaram identificar as teorias subjacentes em cada estudo.

- Em muitos casos a literatura que fundamenta o conceito de value relevance não é especificada e é construída a partir de estudos empíricos experimentais.

- HW identificaram nos estudos de value-relevance principalmente 2 teorias sobre as quais se apoiavam as inferências para a atividade de normatização: direct valuation e inputs-to-valuation.



Teorias encontradas por HW...
(I) Teoria da valuation direta: ganhos contábeis destinados tanto para medir como para ser relacionados com as mudanças ou níveis do valor de mercado do patrimônio líquido;

(II) Teoria de entradas-patrimônio-valuation: O papel da contabilidade é fornecer informações sobre entradas para modelos de avaliação que os investidores usam na valorização patrimonial das empresas. De acordo com esta teoria, não é claro que os organismos de normatização estariam interessados nos resultados do estudo de associação relativa acima.

- Os autores (HW) defendem que há concentração da literatura sobre o papel de valorização da contabilidade e a exclusão de outros papéis impede o desenvolvimento de uma teoria descritiva que é útil para os organismos de normatização.

- BBL -> as normas não são feitas exclusivamente com os estudos de Value Relevance.
- HW até então colocam que acham improvável que a literatura de value relevance seja informativa o suficiente para o estabeleciomento de normas.

- Barth expõe que a literatura de value relevance deve ser tratada como um insight, admite que não é só isso que importa, pois a literatura de value relevance carrega a parcepção do investidor e, por exemplo, não os aspectos sociais que devem ser consideradores. Não é uma evidência única e nem se destina a isso.
Então...
Holthausen e Watts
Barth, B., L.
Implicações do uso generalizado do value relevance na normatização...
(I) Implicações para a validade de estudos individuais: em muitos dos estudos os modelos de valuation não podem ser descritos e a ligação entre os números contábeis e o sistema de avaliação não são claros, fazendo com que a validade desses estudos seja posta a prova via testes empíricos;

(II) Implicação da generalização normativa dos estudos de associação: quase todos os estudos de ativos e passivos conduzem a um estudo de associação incremental, baseando-se na teoria de inputs-to-equity; os resultados da normatização baseada no critério de associação dependerá da abordagem dos estudos. A premissa fundamental na literatura de value relevance é o ponto chave que é a avaliação dos preços das ações.

Os autores apresentam que três das hipóteses utilizadas nos estudos de value relevance vão contra as instruções do FASB:

I) o uso e a consideração do perfil dos usuários das demonstrações financeiras;

(II) o preço das ações adequadamente representa o uso da informação pelo investidor na avaliação de seu patrimônio;

(III) os testes nem sempre mostram as medidas de confiança e confiabilidade. Considerando isso o FASB não dá nenhuma indicação se quer de que as demonstrações contábeis tem o objetivo de avaliar patrimônio.
Declarações da FASB e teorias de value relevance...
(I) Usuários e as diferentes utilizações...
- O FASB inclui entre sua definição de usuários quem pode não estar primeiramente interessado em avaliar qualquer título da empresa. Algumas dessas decisões envolvem valuation e outras não necessariamente, sendo que o que é relevante para um usuário não necessariamente é para o outro.


- As demonstrações possuem outras utilidades e usurários além do investidor não diminuem a relevância dos estudos sobre value relevance;
- FASB também se preocupa com investidor.
Holthausen, Watts
Barth, B., L.
(II) Preço das ações e o uso das informações por investidores individuais...
- O preço da ação é considerado uma medida agregada (média de vários indivíduos) e isto vai contra a intenção do FASB, que está interessado no comportamento individual dos investidores, e não no agregado. O objetivo do FASB é quebrar a assimetria de informação que prejudica a parte fraca.
- Nenhum investidor pode possuir todas as informações que são incorporadas no preço das ações (condiz com a hipótese semi-forte de eficiência).


- As pesquisas podem não identificar toda a variedade de comportamento individual dos investidores, mas mesmo assim não perde sua relevância.
Holthausen, Watts
Barth, B., L.
(III) Confiabilidade e verificabilidade...
- Há um atributo na definição de confiabilidade do FASB que muitos trabalhos não estão considerando: O atributo da verificabilidade. Normatizadores devem abordar questões deste tipo em sua determinação de normas de contabilidade,sendo assim, estudos que não abordam essa questão perdem sua relevância no processo de decisão de normas contábeis.



- A literatura de value relevance preocupa-se com a operacionalização empirica dos dois critérios, e por essa razão realiza uma série de testes.
- Utilização de valor justo.
Holthausen, Watts
Barth, B., L.
- Para Holthausen e Watts a teoria direct valuation não é determinante dos GAAP como observados na prática e a teoria input-to-vauation também não seria o uso dominante.

HW citam três características dos demonstrativos financeiros que são inconsistentes com, ou não explicados por, a teoria direct valuation. Estes três fatores são:

(1) a natureza e evolução do balanço;
(2) o conservadorismo da DRE;
(3) a natureza da articulação entre o balanço e a DRE.
Value Relevance e GAAP...
- O balanço patrimonial tem diversas funções que não só atribuição de valor ao patrimônio líquido. Sua natureza e evolução são consistentes com múltiplos papéis, incluindo provisões de entradas para a valuation e contratação. Além disso, o litígio e a regulação influenciam a forma e o conteúdo do balanço.

- Quatro fatores influenciam o conteúdo das demonstrações: Contratação; Impostos (taxas); Regulamentação; e litígios (que são discordâncias entre as partes; disputas). Os autores acreditam ser de fundamental importância desenvolver-se uma teoria que explique todos os fatores importantes para a determinação de normas contábeis.
Value Relevance e GAAP...
A natureza e a evolução do BP...
Holthausen, Watts
- FASB visa à reintrodução do valor de mercado para os ativos individuais e não para a empresa como um todo, para eles não há nenhuma tentativa de valorizar o patrimônio diretamente.

- No balanço atual, há separação entre ativos e passivos individuais. Alguns deles são avaliados à valor de mercado, mas nem todos o são.

- A natureza do balanço torna-se mais consistente com o prover um input para avaliação do valor, do que em prover avaliação direta deste valor

- Por essa razão para HW a natureza geral do balanço é mais consistente com hipóteses alternativas sobre a sua função do que com a direct valuation.
- FASB considera os ativos em separado para avaliação da firma, o que também é defendido pela perspectiva contratual. O balanço é muito usado para fins de contratação.

- Se a finalidade fosse avaliar diretamente o goodwill deveria estar presente no balanço e ser periodicamente revisado. Porém, isso só é realizando no momento da venda.

- A evolução do BP, e sua relação com regulação e litígios.

- Sendo assim alguns fatores influenciam o conteúdo e a forma da demonstração de Balanço Patrimonial são: contratação, regulamentação e litígios. Além disso, há pouca evidência de que a avaliação direta de valor da empresa seja o determinante fundamental do BP como ele é hoje.
E qual o argumento que BBL apresentam...
- Para BBL os estudos sobre value relevance não tentam estimar o valor da empresa, isso é um objtetivo da análise fundamental.

- As explicações alternativas não tiram a relevância dos estudos sobre value relevance.

- O uso do Valor Justo dos ativos implicaa em preços mais confiáveis.
O conservadorismo presente na DRE...
- Um aspecto da contabilidade exibido por empresas de todo o mundo é o conservadorismo. Além disso, apresenta variações que devem ser levadas em consideração.

- A existência do conservadorismo pode ser explicada pelos seguintes pressupostos.
(I) contratação (gestão da firma);
(II) Litígios (propensão à receber sansões legais); e
(III) Impostos (taxas).

- Sendo assim, os autores afirmam que o conservadorismo não é explicado pela teoria da direct valuation.

Holthausen, Watts
E o que BBL argumentam?
- Os modelos de avaliação utilizados na pesquisa de value relevance podem acomodar e serem utilizado para avaliar os efeitos do conservadorismo contábil.

- A aprimoração do Modelo de Olhson tem a inclusão de um coeficiente que mede o grau de conservadorismo.

- Feltham e Ohlson (1995) destacam que o grau de conservadorismo é relevante por estar relacionado com a persistente subavaliação do valor contábil do capital dos acionistas em comparação com o valor de mercado da empresa e por essa razão deve ser considerado.
Articulação entre BP e DRE e a natureza do dirty surplus...
- Articulação do balanço e da demonstração de resultados refere-se à adicionar ao patrimônio liquido inicial os valores de lucros que emergem da demonstração de resultado.

- Na teoria de clean surplus todas as ações que ocorrem atravessam a demonstração de resultado, entretando a FASB permite que certos ganhos e perdas sejam liquidados diretamente para o patrimônio liquido. Dirty surplus

- Essa natureza da articulação entre BP e DRE e dirty surplus é consistente com forças diferentes de avaliação de valor da empresa, especialmente contratação.
E o que BBL argumentam?
- Não defendem de maneira direta essa argumentação, entretanto cabe relembrar que a existência de outra teoria que explique a articulação existente não necessariamente tira a relevância dos estudos de value relevance.

- Não existe um modelo bem aceito de valorização do patrimônio em mercados imperfeitos ou incompletos.
Modelo do Balanço Patrimonial....
- O modelo admite que valor de mercado do PL é equivalente a soma do valor de mercados dos ativos individuais com o valor de mercado dos passivos também individuais e com o valor de mercado do componente de balanço.

- Pelo MVC a variação de -1 a 1 dos coeficientes que avaliam ativos e passivos deve-se à estimativa de erro na mensuração dos valores de mercado destes ativos e passivos.

- Sendo assim, modelo apenas se mantém se existirem mercados ativos para todos os itens e se todos os mercados forem competitivos não havendo retornos esperados acima do nível competitivo.

- Os estudos de value relevance tomam como dado algum modelo de equilíbrio de mercado e, portanto, não tem o pretesto de testar como o mercado de capitais opera.

(MVE = MVA + MVL + MVC)
Holthausen e Watts
Barth, B., L.
- Os modelos utilizados pela literatura de value relevance assumem premissas como a de mercados completos e perfeitos, bem como custos informacionais irrelevantes. O modelo de Ohlson, particularmente, não fornece nenhuma teoria para a contabilidade e nenhuma prescrição prática de um modelo contábil em relação à outro.

- Não fornece teoria fixando na previsão de lucros futuros anormais;

- Fornece apenas uma especificação da relação entre VM e retornos futuros anormais;

- Barth et al. (2001) alegam que o MO depende do conceito de lucros persistentes, diferente da visão dos autores;

- O MO não considera a opção de abandono, mas é possível alterar a dinâmica informacional para que tal opção seja considerada.


Modelo de Olhson...
Holthausen e Watts
Modelo de Resultado..
- O valor de mercado do patrimônio é regredido pelos componentes do lucro , ou seja, ligação com fluxos de caixa futuros.

- Implicação de relação entre lucro e VM ou com alterações no VM;

- Na maioria dos casos o GAAP não está orientado à mensuração de ganhos persistentes;

- Na literatura de value relevance, estudos sobre lucros não fazem inferências sobre conservadorismo;

- Devido à falta de literatura contábil, este modelo não fornece orientação aos pesquisadores sobre quais números devem ser incluídos nos lucros e quais estão mais associados.

Holthausen e Watts
- O aspecto ligado ao conservadorismo e suas implicações foram levados em consideração pelo modelo de Feldman e Ohlson;

- A renda econômica é capturada pelo parâmetro de persistência nos lucros anormais bem como por outras informações;

- Quanto à critica ao modelo ser baseado em avaliações lineares em vez de não lineares, BBL relatam que no modelo de Ohlson o valor contábil e ganhos anormais são lineares mas a sua persistência não é linear.

- A falta de separação de um ativo em particular não implica que ele não é um ativo da empresa e, assim, isso não gera problema para a pesquisa de value relevation.

Full transcript