Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Sermão de Santo Antônio aos peixes

No description
by

Kathleen Paust

on 19 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Sermão de Santo Antônio aos peixes

Sermão de Santo Antônio aos peixes
O Sermão de Santo António aos Peixes foi proferido na cidade de São Luís do Maranhão em 1654, na sequência de uma disputa com os colonos portugueses no Brasil.
O sermão pretende louvar algumas virtudes humanas e, principalmente, censurar com severidade os vícios dos colonos Este sermão (alegórico) foi pregado três dias antes de Padre António Vieira embarcar ocultamente (a furto) para Portugal, para obter uma legislação justa para os índios
Frases- "Sem Angola, não há negros e sem negros não há Pernambuco."

- Com um estilo predominantemente conceptista faz uso de alguns recursos estilísticos no sermão: antíteses, metáforas, comparações, trocadilhos, paralelismos e anáforas e ironia
"Ódio e Amor são os dois mais poderosos afetos da vontade humana."
Antônio Vieira foi um religioso, filósofo, escritor e orador português da Companhia de Jesus.Um dos mais influentes personagens do século XVII em termos de política e oratória, destacou-se como missionário em terras brasileiras. Nesta qualidade, defendeu infatigavelmente os direitos dos povos indígenas combatendo a sua exploração e escravização e fazendo a sua evangelização.
Capítulo III -Peixe de Tobias *Cura a cegueira. *Expulsa os demónios
Rémora - Um peixe pequeno mas tem muita força. Representa a força da palavra de Santo Antonio.
Torpedo - Peixe que faz descargas eléctricas para se defender.Representa a conversão.
Quatro Olhos - Vê para cima e para baixo. Representa a capacidade de distinguir o bem do mal (céu/inferno).
Capítulo V- - Os Roncadores: Soberba, Orgulho.
Muita arrogância, pouca firmeza.
- Os Pegadores: Parasitas.
Vivem na dependência dos grandes, morrem com eles.
- Os Voadores: Presunção, Ambição.
Foram criados peixes e não aves
- O Polvo: Traição.
Ataca sempre de emboscada porque se disfarça, comparado a Judas
Capítulo I´´
No capítulo I"Vós sois o sal da terra". O sal representa a palavra de Deus e terra significa os Homens que habitam na terra. O efeito do Sal é preservar o bem e impedir a corrupção. Padre António Vieira faz ainda referência a Cristo Senhor para reforçar e dar credibilidade às suas palavras
"Para falar ao vento bastam palavras;, mas para falar ao coração são necessárias obras."
1. Antíteses

"Tanto pescar e tão pouco tremer!"

"No mar, pescam as canas, na terra pescam as varas (...)"

2. Comparações

"Certo que se a este peixe o vestiram de burel e o ataram com uma corda, parecia um retrato marítimo de Santo António."

"O que é a baleia entre os peixes, era o gigante Golias entre os homens."
3. Paralelismos e anáforas
"Se está nos limos, faz-se verde;
se está na areia, faz-se branco;
se está no lodo, faz-se pardo (...)"

4. Ironia
Mas ah sim, que me não lembrava! Eu não prego a vós, prego aos peixes."
5. Metáforas
"Esta é a língua, peixes, do vosso grande pregador, que também foi rémora vossa, enquanto o ouvistes; e porque agora está muda (...) se vêem e choram na terra tantos naufrágios."

6. Trocadilhos
"Os homens tiveram entranhas para deitar Jonas ao mar, e o peixe recolheu nas entranhas a Jonas, para o levar vivo à terra."
Full transcript