Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

PROTOZOÁRIOS

No description
by

Caroline Britto

on 19 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of PROTOZOÁRIOS

PROTOZOÁRIOS
FILO ACTINOPODA (RADIOLÁRIOS E HELIOZOÁRIOS)
Formado pelo actinópodes, protozoários com pseudópodes afilados (axópodes) que se projetam como raios em torno da célula.
Os
radiolários
vivem exclusivamente no mar, ajudando na constituição do plâncton, e apresentam uma cápsula interna, esférica e perfurada formada de quitina, possuem muitos vácuolos e muitas vezes abrigam zooxantelas (algas endossimbióticas), das quais obtêm o alimento, embora eventualmente capturem alimento por fagocitose.
Os
heliozoários
são esféricos e podem ou não ser dotados de estruturas esqueléticas. Eles se diferenciam dos radiolários por não apresentarem cápsula esférica central. Vivem em água doce e se alimentam através da fagocitose.
CARACTERÍSTICAS GERAIS
EXEMPLOS DE PROTOZOÁRIOS
LEISHMANIOSE
: Pode ser visceral ou tegumentar.
A
visceral ou calazar
, causada pela
Leishmania chagasi
, ataca o baço e fígado e provoca febre contínua, perda de apetite, inchaço do fígado e baço, lesões na pele, anemia e em alguns casos, até à morte. É transmitida pela picada do mosquito-palha.
A
tegumentar ou úlcera de bauru
, causada pela Leishmania brasiliensis, provoca feridas ulcerosas na pele e destrói tecidos mucosos, como cavidade nasal, faringe ou laringe). É transmitida também pela picada do mosquito-palha.
DOENÇA DE CHAGAS: Causada pelo Trypanosoma cruzi.
O protozoário é transmitido pela picada do inseto conhecido como barbeiro. Os primeiros sintomas são cansaço, febre, aumento do fígado ou do baço e inchaço dos linfonodos. Depois de 2 a 4 meses esses sintomas desaparecem. Somente após 10 a 20 anos após a infecção é que começam a aparecer os sintomas mais graves, que são lesões que prejudicam o funcionamento do coração levando a uma insuficiência cardíaca crônica.
Não há tratamento eficaz para os estágios avançados da doença e a principal maneira de combater a parasitose é evitando a picada do barbeiro instalando cortinados de filó sobre camas e telas de proteção em portas e janelas.

A presença de determinados foraminíferos está relacionada a rochas sedimentares que possuem petróleo.
PRINCIPAIS FILOS
Filo Rizophoda ou Sarcodina (Amebas)
Reprodução sexuada
Na forma mais comum, dois indivíduos de sexos diferentes fundem-se e formam um zigoto, que sofre meiose e reconstitui novos indivíduos, geneticamente recombinados.
O paramécio se reproduz por conjugação e nos esporozoários há alternância entre formas sexuadas e assexuadas
FILO ZOOMASTIGOPHORA (FLAGELADOS)
Organismos unicelulares e heterotróficos.
A maioria é aquática. Vivem em água doce, água salgada, regiões lodosas e terra úmida.
Algumas espécies são parasitas.
Se alimentam tanto de matéria orgânica de cadáveres como de microorganismos vivos (bactérias, algas ou outros protozoários).
A classificação dos protozoários é muito controversa. Consideramos o sistema de classificação em seis filos. (Ver tabela pg.87)
Compreende os rizópodes, protozoários que se locomovem por meio de pseudópodes.
Vivem em água doce ou do mar e se deslocam sobre o fundo e a vegetação submersa.
Algumas espécies formam carapaças ou testas (tecamebas).
Certas espécies vivem no ser humano sem causar prejuízos (
Entamoeba gengivalis e Entamoeba coli
). Já a
Entamoeba histolytica
é parasita e provoca a amebíase.
FILO FORAMINIFERA (FORAMINÍFEROS)
Reúne os foraminíferos, protozoários dotados de uma carapaça externa formada de carbonato de cálcio, quitina ou fragmentos de areia, cheia de perfurações.
A maioria vive no mar. Muitas espécies flutuam formando o plâncton.
Suas carapaças ao longo de milhares de anos originaram rochas sedimentares calcárias (vasas).
FILO APICOMPLEXA (APICOMPLEXOS OU ESPOROZOÁRIOS)
Reúne protozoários parasitas, destituídos de estruturas locomotoras e dotados de complexo apical (em algum estágo da vida).
Algumas espécies causam doenças em aves, mamíferos (inclusive o ser humano) e também em invertebrados. Entre os mais conhecidos estão os do gênero
Plasmodium
(malária), o
Toxoplasma gondii
(toxoplasmose) e o
Pneumocystis carinii
(pneumonia).
Formado por protozoários que se locomovem por flagelos. Geralmente um ou dois, mas há espécies com dezenas deles.
Vivem em ambiente aquático, no mar ou em água doce. Alguns tem vida livre e se alimentam através da fagocitose, outros vivem fixados e usam o flagelo para criar correntes líquidas, que atraem partículas de alimento.
Várias espécies são parasitas e causam doença em animais e seres humanos, como o
Trypanosoma cruzi
(doença de Chagas),
Leishmania brasiliensis
(leishmaniose tegumentar) e
Trichomonas vaginalis
(inflamações e corrimentos vaginais).
Outros vivem no tubo digestório de cupins e baratas em uma relação de mutualismo.
Trypanosoma cruzi
Giárdia
Trypanosoma cruzi
Leishmania brasiliensis
Trichomonas vaginalis
FILO CILIOPHORA (CILIADOS)
Compreende os protozoários dotados de cílios.
Posuem mais de um núcleo por célula - macronúcleo (maior) e um ou mais micronúcleos (menores).
A maioria tem vida livre e poquíssimas espécies são parasitas.
Alguns vivem no tubo digestório de ruminantes auxiliando na digestão.
REPRODUÇÃO
REPRODUÇÃO ASSEXUADA
A maioria dos protozoários de vida livre reproduz-se por divisão binária. A célula cresce até determinado tamanho e dividi-se ao meio.
Alguns sarcodíneos e apicomplexos podem reproduzir-se por divisão múltipla, onde a célula multiplica seu núcleo diversas vezes antes de se fragmentar diversas vezes em inúmeras pequenas células.
Trichonympha
DOENÇAS CAUSADAS POR PROTOZOÁRIOS
AMEBÍASE: Adquire-se a doença ingerindo água ou alimentos contaminados com cistos do protozoário
Entamoeba histolytica
. Uma vez no organismo(intestino), as amebas passam a se alimentar de sangue e células do hospedeiro, podendo provocar diarreias, dor de estômago e em casos mais graves, sangue nas fezes e anemia. A prevenção se dá através da existência de redes de tratamento de esgoto e higiene pessoal.
MALÁRIA: Causada pelo plasmódio, que é transmitido ao ser humano pela picada da fêmea do mosquito Anopheles.
Full transcript