Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

As Cicatrizes da Escravidão

No description
by

Ricardo Tanuri

on 8 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of As Cicatrizes da Escravidão

As Cicatrizes da Escravidão
Ricardo Tanuri
Sua principal atividade era a “reprodução de escravos” em meados do século XIX

A Fazenda Santa Clara no Vale do Paraíba
O interior da senzala
A "masmorra"
Como é possível que pensamentos racistas que defendem a inferioridade das pessoas negras ainda existam na contemporaneidade?
Idade Antiga
4000 a.C.
séc V
Idade Média
Idade Moderna
Idade Contemporânea
séc XV
séc XVIII
- Pensamento Grego: ideia de “escravo natural”.

Aristóteles
"Elementos dominadores"
"Elementos dominados"
homem
mulher
corpo
razão
senhor
escravo
- Interpretação do Velho Testamento: projeção da história da maldição do filho de Noé, Cam, em pessoas de pele escura
- Associação da cor da pele com a escravidão: Os descendentes de Cam eram “naturalmente escravos”


EUROPA
- Padrão de beleza: brancura da pele (relacionada a não trabalhar e à nobreza)

- Servidores e pajens africanos como símbolo de poder para a realeza europeia

Maria Antonieta e Elizabeth I: o "ideal da brancura"
BRASIL COLONIAL
- Sociedade escravista: a escravidão negra presente em todos os aspectos da sociedade

- Tráfico de escravos da África era muito lucrativo

Principais rotas de comércio de escravos entre os séculos XVI e XIX

AS CIÊNCIAS E AS TEORIAS RACISTAS
Classificações humanas de acordo com Carlos Lineu (Systema Naturae, 1735)
● Europeaus albus: engenhoso, inventivo, branco, sanguíneo. É governado por leis
● Americanus rufus: contente com sua sorte, amante da liberdade; moreno, irascível. É governado peloscostumes.
● Asiaticus luridus: orgulhoso, avaro, amarelado, melancólico. É governado pela opinião.
● Afer niger: astuto, preguiçoso, negligente, negro,
fleumático. É governado pela vontade arbitrária de
seus senhores
SÉCULO XX
- Ascensão e queda do Nazismo e sua teoria de superioridade racial
- Avanços da genética. Teoria das raças humanas é derrubada
- A Luta pelos direitos iguais (anos 60)
- 1889: A abolição da escravidão no Brasil e o abandono social dos ex-escravos
A Marcha sobre Washington, 1963
Panteras Negras nas Olimpíadas de 1968
SÉCULO XXI: o que mudou e o que permanece?
Entre as situações nas quais a cor ou raça tem maior influência, o trabalho aparece em primeiro lugar, seguido pela relação com a polícia/justiça, o convívio social e a escola. (“Pesquisa das Características Étnico-Raciais da População: um Estudo das Categorias de Classificação de Cor ou Raça” (PCERP), IBGE, 2008)
Fonte: Istituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA)
Padrões de beleza: quais características são consideradas bonitas hoje em dia?
Procedimentos estéticos para o "branqueamento"
Algumas Reflexões
- A escravidão acabou (oficialmente), mas a mentalidade escravista e o racismo ainda estão presentes em nossa sociedade.
- O racismo é uma forma de violência e opressão
- Não se deve esquecer a história da escravidão negra. Deve-se pensá-la criticamente.


Muito Obrigado!
Full transcript