Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A Aula como Forma de Organização do Ensino

No description
by

Débora Morais

on 8 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A Aula como Forma de Organização do Ensino

A Aula como Forma de Organização do Ensino
Devemos entender a aula como o conjunto dos meios pelos quais o professor dirige e estimula o processo de ensino em função da atividade própria do aluno no processo de assimilação consciente e ativa dos conteúdos.
Fases do Processo de Ensino
Características
gerais da aula
A aula é toda situação didática específica na qual se põem objetivos, conhecimentos, problemas, desafios, com fins instrutivos e formativos.
Estruturação didática da aula
O trabalho docente, sendo uma atividade intencional e planejada, requer estruturação e organização, o que não significa que todas as aulas devam seguir um esquema rígido.
Esquema das fases coordenadas do processo de ensino
Preparação e introdução da matéria
Compreende atividades interligadas: a preparação prévia do professor, a preparação dos alunos, a introdução da máteria e a colocação didática dos objetivos.
Tratamento didático da máteria nova
Nesta etapa se realiza a percepção dos objetos e fenômenos ligados ao tema, a formação de conceitos, o desenvolvimento das capacidades cognoscitivas de observação, imaginação e de raciocínio dos alunos.
Consolidação e aprimoramento dos conhecimentos e habilidades
É preciso aprimorar a formação de habilidades e hábitos para a utilização independente e criadora dos conhecimentos.
A aplicação
A aplicação é a culminância relativa do processo de ensino. Trata-se de prover oportunidades para os alunos utilizarem de forma mais criativa os conhecimentos.
Controle e avaliação dos resultados escolares
A avaliação do ensino e da aprendizagem deve ser vista como um processo sistemático e contínuo, no decurso do qual vão sendo obtidas informações e manifestações acerca do desenvolvimento das atividades do professor e do aluno.
Tipos de aulas e métodos de ensino
Podemos ter aulas de preparação e introdução da matéria, no início de uma unidade; aulas de tratamento mais sistematizado da matéria nova; aulas de consolidação (exercícios, recordação, sistematização, aplicação); aulas de verificação da aprendizagem para avalização diagnóstica ou de controle.
Tarefa de Casa
A tarefa para casa é um importante complemento didático para a consolidação, estreitamente ligada ao desenvolvimento das aulas.
A tarefa para casa consiste de tarefas de aprendizagem realizadas fora do período escolar.
Ampliação do nível cultural e científico dos alunos;
Desenvolvimento da independência de pensamento, da criatividade e o gosto pelo estudo;
Formação de métodos e hábitos de estudo;
Aplicação de conhecimentos na solução de problemas em situações da vida prática;
Aproveitamento escolar de todos os alunos;
Formação das qualidades positivas de personalidade dos alunos;
Formação do espírito de coletividade, solidariedade e ajuda mútua.
As aulas devem cumprir as seguintes exigências:
A estruturação da aula é um processo que implica criatividade e flexibilidade do professor, pois a aula nem sempre é previsível.
Os passos didáticos são:
preparação e introdução da matéria; tratamento didático da matéria nova; consolidação e aprimoramento dos conhecimentos e habilidades; aplicação; controle e avaliação.
Preparação dos alunos
é uma atividade de sondagem das condições escolares prévias dos alunos para enfrentarem o assunto novo.
A
introdução do assunto
é a concatenação da materia velha com a matéria nova.
Situar os alunos naquilo que foi visto antes e que será visto hoje;
Motivação inicial;
Fator de reforço;
Ligação entre noções;
Estabelecimento de vínculos;
Colocação didática dos objetivos;
A utilidade do conhecimento.
Preparação e introdução da matéria
Aproximação inicial do objeto de estudo para ir formando as primeiras noções, através da atividade perceptiva, sensorial;
Elaboração mental dos dados iniciais, tendo em vista a compreensão mais aprofundada por meio da abstração e generalização;
Sistematização das ideias e conceitos de um modo que seja possível operar mentalmente com eles em tarefas teóricas e práticas.
O tratamento da matéria nova é inseparável da etapa de preparação e introdução, de consolidação e de aplicação e avaliação.
A consolidação dos conhecimentos e da formação de habilidades e hábitos incluem: exercícios de fixação, recapitulação da matéria, tarefas de casa e estudo dirigido.
A consolidação pode ser:
reprodutiva
,
de generalização
e
criativa
.
O objetivo da aplicação é estabelecer vínculos do conhecimento com a vida, de modo a suscitar independência de pensamento e atitudes críticas e criativas expressando a sua compreensão da prática social.
A avaliação cumpre, ao menos, três funções:
A função pedagógica-didática;
A função diagnóstica;
A função de controle.
Formulação clara de objetivos e adequada seleção de conteúdos que propiciem conhecimentos científicos;
Ligação dos conteúdos da máteria aos fatos e acontecimentos da vida social e aos conhecimentos e experiências da vida cotidiana dos alunos.
Exigências didáticas da aplicação de conhecimentos e habilidades:
Método expositivo e de elaboração conjunta;
Método de trabalho relativamente independente;
Método do trabalho em grupo.
O professor deve fazer a correção em classe da tarefa de casa. Nada mais frustrante para o aluno do que um mero visto.
As tarefas de casa devem conter somente assuntos dados em sala de aula, para fins de fixação.
Full transcript