Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Admissão de Adultos no Movimento Escoteiro

No description
by

Rodrigo Freitas

on 26 July 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Admissão de Adultos no Movimento Escoteiro

Contribuinte com o ME
Caráter
Independente
Atitude intelectual
Desenvolvedor de competências
Comprometido com o aprimoramento
Adesão as normas UEB
Regra 017 – Escotistas e Dirigentes
“Todos os Escotistas e Dirigentes devem ser
pessoas idôneas, com mais de 18 anos de idade, que
voluntariamente se disponham a servir à juventude
e à comunidade, por acreditarem na eficácia do
Escotismo como instrumento de educação, sem visar
qualquer forma de vantagens, diretas ou indiretas, ou
de recompensa pecuniária.”
Regra 039 do POR:
“A admissão dos maiores de dezoito e menores de
vinte e um anos que, desejarem ingressar como
pioneiros, formalizarão pessoalmente seu pedido
para integrar a UEB na condição de beneficiários.
A admissão dos demais maiores de dezoito anos deverá
ser precedida de pedido pessoal para integrar a UEB
na condição de adulto em uma das funções previstas
por este POR e pelo estatuto da UEB (dirigentes,
escotistas, etc.) A diretoria do Grupo Escoteiro ou
o órgão dirigente da Seção Escoteira Autônoma,
ouvido o interessado e, à luz das informações que
receber e seus critérios internos, aceitará, ou não,
o ingresso de novos membros.
A UEL - Unidade Escoteira Local (Grupo Escoteiro
ou Seção Escoteira Autônoma) não poderá acolher
ou permitir o ingresso de quem já tenha sido excluído
do quadro de participantes da UEB, ou esteja em
cumprimento de punição disciplinar.
A admissão de qualquer participante na UEL-Unidade
Escoteira Local é feita para o ano em curso, podendo
ou não, a critério da diretoria, renova-la para o ano
seguinte.”
O adulto que queremos
Resolução nº010/13 - CAN
Art. 1º - São condições para ingresso e permanência de adultos no Movimento Escoteiro, nos
diferentes níveis, e nas categorias estabelecidas pelo Estatuto da União dos Escoteiros do
Brasil:
a) Ter capacidade para exercer direitos e assumir obrigações;
b) Gozar de bom conceito e ter reputação ilibada, em consonância com os princípios da
Instituição; e
Art. 2º - A Diretoria do nível em que o adulto requerer seu ingresso pode proceder a outros
levantamentos sobre seu conceito e idoneidade, de forma a fundamentar sua decisão de
admiti-lo ou não em seus quadros.
Art. 3º - Os documentos apresentados a Diretoria de um dos níveis da UEB podem ser
aproveitados pela Diretoria de outro nível, em caso de o adulto requerer seu ingresso em
níveis diversos daquele em que originariamente foi admitido.
Art. 4º - Mesmo após aprovação do ingresso do adulto nos diversos níveis da União dos
Escoteiros do Brasil, a Diretoria do respectivo nível poderá efetuar levantamentos sobre o
conceito e idoneidade do adulto, que deve manter atualizado seu endereço e demais dados
pessoais no SIGUE, quando da renovação do acordo de trabalho voluntário ou a qualquer
tempo, se julgar necessário.
c) Aceitar cumprir o Estatuto da União dos Escoteiros do Brasil, os respectivos regulamentos
e as decisões dos órgãos de direção dos diversos níveis que a compõem.
Parágrafo primeiro - Ao requerer seu ingresso nos diversos níveis do Movimento Escoteiro, o
adulto deverá:

Início do desempenho da função.
Nomeação
Acordo de Trabalho Voluntário, nomeação, promessa e solicitação de registro institucional ocorrerão normalmente em um só momento, o que deveria ser devidamente destacado com alguma solenidade significativa, breve e simples.
É conveniente que a comunidade na qual o adulto irá trabalhar seja testemunha
presente do compromisso que está sendo assumido.
Primeiro Passo
Integração no
Grupo Escoteiro
Ao Trabalho
Admissão de Adultos no Movimento Escoteiro
a) apresentar cópia do documento oficial de identificação com foto e CPF;
b) assinar o acordo de trabalho voluntário;
c) assinar a declaração de idoneidade e autorização de acesso a certidões, conforme
modelo constante do anexo desta Resolução;
d) ser aprovado no curso de Proteção Infantojuvenil, exceto os contribuintes
beneméritos, visto que não atuam diretamente com os associados infantojuvenis; e
e) efetivar seu registro anual.

Art. 5º - A Diretoria do nível que pretender a admissão de novos adultos em seus quadros,
por convite, deverá proceder aos levantamentos necessários sobre o conceito e idoneidade
do adulto, antes de efetivar sua admissão.
Art.6º – Esta resolução entra a vigor na data de sua publicação.
Full transcript