Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Multiplicidade de experiências literárias.

No description
by

carlos santos

on 8 January 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Multiplicidade de experiências literárias.

Os mais Célebres modernistas são: Ernest Hermigway No teatro, no romance e na poesia houve uma critica social: contestação à moral da altura, denuncia das injustiças sociais e expressão dos sentimentos humanos. A Literatura conheceu uma grande variedade de estilos que se integravam no modernismo e que reflectiam as transformações sociais e revelavam um pessimismo relativamente à natureza e ao destino do ser humano. A Literatura em Portugal Estes publicaram a revista Orpheu que escandalizou e revolucionou os meios intelectuais da época devido à sua critica e criatividade, introduzindo o futurismo em Portugal Seguiram-se outras publicações como:
-Exilio e Centauro em 1916
-Portugal Futurista em 1917
-Presença em 1927 John Steinbeck Virginia Wolf Franz Kafka Gorky André Malraux Bertold Brecht Garcia Lorca Literatura Em Portugal foi a "Geração do Orpheu" que impulsionou o modernismo literário, com as obras de Fernando Pessoa, Mário Sá-Carneiro e Almada Negreiros. Ernest Hermigway Ernest era americano e uma das suas principais obras é "Por quem os sinos dobram" inspirada na guerra civil espanhola. Ganhou o Prémio Nobel da Literatura e o Prémio Pulitzer com "O Velho e o Mar". Foi casado com quatro mulheres. Bertold Brench Bertolf foi um dramaturgo alemão e uma das suas principais obras é "Um Homem é um Homem", em que cresce a idea de que o homem é um ser transformável. Franz kafka Nasceu na Áustria-Hungria e era judeu. Nas suas obras dava atenção aos menores detalhes e era imparcial. Uma das sua obras mais conhecidas é "A Metamorfose" Maxim Gorky Gorky era um dramaturgo e romancista russo. Escreveu "A vida de um homem desnecessário" e "Pequenos Burgueses", que segundo alguns, se Gorky a escrevesse hoje não mudaria palavra alguma. Foi também activista politico. Максим ГорькийМаксим Горький Максим ГорькийМаксим Горький Virginia Wolf “Não quero ser célebre nem grande. Quero avançar, mudar, abrir o meu espírito e os meus olhos, recusar a ser rotulada e estereotipada. O que conta é libertar-se por si mesma, descobrir suas próprias dimensões, recusar os entraves.”
- Virginia Woolf Jonh era americano e algumas das suas principais obras foram " As Vinhas da Ira" e " A Leste do Eden" Garcia Lorca André Malraux Poeta e dramarturgo espanhol que criou um dos mais belos teatros do século XX, introduzindo nas suas peças uma linguagem poética singular. Escreveu peças de teatro como "Bodas de Sangue" e "A Casa de Bernada Alba".Foi abatido por nacionalistas liderados pelo General Franco, devido aos seus alinhamentos politicos e por ser homossexual assumido. "Um livro de arte é um museu sem paredes."André Malraux Escritor francês de assuntos políticos e culturais. Está sepultado no panteão francês.Uma das suas principais obra é " A Condição Humana" que ganhou o prémio Goncourt. Almada Negreiros (acima) nasceu em São Tomé e foi romancista, poeta, artista plástico e dramaturgo. Um dos seus romances que se destaca é "Nome de Guerra". Almada Negreiros, Auto-retrato com o grupo da Brasileira (1925) Ferando Pessoa (acima) nasceu em Portugal mas foi viver para Durban com a mãe e com o padrasto. Era cristão gnóstico e anti-comunista e anti-socialista. Algumas das suas obras são: "Livro do Desassossego" e "Mensagem". Tinha alguns heterónimos, dos quais se destaca o Álvaro de Campos. Morreu aos 47 anos com problemas no figado. "O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente."

Fernando Pessoa, in Presença nº 36 Mário de Sá-Carneiro (acima) foi um poeta(que se iniciou aos 12 anos), contista e ficcionista português, um dos mais reputados membros da Geração d’Orpheu. Uma das suas melhores obras é " Céu em Fogo". Revista lançada em 1915 com apenas dois únicos números publicados, em Abril e Julho. O escândalo provocado pela publicação de Orpheu deveu-se à apresentação de práticas de escrita e correntes artísticas vanguardistas (paulismo, interseccionismo, simultaneísmo, futurismo, sensacionismo), embora surjam na revista ainda leituras e práticas simbolistas e decadentistas.
O projectado número três não foi publicado por razões financeiras Os seus trabalhos mais famosos são os romances "Mrs Dalloway", "Passeio ao Farol" e "Orlando", como o livro-ensaio "Um Quarto Só Para Si", onde se encontra a famosa citação "Uma mulher deve ter dinheiro e um quarto próprio se quiser escrever ficção".
Virginia Wolf atirou-se ao rio Ouse, com os bolsos do casaco cheios de pedras, depois te ter tido um colapso nervoso.
Full transcript