Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Helena Yumi

on 10 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

• 1ª fase de “implantação”

+ objetivos
+ políticas
+ organização
+ técnicas Fase 5: Detalhamento Metodologia de desenvolvimento de sistemas administrativos Introdução Fase 2: Estudo da Viabilidade e
Alternativas Brenda, Flávia, Helena e Kátia Detalhamento: Atividades • Fluxogramas
• Identificação dados e informações
• Formulários
• Definição:


• Controle, avaliação e auditoria
• Revisão custo
• Plano de implementação
– Relatórios
– Arquivamento• Técnicas auxiliares • Modelos
• brainstorming Fase 6: Treinamento, teste e implementação Treinamento • Usuários envolvidos
• Funcionamento Testes - Módulo individual
- Dados reais e dados testes
- Execução em paralelo
- Usuário
- Dados falsos -> rejeição
- Diversas datas
- Auditores Implementação • 3 tipos:
– Pré-implementação;

– Implementação direta;

– Paralelamente. Fase 7: Acompanhamento, avaliação e atualização • Metas e resultados
– Pontos de controle
– Critérios de avaliação
– Feedback dos usuários
– Ajustes Avaliação • Metas e resultados
– Acompanhamento– Ajustes e modificações Atualização • Acompanhamento + avaliação =
– Modificações
– Novos treinamentos Fase 3: Levantamento e análise
da situação atual Fase 4: Delineamento e
estruturação do novo
sistema O fator principal é custos
versus benefícios. Custos A análise dos custos deve abordar
pessoal, equipamentos, incorrentes
e sua variação. Benefícios Podem ser diretos, mensuráveis
ou intangíveis. NÃO ESQUECER DA ANÁLISE DE RETORNO DE INVESTIMENTO! Levantamento de todas as informações
úteis para o novo sistema: custos, tempo,
responsáveis. Uma sequência boa para ser usada é: entrevistas, aná-
lises de políticas, da interação do sistema atual, da
documentação (e de seu tratamento e arquivamento). Observação A ideia central da técnica de observação é a observação dos usuários em interação com sistema que está sendo analisado, isto é, executando ações a fim de cumprir com determinada tarefa do sistema, sendo esta computacional ou não. Os passos principais são:
- Preparação;
- Apresentação;
- Ruptura;
- Perguntas;
- Conclusão e análise. Questionário É o caminho que precede as entrevistas. Fácil aplicação, maior número de pessoas, uniformidade
na mensuração, anonimato e menor pressão. O pré-teste evita erros e problemas na análise final. Entrevistas O ponto essencial é que haja diálogo, este planejado de acordo com as necessidades do objeto. Focada no topo da pirâmide.

É a hora de descobrir o que está na memória das pessoas, usando perguntas objetivas, desibindo o entrevistado, motivando, fazendo planejamento com possíveis desvios.

A pessoa deve ter experiência, facilidade de expressão, habilidade técnica, discrição,
capacidade de distinguir o que realmente é necessário. E como fica o levantamento? Podemos colocar as seguintes questões:
Quanto ao novo sistema: elimina deficiências? Deve ser feita uma adaptação?

A alteração deve ser feita: nas entradas? no processo? nas saídas?

O objetivo: é de estratégia e política empresarial ou funcional? dos procedimentos? dos recursos? da programação? No final, devemos ter: políticas e diretrizes, organogramas, fluxogramas e aprovação Determinar: - Objetivos do sistema;
- Restrições;
- Descrição e fluxograma;
- Especificação de entrada e saída de dados;
- Atualizações de arquivos;
- Responsabilidades;
- Limites de tempo. Informar aos usuários:
- Fluxo geral do sistema;
- políticas e diretrizes;
- Formas de desenvolvimento; Esperar aprovação, considerando
custo x benefícios. Um sistema é mais eficaz à medida que mostra: simplicidade, economicidade, flexibilidade, produtividade, aceitabilidade e racionalidade. A Fantástica Fábrica de Chocolate
título original: Charlie and the Chocolate Factory: livro infantil do escritor Roald Dahl (1916-1990), lançado nos EUA em 1964. Alteração no nome original
Willy Wonka and the Chocolate Factory
Dirigida por Mel Stuart
Gene Wilder como Willie Wonka Produzido pela Paramount Pictures
Fincanciado pela Quaker, que produzia os chocolates Wonka Bar
Marketing voltado para a divulgação do chocolate
Pouca tecnologia, cenários reais
Fracasso de bilheteria por falta de divulgação Vendido à Warner Bros. que lucrou com a venda do filme para a televisão
Insatisfação do autor pela infidelidade à obra original, que acabou por não ceder os direitos para a continuação
Charlie and the Great Glass Elevator” (”Charlie e o Grande Elevador de Vidro”) Retorno do título original
Charlie and the Chocolate Factory
Dirigida por Tim Burton
Johnny Depp como Willie Wonka Produzido pela Warner Bros.
Público alvo: adulto e infantil
Fidelidade à obra original
Investimento maciço em divulgação
Utilização de tecnologia em efeitos visuais
Sucesso de bilheteria, 500 milhões arrecadados, sendo 55,4 milhões no fim de semana de estreia X O que é Sistema?

Sistema pode ser definido como um conjunto de elementos interdependentes, coordenados e não relacionados que interagem com objetivos comuns formando um todo.
Qualquer conjunto de partes unidas entre si pode ser considerado um sistema, desde que as relações entre as partes e o comportamento do todo sejam o foco de atenção.(ALVAREZ, 1990, p. 17). Sistemas Análise de Sistemas x Automação de Escritórios e Secretariado Estudo da Metodologia de levantamento, análise, desenvolvimento e implementação dos métodos administrativos.

Adequado desenvolvimento dos trabalhos
Verificação da necessidade de um novo sistema
Conhecimento das fases para desenvolvimento e implantação de um novo sistema Quem deve conhecer esta metodologia?
Os analistas de sistemas;
Os executivos responsáveis pelos sistemas, pela organização e pelos métodos;
Os usuários destes sistemas. Por que estudar a metodologia?

O analista que conhece e utiliza a metodologia:
Plano Diretor de Sistemas;
Visão de longo prazo;
Forma Integrada; Fases do desenvolvimento do Projeto de Sistemas Ter em mente
o resultado
esperado Definir objetivo Executar e
Controlar
o processo Fases Fase 1: seleção e reconhecimento do sistema
Fase 2: estudo de viabilidade e de alternativas
Fase 3: levantamento e análise da situação atual
Fase 4: delineamento do novo sistema
Fase 5: detalhamento do novo sistema
Fase 6: treinamento, teste e implementação do novo sistema
Fase 7: acompanhamento, avaliação e atualização Identificar o sistema ou método a ser analisado.
Identificar as unidades organizacionais envolvidas.
Obter ideia preliminar e genérica da complexidade do sistema para dimensionar o esforço necessário para seu adequado desenvolvimento. O que levar em conta:
Expectativas da alta administração
(explícitas na estratégia ou implícitas).
Viabilidade técnica, econômica e financeira.CUSTO XBENEFÍCIO

Capacidade técnica (competências)
Necessidades críticas do negócio. Dicas:
• Ideias do plano diretor de sistemas anterior

• Solicitações periódicas ou recorrentes das unidades organizacionais “clientes” do analista de OSM;

• Oportunidades por novos equipamentos ou tecnologias;

• Fatores externos da empresa. Resultado da fase 1:
• Plano diretor de sistemas

• Base para coordenar as atividades de desenvolvimento e implementação.

• Base para dimensionar, recursos, custo e tempo requeridos.

• Análise crítica da interligação dos sistemas.
Full transcript