Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Sistema Nervoso

No description
by

ANATOMIA UFJF

on 12 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Sistema Nervoso

TÁLAMO - das as mensagens sensoriais (exceto as olfatórias) passam pelo tálamo antes de atingir o córtex cerebral.
- Aderência intertalâmica
- Sulco hipotalâmico
- III Ventrículo
- Plexo coróide
- Forame interventricular
HIPOTÁLAMO
- Hipófise, comissura anterior
EPITÁLAMO
- Pineal
SUBTÁLAMO – conexões importantes para a regulação da motricidade somática.

Sistema Nervoso
Espaços Meningeos
LOBO INSULAR:
encontra-se profundamente ao sulco lateral. Está coberto por porções dos lobos frontal, temporal e parietal.
Integra outras atividades cerebrais e tb tem alguma função na memória

(Diencefalo e Telencéfalo)
 

Pedúnculos cerebelares médios
VISTA POSTERIOR
PORÇÃO
ABERTA

PORÇÃO
FECHADA

DECUSSÃO DAS PIRÂMIDES

Tronco Encefálico
Massa cilindróide de tecido nervoso.
No homem adulto, mede cerca de 45cm.
Cranialmente, limita-se com o bulbo.
Termina, geralmente, em L2.
Cone medular.
Cauda equina

Medula Espinhal
MEDULA ESPINAL
ENCÉFALO
Bipolar: retina do olho
Multipolar: nervos motores
Unipolar ou pseudo-unipolar: nervos sensitivos
CLASSIFICAÇÃO ESTRUTURAL
(número de prolongamentos)

Composto por celulas nervosas motoras viscerais, que transmitem impulso pra os músculos cardíacos, liso e glândulas.

Funcionalmente é dividido em :
Parte Simpática
Parte Parassimpática

AVC: obstrução de uma artéria. Lesão irreversível. Fatores de risco: pressão arterial elevada, alto colesterol, obesidade.

PRINCIPAIS DISTÚRBIOS DO SIST. NERVOSO

Esclerose múltipla: uma doença auto-imune. Destruição da bainha de mielina. problemas visuais, distúrbios da linguagem, da marcha, do equilíbrio, da força.

PRINCIPAIS DISTÚRBIOS DO SIST. NERVOSO

Vascularização
Hidrocefalia
Mesencéfalo:
reflexos visuais

Ponte:
saliência arredondada entre o mesencéfalo e o bulbo.
Serve de passagem para fibras nervosas que ligam o cérebro a medula.

Bulbo:
controla o batimento cardíaco, respiração, pressão do sangue, tosse, espirro.

Centro de controle dos movimentos iniciados pelo córtex motor ( contem extensivas conexões entre o cérebro e a medula espinhal)

FUNÇÕES

Diencéfalo
Mesencéfalo
Aqueduto Cerebral
Pedúnculos Cerebrais
Colículos
- Superiores
- Inferiores

Entre a medula e o diencéfalo ventralmente ao cerebelo.
Intumescência cervical
Intumescência lombar

Mistos
Sensoriais
Motores
Conjunto de fibras fora do SNC.

Parkinson: acentuada redução de dopamina nos centros motores, causando tremores, lentidão e dificuldade de locomoção

PRINCIPAIS DISTÚRBIOS DO SIST. NERVOSO

Alzheimer: Formação defeituosa de uma proteína (tau) que participa dos microtúbulos com conseqüente destruição dos neurônios. Afeta a memória, aprendizado e a fala.

PRINCIPAIS DISTÚRBIOS DO SIST. NERVOSO

ventrículo lateral
III ventrículo - forames interventriculares (de Monro).
III ventrículo
IV ventrículo - aqueduto do mesencéfalo (de Sylvius).
Pelas aberturas do IV ventrículo (forames de Luschka e Magendie) o líquor atinge a cisterna magna e depois dela todo o espaço subaracnóideo da medula e encéfalo.

Circulação do Líquor
Líquido claro e aquoso
Faz flutuar o SNC
Reduz o impacto na cabeça
Remove resíduos metabólicos do SNC.
Produzido:
plexo coróide e células ependimárias.
800 ml por dia
140-200 ml banham o SNC.
Composição:
semelhando ao plasma sanguíneo – proteínas, glicose, uréia e glóbulos brancos.
Granulações aracnóideas

Líquido cerebrospinal
Fissura póstero-lateral
Fissura primária
Flóculo-nodular
Posterior
Anterior
-
Limites
- Funções
Controle do tônus
Controle da postura
Coordenação motora e equilíbrio
- Hemisférios cerebelares
- Vermis
- Lóbulos cerebelares
Separados por fissuras
-
Folhas cerebelares
Separados por sulcos

Cerebelo
Lado esquerdo
: Habilidades analíticas e verbais.
Lado direito:
sede de tipos espaciais e artísticos de inteligência.
Fissura longitudinal

Sede da memória, dos nervos sensitivos e motores.
Telencéfalo (cérebro)
Hipotálamo
– integrador das atividades dos órgãos viscerais (homeostase).
Faz a ligação entre o sistema nervoso e o sistema endócrino.
Controla o apetite,
Controle da temperatura corporal,
Balanço de água do corpo,
Sono,
Emoção,
Comportamento sexual.

As mensagens sensoriais (exceto as olfatórias) passam pelo tálamo antes de atingir o córtex cerebral.
Responsável pela condução dos impulsos á regiões apropriadas do cérebro onde devem ser processados.

 

Estriada transversalmente
PONTE
SULCO LATERAL
ANTERIOR

OLIVA

FISSURA MEDIANA
ANTERIOR

Controla o batimento cardíaco, respiração, pressão do sangue, tosse, espirro.

 

- Limite inferior – medula
1º Filamento radicular
Forame magno
- Limite superior – ponte
Sulco bulbo pontino

BULBO
Mielínicos
Amielínicos

Interneurônios:
- Neurônios motores ou eferentes
- Neurônios sensitivos ou aferentes

CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL
(direção do impulso)
Astrócitos
Associado aos capilares
Suporte nutricional e físico aos neurônios

Células de Schwann
Bainha isolante
(Bainha de mielina) das fibras nervosas no SNP

Células do Sistema Nervoso: Glia
Menores que os neurônios
10 a 50 X mais abundantes que os neurônios
Se multiplicam e se dividem no SN.
Não transmitem impulso nervoso
Neuróglia (células da glia)
DIVISÃO EMBRIOLÓCIGA
Dura máter
Espaço subaracnóide
Espaço epidural
Meninges
SISTEMA NERVOSO SOMÁTICO:

sistema nervoso voluntário
Inclui células nervosas motoras somáticas, levam impulso do SNC para os músculos estriados esqueléticos
Contrações controladas em nível inconsciente apenas em casos de respostas reflexas
CÉLULAS NERVOSAS SENSITIVAS VICERAIS:

levam o impulso das viscerais do corpo para o SNC.
Componente EFERENTE - Saem
CELULAS NERVOSAS SENSITIVAS SOMÁTICAS:
levam o impulso ao SNC a partir dos receptores localizados na pele, fáscia e ao redor das articulações.
Componente AFERENTE - Chegam
SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO
Divisão funcional
VISTA POSTERIOR
TUBÉRCULO
DO NÚCLEO
CUNEIFORME

TUBÉRCULO
DO NÚCLEO
GRÁCIL

SULCO
INTERMÉDIO
POSTERIOR

SULCO
MEDIANO
POSTERIOR

Está dividido em mais de 40 áreas funcionais distintas.

Córtex de associação
motora

Córtex auditivo

Córtex pré-frontal
(planejamento, emoções)

Área de associação auditiva

Área motora da fala

Área interpretativa da fala

Área de associação
somestésica

Área sensitiva primária

Córtex visual

Área de associação
visual
Área motora primária

Carrega informações dos órgãos
sensoriais p/ o SNC e deste p/ os
órgãos efetores (músc. e glândulas)
Recebe, analisa e integra informações
Local de tomada de decisões
e envio de ordens.

Receptores
Espinhais
(31 pares)

Cranianos
(12 pares)

Terminações
nervosas
Gânglios
Nervos
Cervical
Torácica
Lombar
Sacra
Coccígeana
Telencéfalo (Hemisférios)
Diencéfalo (tálamo e hipotálamo)
Tronco Encefálico (Ponte, Bulbo e Mesencefalo)
Cerebelo
Medula espinhal
Encéfalo
Sistema Nervoso Periférico
(SNP)
Sistema Nervoso Central
(SNC)
Organização do Sistema Nervoso Humano
Prof.ª Drª Vanessa Neves de Oliveira

Sistema Nervoso Autônomo
- Sistema Nervoso Involuntário -
NERVOS
Função de sustentar, proteger, isolar e nutrir os neurônios

Células de Schawann
– camada de mielina no SNP.
Oligodendrócitos
– camada de mielina no SNC
Micróglias
– defesa
Astrócitos
– suporte entre os capilares e o neurônio no SNC
Células ependimárias
- revestimento
Gliócitos
- suporte aos corpos dos neurônios no interior dos gânglios no SNP.

Localização:
Recebe informações sensitivas de estruturas cranianas e controla músculos da cabeça.
Contém circuitos nervosos que transmitem informações da medula espinhal até outras regiões encefálicas e em direção contrária, do encéfalo para a medula.
Funções:
Espaço subdural
Aracnóide-máter
Pia-máter
SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO:
sistema nervoso involuntário
6 categorias
Oligodendrócitos
Bainha isolante
(Bainha de mielina) das fibras nervosas no SNC

Sulco Bulbo-pontino
VISTA ANTERIOR
CÉREBRO

CORTEX CEREBRAL
Equilíbrio
Postura
Tônus muscular
Full transcript