Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Transposição do Rio São Francisco

No description
by

Ariadne Alves da Silva

on 2 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Transposição do Rio São Francisco

Transposição do Rio São Francisco
A transposição é uma discussão antiga do governo federal, a polêmica não se dá em torno da necessidade da criação de melhores condições de vida, para as pessoas que vivem próximo ao rio e não têm acesso às águas, e sim que a transposição é insuficiente para resolver o problema, uma vez que será preciso tomar uma serie de iniciativas, como a construção de cisternas e a recuperação das margens do rio que foram degradadas pela exploração desordenada (VASCONCELOS, 2005).
O rio São Francisco é considerado o rio da unidade nacional, além de ser uma das grandes riquezas naturais de nosso país. Sua transposição tem sido bastante discutida, uma vez que sua realização gerará tanto vantagens, como desvantagens para as regiões relacionadas e para todo o país. Este estudo teve por objetivo demonstrar as vantagens e desvantagens da transposição do rio São Francisco, bem como, sua viabilidade. A transposição beneficiará milhares de brasileiros, mas sua realização também acarretará impactos ambientais e um custo elevado. Diante disso, conclui-se que a transposição do rio São Francisco pode ser viável a partir do momento que houver uma integração dos brasileiros na discussão e análise das vantagens e desvantagens, sem deixar de lado o custo e beneficio envolvidos na questão.
Palavras-Chave: Rio São Francisco, transposição, vantagens, desvantagens.
INTRODUÇÃO
Chamado de Velho Chico, o rio São Francisco é considerado o rio da unidade nacional por ligar a região sudeste e a zona da mata nordestina. O projeto de transposição das águas deste rio consiste na transferência de suas águas para abastecer pequenos rios e açudes da região nordeste que possuem um déficit hídrico durante o período de estiagem (GOVERNO DA BAHIA, 2007), tendo repercussão positiva na vida de 12 milhões de brasileiros, que passaram a ter condições, ao menos, de manter a higiene pessoal de desenvolver a agricultura de subsistência (VASCONCELOS, 2005).
Diante disso objetiva-se por meio deste estudo demonstrar as vantagens e desvantagens da transposição do rio São Francisco, bem como, sua viabilidade. Transposição do rio São Francisco: um projeto ambicioso e polêmico.
O governo federal iniciou este ano o projeto de ligação do Rio São Francisco com outros rios menores da região semiárida do Nordeste. Esse projeto tem como objetivo garantir água às populações dessa região e também o desenvolvimento agrícola, comercial e industrial.

O rio São Francisco é um dos maiores e mais importantes rios do mundo estendem-se por 2.700 quilômetros. Nasce na região Sudeste, cruza o Centro-Oeste e vai até o Nordeste. Após cruzar três estados, ele desemboca no mar na divisa entre Sergipe e Alagoas. Por isso, o rio ostenta o título de Rio da Integração Nacional e é chamado carinhosamente de “Velho Chico”.
Vantagens e Desvantagens

PROJETO TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO
EIXO NORTE

EIXO SUL
Maior Obra de Infraestrutura Hídrica do País
CONCLUSÃO


A transposição do rio São Francisco é um assunto muito delicado, pois, será que realmente compensa investir bilhões de reais em uma obra que poderá ou não dar certo? Analisando a necessidade das pessoas que vivem na região nordeste, o projeto de transposição do rio poderá ser considerado um desenvolvimento sustentável. Mas como, se existem impactos ambientais? Será que 2,5% das águas do rio, ou seja, 63 mil litros por segundo irão dar conta do recado ou deixar a desejar? Este programa é um assunto que deve ser tratado com muita responsabilidade, uma vez que o seu intuito é minimizar os problemas como a escassez de água sofrida pelos nordestinos nos período não chuvosos, beneficiando a agricultura, o comércio, as indústrias. Afinal a água é um bem que deve ser preservado junto com o meio ambiente.
Muito Obrigado
Fim
Full transcript