Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Desequilíbrio Muscular segundo parâmetros da Dinamometria Is

No description
by

Thaís Dequech

on 3 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Desequilíbrio Muscular segundo parâmetros da Dinamometria Is

Introdução
Resultado/Discussão
Paulo Amorim da Silveira
Acadêmico 11ª fase Medicina – UFSC

Dr. Ari Digiácomo Ocampo Moré
Orientador

André Luiz A. Pizzolatti
Co-Orientador

Dr. Luis Fernando Z. Funchal
Co-Orientador

Desequilíbrio Muscular segundo parâmetros da Dinamometria Isocinética e sua associação com lesão dos isquiotibiais e quadríceps em atletas de futebol profissional
- Alta incidência no futebol

- Podem afastar atletas de suas atividades por longos períodos dependendo do grau de lesão

- Acarretam grandes prejuízos financeiros ao clubes e sequelas aos atletas

- Diagnóstico:

Lesões dos Isquiotibiais e Quadríceps
Anamnese: mecanismo, trauma...
Exame Físico: edema local, dor pontual à palpação e alongamento, perda de força e restrição do movimento
Imagem: USG, RNM
Trauma
Condições de campo
Baixa flexibilidade
Falta de propiocepção
Instabilidade articular
Inadequado alongamento e aquecimento prévio
Fadiga
Maior idade
Lesões prévias
Fatores de risco para lesão:
Desequilíbrio de força muscular
Dinamometria Isocinética
Teste realizado por clubes de futebol em períodos de pré temporada
Aplica uma resistência mecânica ao movimento articular ao longo de uma amplitude
Velocidade angular constante
Permite avaliar o desempenho muscular em sua contração concêntrica e excêntrica dinamicamente

Verificar a associação entre desequilíbrio muscular conforme parâmetros da Dinamometria Isocinética e a incidência de lesões dos isquiotibiais e quadríceps.

Objetivo
Método
Estudo retrospectivo
Clube de futebol profissional de Florianópolis-SC
Período de 2010 – 2013
Dinamometria Isocinética realizada em pré-temporada
Relatórios médicos e fisioterápicos
Amostra
75 atletas (150 membros inferiores)
Permanência de ao menos 6 meses no clube
24,6 anos; 77,8 Kg; 1,78m; 59 pé dominante direito e 16 o esquerdo
Critério de lesão
Exame físico
Ao menos 3 dias de afastamento de suas atividades
Até 6 meses após realização da avaliação
Dinamometria Isocinética:
- Dinamômetro CYBEX HumancNorm 2009


- Velocidade angular de 60 graus/segundo


- Protocolo estabelecido pela APTA


Razão da contração excêntrica dos isquiotibiais sobre a contração concêntrica do quadríceps (Iexc/Qconc)

Razão da contração concêntrica dos isquiotibiais sobre a concêntrica do quadríceps (Iconc/Qconc)

Razão da contração excêntrica sobre a contração concêntrica do mesmo grupo muscular, tanto dos isquiotibiais (Iexc/Iconc), quanto do quadríceps (Qexc/Qconc)

Diferença de pico de torque entre membro lesionado e não lesionado
Resultado/Discussão
Isquiotibiais
Quadríceps
Conclusão
A fraqueza dos isquiotibiais em relação ao quadríceps está associado com lesões dos isquiotibiais.

Parâmetros com associação com lesão dos isquiotibiais:
-Razão da contração excêntrica dos isquiotibiais sobre a contração concêntrica do quadríceps
-Razão da contração concêntrica dos isquiotibiais sobre a concêntrica do quadríceps

Não há associação de fraqueza do quadríceps em relação aos isquiotibias com lesões do quadríceps

A diferença de força entre os membros inferiores não está associado com lesões do quadríceps e isquiotibiais
Divididos em dois grupos: com e sem desquilíbrio
Teste Qui Quadrado
Diferença de força entre membros: análise descritiva. Diferenças > 15% com desequilíbrio
17 lesões
8 lesões
Fraqueza da contração
excêntrica dos isquiotibiais
em relação à
concêntrica do quadríceps
Fraqueza da contração
concêntrica dos isquiotibiais
em relação à
concêntrica do quadríceps
Fraqueza da contração
excêntrica dos isquiotibiais
em relação a
concêntrica dos isquiotibiais
Fraqueza da contração
concêntrica dos isquiotibiais
em relação a
excêntrica dos isquiotibiais
Diferença de força
excêntrica
dos
isquiotibiais
entre membros com lesão e os sem lesão
Diferença de força
concêntrica dos isquiotibiais
entre membros com lesão e os sem lesão
Compatível com o principal mecanismo de lesão: desaceleração da perna na fase final do movimento que solicita uma ação excêntrica dos isquiotibiais
Croisier JL, 2008, demonstrou um risco 4,5 vezes maior de lesão em atletas com fraqueza dos isquiotibiais em relação ao quadríceps
Fraqueza da contração
concêntrica do quadríceps
em relação à
excêntrica dos isquiotibiais
Fousekis K, 2011, apresentou resultado semelhante
Menor incidência em comparação aos isquiotibiais
Fraqueza da contração
excêntrica do quadríceps
em relação à
concêntrica do quadríceps
Fraqueza da contração
concêntrica do quadríceps
em relação à
excêntrica do quadríceps
Diferença de força
excêntrica do quadríceps
entre membro com e sem lesão
Diferença de força
concêntrica do quadríceps
entre membro com e sem lesão
Fraqueza da contração
concêntrica do quadríceps
em relação à
concêntrica dos isquiotbiais
Referências
Fousekis K, Tsepis E, Poulmedis P, et al. Intrinsic risk factors of non-contact quadriceps and hamstring strains in soccer: a prospective study of 100 professional players. Br J Sports Med. 2011; 45: 709 – 714.

Croisier JL, Ganteaume S, Binet J, et al. Strength imbalances and prevention of hamstring injury in professional soccer players: a prospective study. Am J Sports Med. 2008; 36: 1469 – 1475.
Parâmetros:
Full transcript