Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

ECO 150 - Aula 05 - Planejamento Estratégico

Aula sobre Planejamento para a Disciplina de Plano de Negócios, oferecido aos alunos do Curso de Extensão em Gestão e Estratégia de Empresas, na Escola de Extensão do Instituto de Economia da Unicamp, no 2º Bimestre de 2014.
by

Thiago Ribeiro

on 27 November 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of ECO 150 - Aula 05 - Planejamento Estratégico

Aula 05 - Planejamento Estratégico
Planejamento
Entendendo os Pontos Fracos utilizando a Árvore de Problemas
A metodologia da Árvore de Problemas é muito útil para auxiliar às pessoas e organizações a fazerem um bom Diagnóstico e definirem os Objetivos de seus Projetos com base em Problemas reais.
Etapas para a Construção da Árvore de Problemas
1o. Passo
Relacionar todos os Problemas importantes referentes a uma situação específica;
2o. Passo
Filtrar os problemas através dos 4 critérios* e reescrever o que for necessário;
1. O problema tem que ser concreto (não pode ser uma suposição, nem um juízo de valor);
2. O problema tem que ser real;
3. O problema deve ser descrito na negativa (ex: Lubrificação dos equipamentos => má lubrificação dos equipamentos); e
4. Tem que ser sintéticos;
3o. Passo
Elencar os problemas em uma ordem lógica que permita o encadeamento das ideias;
4o. Passo
Identificar o Problema Central – o que representa o cerne da questão, o aglutinador, que será o tronco da nossa Árvore de Problemas;
5o. Passo
Organizar as Causas do Problema Central abaixo dele (raiz);
6o. Passo
Definir os Efeitos (consequências) do Problema Central, acima dele (galhos);
7o. Passo
Organizar os Efeitos em níveis;
8o. Passo
Construir um Diagrama, em forma de Árvore, situando os problemas com suas relações de causa e efeito;
9o. Passo
Rever a Árvore de Problemas verificando se as relações de causa-efeito estão corretas e se há alguma omissão relevante;
Mostrar as inter-relações entre os problemas;
Mostrar o caminho para solucionar os
problemas;
Analisar a situação existente em relação a uma problemática determinada;
Permitir a seleção de várias alternativas para a solução de um problema.
Empresa de ônibus na iminência de falir
Passageiros Feridos
Ônibus velhos
Atraso dos passageiros
Motoristas imprudentes
Acidentes frequentes
Mau estado dos ônibus
Perda de confiança na empresa de ônibus
Má conservação das estradas
Manutenção inadequada dos ônibus
Passageiros Feridos
Ônibus velhos
Atraso dos passageiros
Motoristas imprudentes
Acidentes frequentes
Mau estado dos ônibus
Perda de confiança na empresa de ônibus
Má conservação das estradas
Manutenção inadequada dos ônibus
Passageiros Feridos
Ônibus velhos
Atraso dos passageiros
Motoristas imprudentes
Acidentes frequentes
Mau estado dos ônibus
Perda de confiança na empresa de ônibus
Má conservação das estradas
Manutenção inadequada dos ônibus
Ônibus velhos
Motoristas imprudentes
Acidentes frequentes
Mau estado dos ônibus
Má conservação das estradas
Manutenção inadequada dos ônibus
Problema
Central
Causas
Passageiros Feridos
Atraso dos passageiros
Acidentes frequentes
Perda de confiança na empresa de ônibus
Problema
Central
Efeitos
Passageiros Feridos
Ônibus velhos
Atraso dos passageiros
Motoristas imprudentes
Acidentes frequentes
Mau estado dos ônibus
Perda de confiança na empresa de ônibus
Má conservação das estradas
Manutenção inadequada dos ônibus
Menos passageiros feridos
Novos Ônibus na frota
Passageiros no horário
Motoristas prudentes
Acidentes esporádicos
Ônibus bem conservados
Confiança dos clientes na empresa de ônibus
Má conservação das estradas
Manutenção periódica dos ônibus
Circunscrevendo um projeto
Projeto
Factível
Viável
Atrativo
Tecnicamente crível de ser transformado em realidade?
Tenho as competências necessárias? Os recursos?
O projeto é financeiramente viável?
É sustentável? Posso arcar com possíveis prejuízos?
O projeto é interessante? Ele resolve um problema? Ele supre um desejo? O ROI vale o risco?
Planejamento Estratégico
Quem somos?
Missão - Nosso ponto de partida. Para que existimos?

Visão - Nosso futuro. Como queremos ser conhecidos?

Valores - Quais nossos limites para cumprir nossa missão e realizar nossa visão de futuro?

Objetivos Estratégicos
Metas Estratégicas
Para onde vamos?
O que vamos fazer?
Quais nossos Objetivos?
Quais nossas Metas?
Onde estamos?
"Planejamento não diz respeito a prever o futuro, mas a compreender e estabelecer as implicações futuras de decisões do presente."
(Peter Drucker)
Como chegaremos lá?
5w2h
EAP - Estrtutura Analítica de Projetos
Como usar a Matriz
Swot ou FoFa?
Ambiente Externo (variáveis incontroláveis)
Oportunidades
Tendo em visto quem eu sou (minha Missão), os limites que eu tenho (Valores), que fatores externos à minha organização seriam Oportunidades que eu poderia aproveitar para cumprir os Objetivos traçados (Pra onde vou)?
Ameaças
Do mesmo modo, que situações ou cenários externos poderiam representar uma Ameaça ao cumprimento dos Objetivos traçados? O que poderia colocar em risco nossos esforços?
Ambiente Interno (variáveis controláveis)
Pontos Fortes
Do ponto de vista das necessidades que temos para cumprir os objetivos propostos, quais seriam Pontos Fortes que poderíamos elencar?
Pontos Fracos
Mais uma vez, em relação aos objetivos traçados, quais seriam nossos Pontos Fracos que poderiam comprometer a execução bem sucedida do nosso Projeto?
Sugestões quanto ao processo
Iniciar com um processo de brainstorming (divergir);
Organizar, agrupar e reduzir as variáveis, mantendo somente aquelas que realmente importam (convergir);
Certos de que sobrou apenas o relevante para ser analisado, inicia-se um processo cruzamentos:
Para cada oportunidade e ameaça, contrapõe-se o conjunto de Pontos Fortes e Pontos Fracos e verifica-se duas coisas.
Quais os pontos fortes mais relevantes para o sucesso? E quais os pontos fracos que mais reduzem ou impedem o aproveitamento da Oportunidade?
Quais pontos predominam? Há mais Pontos Fortes ajudando a aproveitar a Oportunidade, ou Pontos Fracos limitando seu aproveitamento?
A ideia geral é valorizar os Pontos Fortes, aproveitar as Oportunidades, se proteger das Ameaças e eliminar os Pontos Fracos
Aprendizado...
Atividades/Ações

QUAIS AS RELAÇÕES DE INTERDEPENDÊNCIA?

O que deve estar concluído para que se possa iniciar a próxima fase?

O que deve ser iniciado ao mesmo tempo?

O que deve ser concluído ao mesmo tempo?

Existe algum prazo legal ou técnico a ser cumprido?

Outras situações?
Orientações apresentação
Abertura (apenas oral – cerca de 1 minuto):
- Qual a oportunidade de negócio que o grupo percebeu?
•Problema;
•Necessidade; ou
•Desejo.
- Qual o propósito do negócio?
•Qual seu Porque? (Golden Circle)
•Missão da Empresa
- Qual a solução desenvolvida?
•Objeto

Quero um discurso linear, encadeado. Não é para responder a essas perguntas. É para pensar em uma fala. Esse é apenas um roteiro para elaborar o discurso.

Apresentar o Produto:
Business Model Canvas
1)Roteiro de apresentação:
Cada grupo terá 10 minutos para vender sua ideia de negócio (Elevator Pitch):
Usar o recurso de animação e lembrar-se da sequência de construção:

Começar pelo lado direito do Canvas (front end) – lado externo da empresa:

1)Identificar os segmentos de clientes a serem atendidos (usar cores diferentes) – só faz sentido listar diversos segmentos se alguma característica do front end precisar ser alterada por conta disso (proposição de valor, canais, relacionamento ou fluxo de receitas). Caso não haja diferenciação nesses blocos, caracterize um único segmento agrupando por características comuns;

2)Listar as proposições de valor (porque o cliente irá comprar na sua empresa e não no concorrente?) – lembrando que caso alguma proposição seja exclusiva de algum segmento ela deve ser explicitada com o uso de cores e isso vale para os demais blocos do Canvas (front e back end);

3)Explicitar os Canais – comunicação, distribuição, venda e pós-venda;

4)Forma de relacionamento – atendimento exclusivo, atendimento pessoal, autoatendimento, etc...

5)Como a empresa será remunerada – venda de serviços, venda de produtos, assinatura mensal, etc... Como cada segmento comporá essas receitas. Estimar receitas totais
No back end (suporte ao modelo) o que a empresa precisará fazer para entregar a proposição de valor aos segmentos de clientes, através dos canais escolhidos, relacionando-se “dessa forma” e recebendo deles “dessa maneira”:

6)Quais os principais recursos (recursos-chave) – estrutura, pessoal, equipamentos, etc...

7)Quais as atividades chave – O que a empresa precisa fazer? Quais os processos que as pessoas precisam desenvolver para entregar a proposição de valor? Quais as competências necessárias?

8)Quais os parceiros-chave – Que podem fornecer recursos chave, ou desenvolver atividades chave? Quais os principais fornecedores? O que irão fornecer?

9)Quais os custos principais do modelo? Pessoas, equipamentos, matéria-prima, insumos, etc.?

Tente manter cada informação dentro de uma caixa de texto separada. Ex: Segmento 01 (caixa de texto); Segmento 02 (caixa de texto); Proposição de Valor 01 (caixa de texto); Proposição x (caixa de texto). Entendido? Frases curtas, quem vai explicar é o apresentador, não a imagem.

Encerramento: (apenas oral – até 1 minuto)

Fechamento da fala, explicando porque acredita que seu negócio é viável. (duas a três linhas, apenas para fechar)

LEMBREM-SE, ESSA É UMA FALA DE VENDAS, NÃO UMA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO DE ESCOLA. ENSAIEM A FALA, USEM OS 10 MINUTOS, MAS NÃO ULTRAPASSEM ESSE TEMPO. PRENDAM A AUDIÊNCIA E SEJAM OBJETIVOS, ACERTIVOS E DIRETOS.
Coordenação
1. Ato ou efeito de coordenar.
2. Relação entre elementos que funcionam de modo articulado dentro de uma totalidade ordenada.
Recursos Técnicos
Recursos
Humanos
Recursos
Materiais
Recursos
Financeiros
Objetivos e Metas
Grupos Tutores deverão:
Ouvir atentamente e buscar entender o Grupo Pupilo para produzir um relatório de orientação por escrito com base nas seguintes observações:
Coerência e coesão do modelo de negócios dos grupos Pupilos:

Escolha do segmento de clientes é pertinente?
Proposição de valor é realmente um diferencial da empresa?
A escolha dos canais foi acertada para se fazer conhecer e entregar a proposição de valor aos segmentos de clientes?
A forma de relacionamento escolhida é correta para o segmento de clientes?
O fluxo de receita é coerente com a proposição de valor e os segmentos de clientes?
Justificar as críticas.
Os recursos chave apontados são coerentes às necessidades do front end?
As atividades chave apontadas cumprem as necessidades de entrega e captura de valor e relacionamento com clientes?
As parcerias estratégicas foram acertadas? Ou estão terceirizando recursos e atividades que deveriam ser internalizadas ou vice-versa?
A estrutura de custos apresentada é coerente com os recursos, atividades e parcerias do modelo?
Justificar as críticas.
Na opinião do grupo o projeto é factível? Ele sairá do papel?
Na opinião do grupo tutor o negócio é viável? Ele se pagará?
Na opinião do grupo o projeto é atrativo como investimento em negócio? O retorno sobre investimento (ROI) é interessante diante dos riscos?

Risco de Produto – O produto não corresponde à missão da empresa, ou não resolverá o problema apontado?
Risco de Cliente – O segmento de clientes identificado não teria interesse em pagar pela solução? A proposição de valor não faz sentido para eles? Os canais escolhidos são inapropriados? A forma de captura de valor e os preços são equivocados?
Risco de Mercado – O negócio não parece sustentável (viável)?

Quais as sugestões de melhorias no Modelo de Negócios que os tutores dariam aos Pupilos?

Front End
Back End
Factibilidade, Viabilidade e Atratividade:
O grupo tutor localizou algum risco do projeto:
Full transcript