Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

CÉREBRO

No description
by

Jéssica Santos

on 24 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of CÉREBRO

CÉREBRO
Funções Cerebrais
Funcionamento global do cérebro humano
Áreas pré-frontais
Estabelecem relações entre todas as partes do cérebro verificando as suas atividades e controlando os comportamentos que se consideram especificamente humanos:reflexão, imaginação, planificação,...
Funcionamento Sistémico do Cérebro
Sistema Nervoso
A sua função geral é a coordenação dos processos que garantem o equilíbrio interno do organismo e o equilíbrio externo do ser humano.
Neurónio
Unidade básica do sistema nervoso.
permite reagir a estímulos.



que lhes permites transmitir as excitações a outras células nervosas.

Comunicação Nervosa
Os nervos são a via de transmissão de mensagens entre o SNC e os músculos, órgãos sensoriais e glândulas.
Excitabilidade:
Condutibilidade:
Influxo nervoso:
a energia ou impulsos eléctricos que circulam nos neurónios.
Não existe contacto físico entre os neurónios e a transmissão das informações dá-se através de um processo denominado de sinapse.
Existem três tipos de nervos
Sensoriais (Aferentes)
Transportam as informações até à espinal-medula ou até ao cérebro, onde irão ser processadas.
Motores (Eferentes)
Transportam as informações processadas nos órgãos centrais para os órgãos periféricos.
Mistos
Realizam tanto a função dos nervos sensoriais como dos nervos motores.
Cronaxia:
velocidade com que uma célula nervosa se pode excitar, ou seja, o tempo que uma célula demora a reagir a um estímulo.
A espinal-medula situa-se no interior e ao longo da coluna vertebral, que lhe serve de proteção.
O cérebro é uma massa nervosa que também se encontra protegida pela caixa craniana. O córtex cerebral constitui cerca de 90% da totalidade cerebral, a parte mais visível.
Teoria das localizações cerebrais
Teoria da unidade funcional
O cérebro é compartimentado em secções estanques
A forma do crânio refleteria a natureza das funções psíquicas, caractér, personalidade...
Acreditava poder localizar no cerébro zonas especializadas
Lobos cerebrais
O córtex cerebral é dividido em áreas denominadas lobos cerebrais, cada uma com funções diferenciadas e especializadas.
Lobo Occipital
Lobo Temporal
Lobo Parietal
córtex somatossensorial
Lobo frontal
Corresponde a 1/3 do volume total do cérebro

Coordena a área motora


Área principal:
permite receber e enviar informação.


Área secundária:
coordena, integra (assimila e processa) a informação

Córtex Visual
Processa os estímulos visuais

Faz com que possamos reconhecer a forma, cor e movimento dos objectos
Se houver uma lesão na área visual primária o sujeito deixa de ver
Cegueira Cortical
Na área visual secundária a informação recebida é comparada com dados anteriores, dando significado ao que vemos

Se houver uma lesão nesta área, a pessoa vê na mesma mas não consegue identificar o que vê.
Agnosia Visual
A área visual das palavras também faz parte desta região, sendo a capacidade de ler

Alexia (cegueira verbal):
incapacidade de reconhecer o significado de palavras escritas
Córtex auditivo
Processamento da audição

Contribui para alguns aspectos mais complexos da audição

Área auditiva primária:
É estimulada quando são produzidos sons.
Se houver uma lesão a pessoa deixa de ouvir sofrendo uma surdez cortical.
Área Auditiva secundária:
Onde os sons são reconhecidos.
Se houver aqui uma lesão o sujeito fica a sofrer de agnosia auditiva
Continua a ouvir mas é incapaz de reconhecer os sons, mesmo que sejam vulgares
Entre o lobo temporal e os lobos parietal e occipital situa-se a área de Wernicke (área auditiva da linguagem).
Permite compreender o que os outros dizem e organizar as palavras para formar frases lógicas.

Se houver lesão nesta área a pessoa sofre de surdez verbal
As palavras ouvidas não têm sentido,a pessoa é incapaz de interpretar o seu significado.
É a área sensorial

É responsável por receber os estímulos do exterior como a dor, o tacto ou a temperatura
Uma lesão nesta área irá comprometer a sensibilidade tátil, térmica ou do resto do corpo.
Anestesia cortical
A área secundária interpreta, analisa e integra as informações recebidas pelo córtex
Agnosias somatossensoriais:
Incapacidade de reconhecer objectos pelo tacto, localizar sensações táteis ou térmicas.
Se esta for lesionada a pessoa revela dificuldades em relação à localização das sensações táteis ou térmicas; ou à distinção de sensações de diferente qualidade e intensidade
Quem descobriu esta zona somatossensorial foi Wilder Penfield. Este utilizava como técnica a estimulação elétrica do cérebro.


Homúnculo (homem deformado) :
Córtex motor
A área primária é responsável pelo movimento dos músculos
Uma lesão nesta área provoca paralisia cortical, ou seja, o individuo fica incapaz de realizar movimentos
A área secundária é responsável pela organização ordenada e coordenada dos movimentos
Apraxia
Agrafia
Afasia
Área de Broca
Foi descoberta por Paul Broca numa autópsia a uma pessoa que sofria de perturbações profundas na linguagem, tendo lesões nesta área
É responsável pela produção de discurso
Soldado Zasetsky
(Bala perfurou o lado esquerdo do cérebro)
Visão fragmentada

Perceção de espaço afetada

Perda de capacidades como ler e escrever

Dificuldade em compreender mesmo os conceitos mais básicos
Elliot
(Intervenção cirúrgica, remoção de um tumor no cortéx frontal)
Personalidade completamente alterada

Perde a capacidade de sentir emoções

Dificuldade em seguir ou fazer planos
"Corretor de Bolsa"
(Lesão cerebral na referida área)
Personalidade completamente alterada

Passou de um homem afavél e amigo para um ser com atitudes desrespeitosas e má convivência com os outros
Considerava que essas áreas não funcionavam de modo independente
Harrison
(6 anos, ataques de epilepsia)
Removeu a parte esquerda do cérebro, parte responsável pela linguagem, visão, movimentos do lado direito...

Porém, quando acordou, começou a falar, cantar e a movimentar-se, tendo havido um processo de recuperação de dia para dia e uma reaprendizagem
O sistema nervoso, de modo especial, o cérebro, funciona com um todo, como uma unidade funcional.
Há transferência de funções para outras áreas
Função vicariante: Capacidade que as zonas cerebrais possuem de exercer a função que competia a determinada área, mas que não pode desempenhar por ter sido lesionada
Especilização: o cérebro não funciona como um todo indifirenciado,havendo zonas que dão o seu contributo específico para o comportamento
Integração:funções complexas envolvem a coordenação de várias áreas do cérebro
Franz Joseph Gall
Full transcript