Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Savana vs. Cerrado

No description
by

Ana Beatriz

on 20 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Savana vs. Cerrado

Savana vs. Cerrado
Savanas
Cerrado
Onde?
O que é?
Ele pode ser dividido, basicamente, em três sentidos diferentes: 1) o mais abrangente, Cerrado, se refere a um domínio fitogeográfico com uma tipica vegetação, usado muito para dizer o bioma dominante do Brasil Central; 2) Cerrado sentido amplo ( lato sensu), quando se refere as formaçoes savanicas e campestres, incluindo desde o cerradão até o campo limpo - campos tropicais, das savanas e das florestas estacionais; e 3) cerrado sensu stricto (sentido estrito), quando estivermos nos referindo a uma das fisionomias savânicas do
cerrado sensu lato.
Onde?
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS
Centro de Ciências Biológicas e da Saúde – CCBS
BACHARELADO EM GESTÃO E ANÁLISE AMBIENTAL
Biogeografia
Professora Sônia Buck
Ana Beatriz Toledo Cunha
biatoledo@live.com
Pedro A. Munhoz
peamunhoz@gmail.com
Objetivos
Definir cerrado e savana, possibilitando a comparação
Discutir as principais semelhanças e diferenças e suas causas
O que é?
Savana vem sendo definida como um bioma intermediário entre florestas e campos abertos (estepes).
Portanto, ao se dizer “bioma savana” é uma referência a vegetação de certa área geográfica que ocorre no clima Tropical, com chuvas de verão e invernos secos.


Fonte: Salvat Editora do Brasil, v.1, n.1, 1979.
Vegetação aberta, zebras, girafas e gnus.
Savanas Tropicais pelo mundo
Fonte: contracapa de Bourliére, 1983.
Bioma
Bioma é uma área geográfica com um agrupamento de fisionomia homogênia que é delimitado pelo clima, vegetação dominante, padrão de crescimento e reprodução. Um dado bioma pode se formar em diferentes partes do mundo. É um conceito funcional-fisionômico.
Fonte: BIOTA-Educação - Bioma cerrado -FAPESP (2013)
Fitofisionomias do Cerrado
Fonte: Stylus Comunicações, 1990
Fonte: Fábio Castelo, 2011
Fonte: Geo - Conceição, 2012
Savana vs. Cerrado
Na Era Paleozóica, cerca de 200 milhões de anos atrás, existia um único super continente chamado Pangéia. Na Era Mesozóica, 130 milhões de anos, ele se fragmentou devido a deriva continental. Logo, a América do Sul e a África eram um mesmo continente que foi dividido. Isso quer dizer que as semelhanças entre eles eram muitas e algumas dessas permanecem até hoje. Analogamente, outras delas se perderam ao longo do tempo. É possível dizer, de certa forma, que os continentes compartilham "biomas" iguais, porém com algumas peculiaridades em cada área, que é o caso das Savanas Africanas e do Cerrado Brasileiro.

Megafauna
Nas savanas africanas, se encontram os grandes mamíferos, como elefantes e girafas. Porém, o maior mamífero encontrado aqui é a Anta, com no máximo 300 kg e 2 metros de comprimento. Entretanto, havia mamíferos com tamanho porte aqui, e eles eram ainda mais abundantes que na África. Ocorreu que no final do Pleistoceno para o Holoceno, o clima e outros fatores fizeram a megafauna da América do Sul sucumbir.

Fonte: Agência AFP, 2013
Equivalentes ecológicos
Com essa imensa extinção, nossos biomas sofreram grandes impactos. Aqueles megaherbívoros tinham alta funcionalidade na ciclagem de nutrientes: um elefante pode devolver ao ambiente 135 quilos de estrume por dia (Owen-Smith 1992). Essa diferença, por exemplo, pode explicar em parte o solo pobre do nosso cerrado em relação as savanas africanas. Essas diferenças forçaram alguns animais a assumirem o papel ecológico de outros, no cerrado as formigas e os cupins foram eficazes em ocupar a funcionalidade de herbívoria, desocupada pelos megamamíferos extintos. Estes, não consomem tanto quanto os mamíferos, porém são capazes de atuar como beneficiários para as plantas e para o ecossistema em geral.

Fonte: http://vai.la/23fY
Fonte: Integrado, 2013
Referências
RIZZINI, C. T. A flora do Cerrado: análise florística das savanas centrais. In: SIMPÓSIO SOBRE O CERRADO, 1962. São Paulo, Anais. São Paulo: EDUSP, 1963. p.127-177.
SHIMWELL, D. W. The description and classification of vegetation. London: Sidgwick & Jacson, 1971. 322p. (Biology Series).
COUTINHO, L.M. 1978. O conceito de cerrado. Rev. Bras. Bot. 1(1):17-23.
COUTINHO, L.M. 2006. O conceito de bioma. Acta Bot. Bras. 20(1):1-11.
COLLINSON, A. S. Introduction to world vegetation. Londo: Unwin Hyman Ltd. 1988. 2ed. 325p.
FARIÑA, R., S. F. Vizcaíno, and M. R. Bargo. 1998. Body mass estimations in Lujanian (Late Pleistocene-early Holocene of South America) mammal megafauna. Mastozoologia Neotropical 5:87-108.
OWEN-SMITH, R. N. 1992. Megaherbivores. Cambridge studies in Ecology, Cambridge University Press, UK.
ALEXANDRE, d. Y. 1978. le role disseminateur des elephants en foret de Tai, Cote-D'Ivore. La Terre et la Vie 32:47-72.
NCHANJI, A. C., and A. J. PLUMPTRE. 2003. Seed germination and early seedling establishment of some elephant-dispersed species in Banyang-Mbo Wildlife Sanctuary, south-western Cameroon. Journal of Tropical Ecology 19:229-237.
GALETTI, M. 2004. Parques do Pleistoceno: recriando o Cerrado e o Pantanal com a megafauna. Natureza & Conservação 2:19–25
DE VIVO, M. CARMIGNOTTO, A. P. 2004. Holocene vegetation change and the mammal faunas of South America and Africa. J Biogeogr 31: 943–957
WALTER, B.H. 2006. Fitofisionomias do bioma Cerrado: síntese terminológica e relações florísticas. Tese de doutorado em Ecologia, Universidade de Brasília, Brasília.
BATALHA, M. A. 2011. O Cerrado não é um bioma. Biota Neotropica 11

Obrigado!
Full transcript