Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Os Cinco Reinos de Whittaker: Considerações gerais

No description
by

Tiago Saboia

on 3 February 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Os Cinco Reinos de Whittaker: Considerações gerais

Eubactérias
Archaebacteria
Reino Monera
Os Cinco Reinos (Whittaker, 1969)
Prof. Msc. Tiago Saboia
Alveolata
Euglenozoa
Stramenopila
Rhodophitas
Chlorophytas
Briófitas
Angiospermas
Gmnospermas
Pteridófitas
Ascomicetes
Basiodiomicetes
Poriferos
Cnidários
Platelmintos
Reino Protoctista
Reino Plantae
Moluscos
Nematelmintos
Anelideos
Equinodermos
Reino Fungi

Artopodes
Cordados
Reino Animalia
Sistemas de classificação: pequeno histórico
Sistemas de classificação:
formas de organização dos seres vivos a partir de determinados critérios;
refletem a visão dos seus autores e da comunidade científica em um dado contexto.
Até meados do séc. XIX:
Seres vivos em dois reinos: Plantae e Animalia
unicelularidade ou pluricelularidade, fototrofismo, heterotrofismo, seres com ou sem locomoção.
Limitações: bactérias, euglenas e fungos estarem incluídos no Reino Plantae.
Avanço do microscópio
:
em 1866 o biólogo alemão Ernest Haeckel propõe um terceiro reino;
Reino Protista
(bactérias, protozoários e fungos)
Herbert Copeland (1902-1968) introduziu um novo reino:
Reino Monera
novo critério: seres procariontes e eucariontes.
Em 1969 uma nova classificação dos seres vivos é proposta:
Ecologista americano Robert H.Whittaker: Cinco Reinos
Critérios de fundamentação da classificação em cinco reinos:
Organização Celular (Uni ou Pluricelulares);
Modo de nutrição (autótrofos ou heterótrofos);
Tipo de Célula (Procarionte ou Eucarionte);
Interações no ecossistema.
Em 1980: modificação no Sistema de Cinco Reinos proposta pelas Biólogas Lynn Margulis e Karlene Schwartz;
Modificação do Reino Protista
Protoctista
(Inclui todas as algas)
Sistemas de classificação mais recentes
Criação de grupos superiores ao reino (Super-reinos ou Domínios)
Comparação de dados moleculares (sequências nucleotídicas, de genes ou de aminoácidos em proteínas);
Carl Woese, 1990: Três Dominios
Bacteria;
Archaea;
Eukaria;
Reino Monera
Organismos procariontes, unicelulares, autotróficos e heterótrofos;
Arqueobactérias, bactérias e cianobactérias
Um dos mais bem sucedidos seres vivos da Terra;
todos os habitats concebíveis do planeta
Estrutura e morfologia
Desprovidos de núcleos, organelas e citoesqueleto;
Paredes celulares distintas:
Bactérias
Peptidioglicano
Archeas
Grande quantidades de proteína
Estrutura e morfologia
Fisiologia
Bactérias
Heterotróficas
Autotróficas
Fotossíntese
Quimiossíntese
Decompositores
Parasitas
Mutualistas
Nutrição
Respiração
Aeróbicas
Anaeróbicas
Facultativas
Reprodução
Assexuada:
Bipartição
Esporulação
Sexuada:
Transformação
Conjugação
Transdução
(absorção de DNA bacteriano solto no meio)
(vírus é o intermediário na transferência de DNA)
(transferência através de ponte citoplasmática.
Importância das bactérias
Na indústria alimentícia;
Na indústria química e farmacêutica;
Participação no ciclo do nitrogênio
Decomposição da matéria orgânica
produção de vinagre, coalhadas, iogurtes, queijo
produção de ácido butírico, acetona, butanol, antibióticos.
Cianobactérias
São todas autótrofas fotossintetizantes
mas não possuem cloroplastos
Possuem outros pigmentos acessórios, como:
Carotenóides
(pigmentos semelhantes ao caroteno da cenoura)
Ficoeritrina
(típico das cianobactérias encontradas no Mar vermelho)
Ficocianina
(pigmento de cor azulada)
Cianobactérias
Importância
Sanitária
Ecológica
Econômica
Drogas anti-tumorais, assim como para o tratamento da asma, artrite, diabete, malária, herpes etc...
fixadoras de nitrogênio
Produzem substâncias de efeito nocivo sobre outros seres vivos
Arqueobactérias
Na área médica;
Causadora de inúmeras doenças :
Botulismo, bronquite, cólera, disinteria, gastrite, etc.
Pteridófitas do gênero Azolla em associação com cianobactérias do gênero Anabaena
Archaea = antigo/primitivo
São os seres mais antigos que conhecemos;
Sofreram poucas modificações desde os procariotos precursores;
São semelhantes às bactérias em muitos aspectos da estrutura celular;
ausência de um núcleo celular diferenciado
Bioquímica única entre os seres vivos;
Vivem em ambientes extremos
Suportam temperaturas em torno de 121ºc
Arqueobactérias
Poucas espécies conhecidas:
Halófitas:
Metanogênicas:
Pântanos, no fundo dos oceanos, estações de tratamento de esgotos e no tubo digestivo de algumas espécies de insectos e vertebrados herbívoros;
produzem metano (CH4) como resultado da degradação da celulose;
Vivem em ambientes hipersalinos;
Termoacidófilas:
Zonas de águas termais ácidas (temperaturas entre 70 e 150ºC );
metabolizam enxofre
Reino Protoctista
Seres eucariotos;
Possuem superficie celular flexivel;
Caracteristicas:
Citoesqueleto;
Envelope nuclear;
Vesículas digestivas;
Inclui:
Protozoários: unicelulares e heterótrofos;
Algas: uni ou pluricelulares autótrofos fotossintetizantes;
Formam um grupo Parafilético
Reino Protoctista
Protozoarios:
Vida livre ou parasitas;
Classificação segundo o sistema locomotor:
Filo Sarcodina
Locomoção caracterizada pela emissão de pseudópodes
Ex: Entamoeba histolítica
Filo Mastigophora
Deslocamento por propulsão flagelar
Ex: Trypanosoma cruzi e Trichonympha
Filo Ciliophora
Movimentação mantida por curtas e numerosas estruturas ciliares
Ex: Paramécium
Filo Apicomplexa (Sporozoa)
Não possui apêndices locomotores, sua dispersão é realizada através de esporos
Ex: Plasmodium vivax, causador da malária
Reino Protoctista
Algas:
tamanho pode variar entre 2 e 1000 μm;
Eucariontes;
Unicelulares ou pluricelulares;
Autótrofos fotossintetizantes.
Grupo diverso de organismos geralmente aquáticos ou de ambientes úmidos;
Algas verdes, são considerados o ancestral evolutivo das plantas;
algas não são plantas (embrião multicelular)
Organizadas em três grupos: Stramenopila, Rhodophyta e Chloropyta.
Reino Protoctista: Algas
Stramenopila
Diatomáceas
Algas Marrons
Diatomáceas:
Unicelulares;
Podem associar-se formando filamentos;
Autótrofas fotossintetizantes;
Reproduzem-se tanto sexuada quanto assexuadamente
Algas Marrons:
Multicelulares
Compostas por filamentos ramificados ou de crescimento foliares (talos);
A cor é uma combinação de fucoxantina (amarelo-alaranjado) com o verde das clorofilas A e C;
Incluem os maiores protistas
Gênero Macrocystis atigem mais de 60 metros de altura
Rhodophytas: Algas vermelhas
Multicelulares
Coloração devido ao pigimento ficoeritina
Utilizadas como fonte de ágar (utilzado como meio de cultura)
Chlorophytas: Algas verdes
Compartilham caracteres unicos nos protistas
Contém clorofila A e B
Armazenam suas reservas na forma de amido em plastídeos
Grupo mais numeroso e diversificado de algas;
Habitam diversos ambientes:
90% são de água doce
representantes marinhos são bentônicos
representantes terrestres podem viver sobre troncos ou barrancos úmidos
Reino Fungi
Organismos heterótrofos com nutrição por absorção;
Grande variedade de modos de vida:
Saprófagos
Parasitas
Associações mutualísticas
Apodrecimento de alimentos e madeira
Provocar doenças em plantas e em animais, inclusive no homem;
Podem ser aeróbios ou anaeróbios (fermentação);
Reino Fungi
Podem ser unicelulares;
Divididos em 4 filos:
Chytridiomycota
Zygomycota
Ascomycetos
Basydyomicota
Leveduras
Reino Fungi
Estrutura:
Reprodução:
Apresentam reprodução assexuada e sexuada
Reino Fungi
Reino Fungi
Importância:
Responsáveis em grande parte pela decomposição das substâncias orgânicas;

Causadores de doenças;
Antibióticos (bolor do pão Penicillium chrysogenum );
Biotecnologia industrial (fermentação, produção de queijo, enzimas como celulase);
Sistemas de classificação: pequeno histórico
Sistemas de classificação: pequeno histórico
Sistemas de classificação: pequeno histórico
Sistemas de classificação: pequeno histórico
Sistemas de classificação: pequeno histórico
Reino Animalia
Características gerais:
Eucariontes multicelulares;
Heterotróficos que se alimentam por ingestão com digestão intracorporal;
Diferenciação celular e, na sua maioria, tecidular;
Sistema nervoso, que capta informações do meio e coordena a resposta do organismo;
Reprodução sexuada na sua grande maioria;
Reino Animalia
Organizados em nove filos:
Poríferos
Cnidários
Platelmintos
Nematelmintos
Anelidos
Moluscos
Artropodes
Equinodermos
Esponjas
Águas vivas– corais–anêmonas- hidras
Planária- solitárias
Lombriga
Minhocas – poliquetos - sanguessugas
Aranhas – escorpiões – insetos
Estrelas–do–mar – ouriço-do-mar
Caracóis – lesmas – polvos
Cordados
Peixes
Anfibios
Répteis
Aves
Mamiferos
Vertebrados
Invertebrados
Reino Animalia
Organização corporal:
Poriferos
"Portador de poros"
Aquáticos;
Simetria - Radial ou ausente;
Sem estruturas de locomoção;
Caracteristicas gerais:
Não apresentam sistemas;
Cerca de 10 mil espécies (maioria marinha)
Poriferos
Estrutura:
Poriferos
Reprodução:
Assexuada
Sexuada
Cnidários
(do grego knidos, urticante)
Caracteristicas gerais:
Aquáticos (maioria marinhos);
Sésseis ou móveis;
Simetria radial;
Sistema nervoso rudimentat;
Sistema digestivo incompleto;
Tentáculos com estruturas urticantes, Cnidócitos;
Cnidários
Organizado em 3 grupos:
Hydrozoa
Scyphozoa
Anthozoa
Anemonas-do-mar
Corais verdadeiros
Águas-vivas
Platelmintos
platy, achatado; helminthes, vermes
Podem ser de vida livre ou parasitas;
Simetria bilateral;
Corpo achatamento dorsoventralmente;
Acelomados;
Sistema digestivo incompleto;
Classificados em três grupos:
Sistema excretor rudimentar (células flama);
Classe Turbellaria
Classe Cestoda
Classe Trematoda
Fasciola hepatica
Schistosoma
Solitárias
Planárias de água doce
Nematelmintos
Platelmintos
Tubo digestivo completo;

Pseudocelomados;
Sistema nervoso : anel nervoso envolta do esofago;
Reprodução: normalmente dióicos com reprodução sexuda;
Representantes:
Enterobios vermiculares
Ancylostoma duodenale
Ancylostoma braziliense
Tuxina
Moluscos
Animais de corpo mole
Segundo filo em diversidade de espécies;
Maioria dos representantes marinho;

ostras, as lulas, os polvos e os caramujos
Filo variado e diverso:
Algumas vezes protegido por conha calcária
Principais grupos:
Gastropoda
Bivalvia
Cephalopoda
gaster, estômago + pous, podos, pé
Moluscos
Gastropodes:
Moluscos
Bivalvia:
Moluscos
Cefalópodes:
kephale, cabeça + pous, podos, pé
Anelideos
Corpo seguimentado (metamerismo);
Caracteristicas gerais:
annelus, pequeno anel + ida, sufixo plural
Mais de 200.000 espécies
inclui as minhocas, poliquetas e sanguessugas
Tamanho corpóreo variando de milímetros a até mais de 5 metros;
Sistema circulatório fechado;
Sistema nervoso é ganglionar;
Anelideos
Equinodermos
Corpo não segmentado com esqueleto calcário;
Caracteristicas gerais:
Simetria radial ou birradial;
Sem cabeça e cérebro (poucos órgãos sensoriais);
Animais exclusivamente marinhos;
Sistema Ambulacrário (locomoção);
Sistema digestivo completo, mas sem circulatório;
Equinodermos
Cordados
Caracteristicas gerais:
Fendas faringeanas;
Cordão nervoso dorsal oco;
Cauda que se estende para trás;
Haste de sustentação dorsal (notocorda);
Cordados
Filogenia
Divididos em três subfilos:
Cephalochordata
Urochordata
Vertebrata ou Craniata
Cordados
Vertebrados:
Presença coluna vertebral
Substitui a notocorda como eixo principal de sustentação
Plano corporal
Esqueleto interno rígido
Crânio anterior com cérebro
Orgãos internos suspensos em um celoma
Sistema circulatório controlado pelo coração
Peixes
Aquáticos;
Tipicamente ectotérmicos;
Possuem o corpo fusiforme;
Linha lateral
Caractristicas gerais:
Peixes
Divididos em dois grupos
:
Osteichthyes
Chondrichthyes
Peixes
Desenvolvimento da mandíbula
Peixes
Bexiga natatória
Tetrápodas
Filogenia:
Tetrápodas
Animais com quatro membros;
Descendentes dos peixes pulmonados com nadadeiras lobadas;
Anfibios
Divididos em 4 grupos:
Anfi = duas; bio= vida
Anfíbios atuais pertencem a subclasse Lissamphibia;
três ordens:
Urodela (Caudata)
Anura
Gymnophiona (Apoda)
Répteis
Podem viver na terra sem grandes dependencia da água;
Ectotérmicos ( não possuem temperatura corporal constante;
Pele seca revestida por escamas dérmicas (placas ósseas de origem dérmica;
Todos amniotas
A maioria carnívoras e ovíparas
Répteis
Grupos atuais são:
Sphenodontia
Crocodilia
Testudinae
Squamata
Tuatara
Aves
Caracteristicas gerais:
Membros pares anteriores geralmente modificados para vôo;
Epiderme recoberta por penas e pés com escamas;
Esqueleto ossificado com cavidades aéreas;
Mamíferos
Caracteristicas gerais:
Corpo coberto por pêlos;
Glândulas sudoríperas, odoríferas e mamárias;
Maxila inferior formada por um único grande osso;
viviparidade obrigatória
Artrópodes
Myriapoda (Diplópodes, Quilópodes
Subdivisões:
Hexapoda (Insetos);
Crustacea (Classe Malacostraca: lagostas, caranguejos, camarão, tamarutacas, tatuzinho-de-jardim, siri.)
Chelicerata;
Artrópodes
Exoesqueleto rígido;
Caracteristicas gerais:
Simetria radial ou birradial;
Metameria (corpo segmentado);
Vários pares de apêndices articulados;
Desenvolvimento pode ser direto ou indireto;
Fecundação é interna;
arthros = articulado e podos = pés
Full transcript