Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Coesão Textual - Mecanismos de articulação

No description
by

Raquel Nogueira

on 16 March 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Coesão Textual - Mecanismos de articulação

Coesão e Coerência - Mecanismos de articulação no texto
1.1 Procedimento de referenciação:
Preenchimento de sentido de um elemento a partir de outro elemento linguístico ou extra-linguístico (o referente).

Pode acontecer por
antecipação
(Catáfora) ou por
retomada
(Anáfora)
Mecanismos de Coesão
Definição: diz respeito ao
encadeamento
(estruturação, vinculação) e relaciona-se com a produção da coerência do texto.
É como o "cimento" do texto
A Coesão Textual ocorre de duas formas: Referencial e Sequencial.

Dentre as estratégias de
Coesão Referencial
, vale destacar as seguintes
1. A referenciação (Antecipação/Retomada)
2. A elipse
3. A coesão lexical
3.1 Por substituição/Repetição
3.2 Por contiguidade
3.1 Substituição/Repetição
Dois mecanismos com mesma função coesiva, porém com usos diferentes.
3. A Coesão Lexical:
Consiste na repetição ou na retomada de um referente por sinônimos, hipônimos, hiperônimos, expressões de sentidos equivalentes ou de mesmo campo semântico.
A Coesão Sequencial
É majoritariamente relacionada ao uso de conectivos (conjunções) no texto, mas envolve também outros mecanismos responsáveis pela construção da
lógica
textual.
Largamos na frente, porém, há que se dizer –
nem de longe somos os mesmos no quesito pioneirismo
. A propósito, para não deixar dúvida sobre
isto
, o sistema de car sharing de São Paulo já avançou muito, embora os “pequenos” de lá não sejam tão notáveis assim, usam combustível “sujo”, não nasceram preocupados com o meio ambiente.
Foi dito,
aqui
, que a ideia é
melhorar a mobilidade no município
e
isto
poderia ser até animador se os veículos (no começo, apenas três) não fossem circular por ruas que em nada combinam com a modernidade da proposta. E então desponta aquela segunda Recife, onde o controle urbano chega a parecer lenda, tal a dificuldade em se conseguir o cumprimento das leis, que são tantas quanto a incapacidade de fiscalizá-las.
Os pronomes demonstrativos e a referenciação no texto
Ex.1: Ao mesmo tempo, bicicletas seguem sendo vistas como objetos de estimação de “gente descolada” em busca de vitrine e não como um dos modais mais prestigiados e em expansão no mundo (de fato) moderno.
Neste
mundo, inclusive, as leis de trânsito não são flexíveis nem tolerantes com infratores, que pagam caro quando tentam burlá-las. Mas é caro mesmo.
Ex.2: As regras de estacionamento particulares vão fazer parte de uma política pública. De acordo com o Instituto da Cidade Pelópidas da Silveira, o estudo que será incluído no Plano de Mobilidade do Recife (...) e trará regras para instalação dos estacionamentos, que afetam diretamente a circulação viária.
A mudança na política da implantação desses equipamentos já é uma tendência adotada em outros países. Os urbanistas partem de um pressuposto básico: o carro vai onde há espaço para estacionar.
Dessa
forma, não há como pensar em reduzir ou redirecionar o tráfego com estacionamentos em qualquer esquina.
Com a função de situar objetos do texto em relação às três pessoas do discurso - eu, tu, ele -, os pronomes demonstrativos servem tanto à catáfora quanto à anáfora. Além disso, podem fazer referência a elementos textuais ou extra-textuais.
Jardineiros voluntários cuidam das plantas da Estrada da Batalha
mar, 12, 2015 - Jailson Paz - DP

Quem trafega no início da manhã pela Estrada da Batalha, em Jaboatão dos Guararapes, deve ter visto dois homens regando as árvores que sobrevivem no corredor.

Os aposentados Ramiro Machado
, 81, e Luiz Gonzaga Lira, 68, resolveram agir ao perceber que as mudas plantadas pelo estado morriam por falta de cuidados.

Para o trabalho,
eles
não precisam de grandes recursos.

Além da dedicação diária,
aos dois
bastam pás, baldes e garrafas plásticas, com as quais montaram um sistema de irrigação.
ATENÇÃO!
Pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos funcionam como elementos de referenciação (substituição) no texto, uma vez que retomam ou antecipam outros termos ou expressões, além deles, os advérbios de lugar e os numerais também podem exercer essa função.
PRONOMES PESSOAIS

Pronomes pessoais do caso
reto
: Eu, tu, ele(a), nós, vós, eles (funcionam como sujeito)
Pronomes pessoais do caso oblíquo (funcionam como objetos diretos ou indiretos dos verbos):
a) Oblíquos Átonos:
me, te, se, o, a, lhe, nos, vos, se, os, as, lhes
b) Oblíquos Tônicos:
mim, ti, si, ele, ela, nós, vós, si, eles, elas - Aparecem sempre regidos por preposição.

PRONOMES POSSESSIVOS

Podem substituir adjetivos ou substantivos
Variáveis em gênero e número
MEU
TEU
SEU
NOSSO
VOSSO
SEU
Duas Recife numa só: escolha a sua
ago, 07, 2015 - Paulo Goethe - DP
2. Elipse
Apagamento de palavra ou trecho que pode ser recuperado pelo contexto.
Gêmeas siamesas sentem as mesmas emoções e desafiam a medicina
Ago, 18 - 2015 - DP
As gêmeas siamesas Tatiana e Krista Hogan
intrigam e desafiam a medicina.
As irmãs
nasceram ligadas pelo crânio e dividem o mesmo cérebro. Por causa disso,
elas
sentem as mesmas emoções e até pensamentos.
Hoje, aos sete anos de idade,
as crianças
comemoram.
Elas
aprenderam a andar, falar e até mesmo a discutir uma com a outra. No passado, segundo seus pais, já foram até desenganadas pelos médicos, que afirmaram que
as duas
não sobreviveriam um único dia.
As meninas
canadenses moram com a família na British Columbia, nos Estados Unidos, e vão viver assim, juntinhas, até o resto de suas vidas, pois elas não podem ser separadas.

Substituição
A reinvenção do Google
14/08/2015 - Carlos Castilho - OI

Desde o dia 10 de agosto, o sistema de buscas
Google
passou a ser controlado por uma empresa chamada Alphabet. Trata-se de uma reengenharia corporativa destinada a dar mais autonomia às quase 20 empresas, antes abrigadas sob o guarda-chuva
Google
. Para o usuário comum, não haverá alterações sensíveis. Já para os investidores, a coisa muda, embora ainda haja muita incerteza sobre a Alphabet, que segue o modelo corporativo do conglomerado Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffet. Para entender melhor as mudanças na empresa
Google
, o editor Carlos Castilho recomenda os seguintes textos:

Google 2.0: tudo que você precisa saber sobre a Alphabet
Google by the letters
A New Company Called Alphabet Now Owns Google
What Would Alphabet Do?
Repetição
A redução do preço da bandeira tarifária poderá representar uma redução muito pequena na conta de luz do consumidor residencial pernambucano, segundo cálculos feitos por especialistas do setor. Se houver um corte de 20% no preço,
a queda
será de 2,4% no total cobrado mensalmente. Se a
diminuição
for de 15%, os consumidores terão uma diminuição de 1,8% na tarifa.

“É uma
diminuição
insignificante. Não vai fazer diferença na
conta
.
Subiu muito
este ano. Na hora de
baixar
, quase ninguém vai
perceber
”, lamenta a desempregada Maria Quitéria Bezerra de Santana, que está desempregada e ficou com uma
conta mensal
de cerca de R$ 100 depois dos aumentos que ocorreram em 2015. Em dezembro do ano passado, a
conta
dela não chegava aos R$ 90.

Pelo menos 10 criminosos participaram da
chacina
em que 18 pessoas foram
assassinadas
na semana passada na Grande São Paulo. Segundo o secretário de Estado da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, as investigações identificaram três grupos responsáveis pelos
ataques
feitos na última quinta-feira (13) em Osasco, Barueri e Itapevi. “São, no mínimo, 10 criminosos envolvidos. As imagens apontam que havia quatro pessoas no [carro] Peugeot e mais duas em uma motocicleta, em Osasco”, disse hoje (17) Moraes.

As testemunhas começaram a ser ouvidas. Ainda na tarde de hoje, deverão ser tomados os depoimentos das vítimas que sobreviveram à chacina. Três baleados permanecem internados, sendo um em estado grave. Os laudos indicam
o uso de armas
de quatro calibres: 380, 45, 38 e 9 milímetros (mm). O
caso
é investigado por uma força-tarefa composta por 70 policiais civis e técnico-científicos, além da Corregedoria da Polícia Militar.

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
A vida não pára

Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora, vou na valsa
A vida é tão rara

Enquanto todo mundo espera a cura do mal
E a loucura finge que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência

O mundo vai girando cada vez mais veloz
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência

Será que é tempo que lhe falta pra perceber?
Será que temos esse tempo pra perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara (tão rara)

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não pára (a vida não pára não)

Será que é tempo que lhe falta pra perceber?
Será que temos esse tempo pra perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara (tão rara)

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para (a vida não pára não)

A vida não pára
Contiguidade
Um homem
morreu
em um acidente envolvendo um dos filhos do cirurgião plástico Ivo Pitanguy
no fim da noite desta quinta-feira
,

na Gávea, na Zona Sul do Rio
. O acidente
aconteceu

por volta das 23h30m

na Rua Marquês de São Vicente, na altura da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
(PUC-Rio). A vítima
foi
o operário José Fernando Ferreira Silva, de 44 anos.
Conjunções e Coesão
Palavras invariáveis (não flexionáveis) que conectam orações estabelecendo relações de subordinação ou coordenação (sintáticas).

As conjunções nos textos são fortes elementos de coesão sequencial, uma vez que encadeiam ideias
delimitando
o sentido das relações entre elas.
Conjunções Coordenativas
Aditivas
Adversativas
Alternativas
Conclusivas
Explicativas
Relação de coordenação entre orações: orações sintaticamente independentes que são adicionadas (com princípios diferentes) para construir um novo sentido.
Conjunções Subordinativas
Causais
Concessivas
Condicionais
Conformativas
Comparativas
Consecutivas
Relação de subordinação entre orações: em relação à oração principal, a(s) outra(s) funcionam como termo(s) dela (sujeito, objeto, complemento nominal etc.)
Finais
Proporcionais
Temporais
Integrantes
Full transcript