Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Répteis - TARTARUGA, COBRAS E JACARÉS

Animais vertebrados
by

Filipe Alencar

on 23 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Répteis - TARTARUGA, COBRAS E JACARÉS

Importância Ecológica das Tartarugas
VENENO DE COBRA COMO TRATAMENTO MEDICINAL
Espécies ameaçadas de extinção
Comércio de Jacarés
Répteis
Importância ecológica
Importância ecológica
Tartarugas
Presa e predador
As tartarugas marinhas fazem parte da dieta de vários animais, como:
raposas, formigas, lagartos, falcões, abutres, gaivotas, fragatas, polvos, peixes, orcas, focas, crocodilos, entre outros;
Como consumidores se alimentam de esponjas, medusas, algas e grama marinha, entre outros.
Substrato de plantas e animais
100 diferentes espécies de plantas e animais vivendo no casco e órgãos internos de tartarugas marinhas
Reciclagem de nutrientes
Ajudam na locomoção de vários organismos como cracas, tunicados e moluscos, que se agarram aos cascos e os utilizam como meio de locomoção ou suporte para crescer
Predadores
Projeto Tamar
Transferindo energia
Presa
Tráfico
O sumiço de apenas uma espécie de um dos milhares animais presentes no planeta Terra causaria um grande desequilibro na cadeia alimentar.
Tartarugas de Pente
Se alimentar de alguns grupos de esponjas, permitindo que espécies raras se estabeleçam competindo por espaço e nutrientes.
Tartaruga Verde
Herbívoro marinho abundante, consumindo toneladas de algas e grama marinha. Através de sua alimentação seletiva sobre a grama marinha, estimula o crescimento de grama jovem, mais nutritiva.
Proteger as tartarugas marinhas é, portanto, preservar a vida marinha, garantir a sobrevivência do planeta e da humanidade.
Ao desovar, as tartarugas transferem energia ao ambiente terrestre na forma de ovos;
Serve como forma de obtenção de nutrientes e sustento para a vegetação, contribuindo para o desenvolvimento do solo.
Criado em 1980 pelo Ibama, com o objetivo de preservar e proteger a vida marinha.
A principal missão desse projeto é pesquisar, conservar e tratar das cinco espécies de tartarugas ameaçadas de extinção que se encontram no Brasil.
Atua em cerca de 1.100km de praias brasileiras - 23 bases distribuídas em nove dos estados, concentrados nas áreas de desova, alimentação e crescimento das tartarugas.
Rico em biodiversidade
Cerca de 708 espécies de répteis
Comércio ilegal é voltado para os seguintes tipos de atividades:
- Colecionadores particulares;

- Zoológicos;

- Uso do couro para fabricação de produtos;

- Veneno de cobras para fins medicinais;

- Animais de estimação
Essa categoria tem crescido muito ultimamente, resultando em muitos testes clandestinos que atuam de forma ilegal no país em busca de espécies capazes de fornecer substâncias com potencial farmacêutico.
Espécies de répteis mais procuradas para fins científicos e estimativa de preço dos animais vivos no mercado internacional até o ano de 2000
Espécies mais procuradas para fins científicos e estimativa dos preços do grama das substâncias farmacêuticas extraídas de alguns animais brasileiros até o ano de 2000
Exemplos de espécies destinadas a pet shop e estimativa de seus respectivos preços no mercado internacional até o ano de 2000
Os fornecedores dos animais destinados ao tráfico são geralmente povos do interior do país, sem acesso à educação e à saúde, com uma qualidade de vida e renda muito baixa. Sem outra opção a vista, essa população se vê obrigada a caçar animais e vende-los, como forma de complementar a economia doméstica.
Importância Econômica
Essa atividade movimenta em torno de U$ 1 bilhão por ano
Veneno de Cascavel
Usado contra melanoma: câncer de pele.

Atinge somente as células cancerígenas.
(
Ao contrário da quimioterapia)

Agride menos o sistema imunológico: tem menos chance de reação alérgica
Importante para o ser humano.
Veneno de Jararaca

Tratamento de hipertensão


Pessoas atacadas por Jararaca tinham rápida queda de pressão.

Devido a uma substância encontrada no veneno
Tratamendo de doenças degenerativas

BPP — estimular indiretamente a formação de células nervosas no cérebro através da ativação da Brandicina;
Tratamento da Doença de Parkinson

Bradicinina — uma molécula do sangue que ativa células-tronco presentes no cérebro, estimulando o nascimento de novas células neurais.
Jararaca
Anticoagulante;

Ajuda pessoas com veias entupidas por coágulos de sangue.

Trombose.
A caça por jacarés sempre foi grande devido ao seu couro e sua carne.
Daboia
Toxina que ajuda na coagulação do sangue;

Tratamento de ferimentos de pessoas que possuem hemofilia.

Hemofilia - doença sanguínea que dificulta a coagulação do sangue, tornando muito difícil o controle de sangramentos em pessoas que a possuem.
Na década de 90 é legalizado a criação de jacarés em cativeiros no Brasil, sendo controlados pelo IBAMA. Essa prática tem como objetivo proteger o animal da extinção mas ao mesmo tempo continuar com o comércio de pele e carne.
Pele crua, em corte Belly.
Pele ressecada, em corte Hornback
Pele tratada com produtos fungicidas e bactericidas, seguida do processo de secagem e empacotamento
Em pesquisa
Veneno de cascavel como analgésico alternativo à morfina
Tratamento de dores decorrentes do câncer
VANTAGEM: Dura mais tempo e não causa dependência
NOME VULGAR:
Papa-vento-sul
ESPÉCIE:
Anisolepis undulatus
FATORES DE AMEAÇA:
Perda-degração de habitat
BIOMA:
Pampas
NOME VULGAR:
Jararaca-de-Alcatrazes
ESPÉCIE:
Bothropoides alcatraz
FATORES DE AMEAÇA:
Perda-degração de habitat
BIOMA:
Mata Atlântica
NOME VULGAR:
Jararaca-Ilhoa
ESPÉCIE:
Bothropoides insularis
FATORES DE AMEAÇA:
Queimada e tráfico ilegal
BIOMA:
Mata Atlântica
NOME VULGAR:
Jaracuçu-tapete
ESPÉCIE:
Bothrops pirajai
FATORES DE AMEAÇA:
Perda-degração de habitat
BIOMA:
Mata Atlântica, Caatinga
NOME VULGAR:
Tartaruga-cabeçuda
ESPÉCIE:
Carreta carreta
FATORES DE AMEAÇA:
Mortalidade acidental
BIOMA:
Marinho
NOME VULGAR:
Tartaruga-verde
ESPÉCIE:
Chelonia mydas
FATORES DE AMEAÇA:
Mortalidade acidental, caça/captura excessiva, poluição e perturbação humana
BIOMA:
Marinho
NOME VULGAR:
Lagartinha-de-abaeté
ESPÉCIE:
Cnemidophorus abaetensis
FATORES DE AMEAÇA:
Perda/degradação de habitat
BIOMA:
Mata-Atlântica
NOME VULGAR:
Tartaruga gigante (de couro)
ESPÉCIE:
Dermochelys coriácea
FATORES DE AMEAÇA:
Mortalidade acidental, poluição, perturbação humana
BIOMA:
Marinho
Full transcript