Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Efetividade das estratégias de prevenção

Brasília 27 Novembro 2014
by

Gregor Burkhart

on 24 February 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Efetividade das estratégias de prevenção

Informar
Educação
Persuasão
Apresentar modelos

Capacitar
Formação
Treino

Pressão social
Reestruturação ambiental
Restrição
Motivação

Oxitocina
Impulsionar
Impulsividad
Busca de riesgo/sensaciones Emociones intensas
Orientación en los pares
Premacia de lo social
Controle de comportamentos, sensibilidade social
Impulso,
motivação
Conformidade total com os pares,
em hábitos, normas e valores
“Os adolescentes tomam um monte de decisões que uma criança comum de 9 anos consideraria estúpidas”
Podemos responsabilizar o indivíduo jovem? ... confiar na racionalidade?
Informação funciona quando estamos a sós
O que importa é o que
percebemos como normal e aceitável ... e visível
Os contextos sociais e coletivos influenciam os comportamentos
sobretudo de modo inconsciente
Que fazer? - Função
As origens dos comportamentos:
COM-B =
Capacidade (psico-/física)
Oportunidade (social / física)
Motivação (automática / reflexiva)
==> Comportamento (Behaviour)
Oportunidade
física e social
Motivação automática
Cognição
Motivação reflexiva

Preventure (p. indicada)
Unplugged (#tamojuntos)
xkpts.com
Fortalecer Familias - SFP
Life Skills
Limites
Foco no indivíduo -
Auto-controle e "responsabilidade"
Moderação
Negociação com os pares
Pouca atenção ao contexto (grupo, oferta, normas, publicidade, espaços físicos).
Impulsividade
Procura de risco e sensações Emoções intensas
Orientação para os pares
Supremacia do social
Políticas públicas (regulamentos, incentivos)
Feedback personalizado (Rijper 2009, Boon 2011)
Intervenção Breve
Formação em Auto-regulação (Pokhrel 2013) - FRED
Good Behaviour Game (
Jogo Elos)

Competição entre turmas não-fumantes
PAS (Örebro) -
Fortalecendo Famílias
GBG - Efeitos 11 anos mais tarde - sexo masculino
Controle externo --> Auto-controle
Intervenção
+ Controle parental
Redução do consumo
+ Auto-controle dos adolescentes
"As atitudes determinam os comportamentos" ... ?
Fumamos maconha
What Canadian Youth Think about Cannabis - CCSA 2013
Baixa percepção de risco
Poucos efeitos adversos
Não aprendemos com os efeitos adversos
Fumamos
maconha
Acreditamos que todos fumam (">50%")
Escolhemos os amigos em função disso
Legislação contra tabaco inibe-nos de fumar
Em retrospectiva parecem-nos absurdos:
Bares com fumo
Carros em zonas de pedestres
Trabalho infantil
Menos visibilidade do / exposição ao fumo em espaços públicos
"A informação muda os comportamentos" ... ?
"Conhecemos os motivos dos nossos
comportamentos" ... ?
Normas descritivas - "isto faz-se"
Normas injuntivas - "isto é aceito e OK"
Condicionamento implícito - estímulos automáticos
Ignorância pluralista
Pesquisa Suíça e Espanhola
Educar, persuadir
Intervenções em contexto noturno
Campanhas de mass mídia
"Fale com seus filhos" (Indústria do álcool)
"transmitir
mensagens preventivas
" (CCSA 2012)
PROERD no Brasil (Shamblen 2014)
Dermota 2013 - Os consumidores têm mais conhecimentos (health literacy)
A maioria está consciente dos riscos (Yap 2012)
Transferir "redução de danos" para prevenção (
informa-te -> modera-te
) não é consistentemente eficaz (Vogl 2009)
"Perguntemos aos jovens diretamente"
"Falar mais abertamente com os pais" (CCSA 2012)
"Mais informação"
"Direito à auto-destruição"
"Tenho um estilo de vida alternativo e inconvencional"
"Estreitamento" da Norma
"Kernels"
Princípios eficazes

Pais coordenados (PAS)
Time out (SFP, Empecemos)
Controle e pressão social (GBG)
Educação normativa (Unplugged, XKTPS)
Controle parental (PAS, SFP)
Estimular Auto-motivação (BI, MI)
Competências sociais
Parece que...
Tomar riscos é funcional
Processos cognitivos têm pouca relevância
Não regulamos nossos comportamentos livremente
A chave é auto-regulação e controle de impulsos
E controle por outros: normas sociais - pais
Drogas - Obesidade
Delinquência
Constantes a considerar
Auto-controle
Execução
Processos automáticos
Jasinka 2011, Gladwin 2011
córtex
pré-frontal
regiões sub-corticais: motivação e afeto
Status social
Sucesso sexual
Permite rápida adaptação ... a ambientes instáveis ou hostis
Dá prazer e ajuda a amadurecer
Faz muito sentido (Ellis 2012)
Controle parental
menos amigos consumidores (Tornay 2013),
mais forte do que escola (Dever 2012, Fagan 2012, Fulkerson 2008),
mesmo em bairros desfavorecidos (Sariaslan 2013)
em culturas diferentes (Ghandour 2013)
melhora controle inibitório mesmo em famílias desfavorecidas (Molainen 2012, Hardaway 2009)
reduz delinquência, violência, consumo de substâncias
"Redução de riscos"
Implícita em prevenção
Já não tem valor diferenciador
Foca demasiado o indivíduo
Polariza desnecessariamente
Mas tem sido importante
Treinar competências
Mediação em PAS (Koning 2013)
(Hill 2010)
Cognição através da ação
Efetividade das estratégias de prevenção
Oficinas sobre prevenção; SENAD - São Paulo, Fev 2015
Gregor Burkhart
Ilusões sobre nós mesmos
Informar auto-proteção
Ensinar competência de risco
Apelar moderação
O indivíduo no centro, livre
Homo rationalis
Por que praticamos atos que são conhecidamente nocivos a longo prazo?
Não avaliamos Prós e Contras
Atuamos intuitivamente, … e inventamos DEPOIS uns motivos racionais
Aproximação automática e espontânea a certos estímulos + inibição de impulsos fraca
Viés de atenção ==> Craving
Estímulos sensoriais ==> Consumo, também de comida: Watson 2014: “working for food you don’t desire"
"Basear-se em
teorias robustas"
Capacidade
(social, comunicativa)
Motivação reflexiva
"informed choices"
Memórias negativas também são recordadas como estímulos (Krank2010)
"álcool pode fazer mal"
"álcool pode fazer mal"
...
...
"... álcool"
Que fazer?
"um papel ativo e participativo do sujeito"
Normas injuntivas - "isto é aceito e OK"
Os pais se coordenam sobre regras de comum acordo
Prevenção é simples? ... ou perigosa?
A maioria do que é eficaz é contraintuitivo

Precisa de cuidado e é complexo

=> aplicar programas manualizados
sobrevivência da espécie
Full transcript