Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho

No description
by

Joana Esteves

on 15 September 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho

Joana Diniz Esteves QI 3 - Os colaboradores e chefias estão de acordo no que respeita a produtividade depois de desenvolverem APDT? São gastos 58 minutos diários em APDT - Custo de 112.580€/ano


APDT em que se despende mais tempo: conversar, navegar na internet, ir ao café e fumar Consultora SAP

Melhor Empresa Portuguesa para Trabalhar em Portugal

Características Particulares:
Muito Flexível
Responsabilização e Autonomia dos Colaboradores
Open space N=35 Amostra 4 chefias 31 colaboradores 65.7%, sexo feminino
34.3%, sexo masculino Idades: 37 anos (média) Valor médio salarial da equipa 1900€ Atividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho:
Um Estudo De Caso Com Base Numa Abordagem Etnográfica Revisão de Literatura Aviso prévio do estudo

Horário: 8 horas diárias

Observação: 2/3 colaboradores por dia, segundo a sua disposição física

Cada colaborador foi observado em cada dia da semana, a cada hora do dia

Durante 3 meses foram registados todas as APDT Problemática H 1 - Espera-se que os resultados organizacionais não tenham qualquer tipo de relação com as APDT; Observação Directa Metodologia Resultados Discussão dos Resultados Limitações do Estudo e Implicações Futuras Pertinência e Objectivo do Estudo de Caso Questões de Investigação Hipóteses de Estudo H 2 - Espera-se que não existam diferenças significativas ao nível das APDT, para a variável género; H 3.1 - Espera-se que os indivíduos despendam mais tempo em APDT à segunda e sexta-feira; H 3.2 - Espera-se que os indivíduos despendam mais tempo em APDT a meio da manhã e a meio da tarde; QI 1 - Os colaboradores têm noção do tempo que despendem em APDT? QI 2 - Quais os motivos que levam os colaboradores a despenderem tempo em APDT? Caracterização da Empresa Estatísticas Descritivas Questões de Investigação Hipóteses QI 1 - Os colaboradores têm noção do tempo que despendem em APDT?

Sim, para as actividades de conversa, internet, comer, ler, daydreaming

Não, para as actividades de fumar, casa de banho, café e telemóvel QI 2 - Quais os motivos que levam os colaboradores a despenderem tempo em APDT? QI 3 - Os colaboradores e chefias estão de acordo no que respeita a produtividade depois de desenvolverem APDT?

Sim, para as actividades de fumar, casa de banho, internet, comer, ler e daydreaming

Não, para as actividades de conversar, telemóvel e café H 1 - Espera-se que os resultados organizacionais não tenham qualquer tipo de relação com as APDT?
Não existe relação entre os resultados organizacionais e as APDT

Desempenho dos Colaboradores
Exigências no Trabalho
Envolvimento dos Colaboradores
Satisfação com o Trabalho APDT H 2 - Espera-se que não existam diferenças significativas ao nível das APDT, para a variável género

Não existem diferenças para a generalidade das APDT
Existe apenas diferença para a actividade conversa: as mulheres conversam mais do que os homens H 3.1 - Espera-se que os indivíduos despendam mais tempo em APDT à segunda e sexta-feira H 3.2 - Espera-se que os indivíduos despendam mais tempo em APDT a meio da manhã e a meio da tarde
O que fazem os indivíduos no local de trabalho?




A vida pessoal e o lazer entra no local de trabalho dos indivíduos? Afinal Quantas Horas se Trabalha Efectivamente numa Empresa? Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Work/Family Border Theory Perceber como os colaboradores conciliam os diferentes domínios As barreiras entre domínios são claramente ultrapassadas Baseada nestes problemas foi contruída esta teoria Criada a partir da teoria de "spillover": onde os vários domínios se influenciam entre si "Compensation": onde há uma relação inversa entre os domínios A articulação entre os domínios procura explicar o balanço, a ausência de conflito entre destes Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Conversar, telefonar, estar muitas horas na casa de banho, entre outras é considerado um abuso e violação ao horário de trabalho Método Etnográfico Observação Directa
Questionário
Documentos Existentes O QUE PERMITE ESTE MÉTODO? Questionário Amostra Prof. Doutor Aristides Ferreira Espaço, tempo, e comportamentos sociais (vs. emoções) Os indivíduos articulam o trabalho e a família reduzindo o conflito, e ultrapassando barreiras permeáveis e inflexíveis entre estes domínios. Estas actividades serão benéficas ou prejudiciais à organização e ao indivíduo? Visão negativa:
quebras na produtividade
falta de ética por parte dos colaboradores
custo de oportunidade Visão positiva:
balanço entre o trabalho e a família
aumento da satisfação dos colaboradores Balanço Trabalho/Família

Presentismo

Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho 35 colaboradores

consultores

65.7% feminino

média 37 anos

maioria tem formação superior (64.7%) Variáveis Conversa
Fumar
Casa de banho
Internet
Café
Telemóvel
Comer
Ler
Daydreaming APDT Desempenho Organizacional (α = .83)
Exigências no Trabalho (α = .85)
Commitment (α = .90)
Satisfação no Trabalho (α = .70) Questionário Avaliação de componentes como desempenho, exigências, satisfação e commitment Quanto tempo despendem em APDT e quais os motivos subjacentes Conversa
Socialização (37.1%)
Intervalo (28.6%) Hipótese 1 Suportada Hipótese 2 Suportada Quarta-feira - mais tempo
Quarta; segunda; terça; quinta; sexta Hipótese 3.2 Suportada Meio da tarde - 15h - 17h
Meio da manhã - 10.30h - 11h Hipótese 3.1 não Suportada O que se apurou? 58 minutos diários em APDT

O tempo percepcionado é igual ao real apenas em certas actividades [QI1]

Os motivos apontados pelos colaboradores são na generalidade: socializar, on one's mind, conveniência, satisfação de necessidades e necessidade de um intervalo [QI2]

Enquanto que os colaboradores concordam que as ADPT promovem a produtividade as chefias não concordam nem discordam [QI3]

Os resultados organizacionais não têm relação com as APTD [H1]

Não há diferenças significativas das APDT no género (excepto na conversa) [H2]

Os indivíduos despendem mais tempo em APDT à quarta-feira [H3.1]

Os indivíduos despendem mais tempo em APDT a meio da manhã e a meio da tarde [H3.2] O tempo percepcionado é igual ao real apenas em certas actividades [QI1] Sim: conversa, internet, comer, ler, daydreaming
Não há deslocações associdas

Não: fumar, café
Tem de sair do seu local de trabalho
Factor socialização associado [Talley, 2012; Sucala, 2010]

Não: casa de banho, telemóvel
Satisfação de necessidade [Allen, 2011; Fontana, 1993]
Resolução do problema num dado timing Os motivos apontados pelos colaboradores são na generalidade [QI2]:

Dualidade Trabalho/Família: [Clark,2000]
socializar
on one's mind
conveniência

Ciclo de Energia Pessoal: [Fontana, 1993; Douglass, 1987; Allen, 2011]
satisfação de necessidades
necessidade de um intervalo QI 3 - Os colaboradores e chefias estão de acordo no que respeita a produtividade depois de desenvolverem APDT?

Sim: fumar, casa de banho, internet, comer, ler e daydreaming

Não:
conversar, (+)(+/-)
café, (+)(+/-)
telemóvel: (+)(-)

Colaboradores: sentem-se mais motivados, aumenta o bem-estar e consequentemente a produtividade [Wright, 2002]

Chefias: sentem que é perda de tempo pois estão mais expostos ao stress e tem de apresentar mais resultados [Ramos, 2001] Os resultados organizacionais não têm relação com as APTD:

Corrobora com D'Abate 2007:
APDT não beneficiam nem prejudicam os resultados organizacionais

Que posição devem tomar os gestores?
Cooperar:
aumento da satisfação, felicidade - maior comprometimento, melhor desempenho [Cunha, 2009; Fleming, 2005; Greengard, 2000]
facilita o balanço [Marques, 2006] H 2 - Espera-se que não existam diferenças significativas ao nível das APDT, para a variável género

Não existem diferenças para a generalidade das APDT
Difere na conversa: as mulheres conversam mais do que os homens Necessidade de socializar
Articular os diferentes domínios [Ashforth, 2000; D'Abate, 2005; Fontana, 1993] H3 - Tendência temporal Relação das APDT com a felicidade e com a fadiga

Quarta-feira: + infelicidade; + fadiga; + APDT


10.30/11 horas e 15/17horas: frequência de emoções negativas; + APDT Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Tamanho da Amostra
Pequena
Erro tipo II Sugerem-se comparações:

Empresas flexíveis vs não flexíveis
Empresas onde permitam este tipo de actividades vs empresas que não permitam
Empresas privadas vs públicas
Diferentes sectores de actividades Aplicação a uma só empresa Sugere-se a aplicação do mesmo método a um maior n.º de indivíduos Falha no registo de algumas actividades como o uso da internet Mais observadores

Registo vídeo Sugere-se a análise das variáveis de fadiga e felicidade Obrigada pela a atenção. Questões? Implicações Práticas Responsabilização dos colaboradores
Confiança
Não repreensão
Conscencializar os indivíduos para:
Valor do tempo
Interesses pessoais no trabalho
Bom senso e equilíbrio
Método positivo vs punitivo Diferentes papéis

Incompatibilidade dos papéis

Necessidade de articulação Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Que actividades desenvolvem para além do trabalho? Presentismo Colaboradores estão fisicamente presentes no trabalho, mas por algum motivo não estão a produzir a cem por cento Surgem actividades que ajudam a articular o balanço: conversar, telefonar, internet, entre outras [Greengard, 2000] [Cunha, 2009] [Roman, 1996; Verton, 2000] [HR Focus, 2001] [D'Abate, 2007] [Greengard, 2000] [Asforth, 2000] [Clark, 2000] [Staines, 1980] [Staines, 1980] [Vardi, 1996] [D'Abate, 2007] [D'Abate, 2010; Mehl, 2007] [Bryson, 2007] [Mihalcea, 2006] Fumar
Intervalo (57.1%)
Satisfação de necessidades (42.9%) Internet
Conveniência (40.7%)
Timing (18,5%) Daydreaming
Propósito de trabalho (50%)
Intervalo (50%) Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho (em 8 horas de trabalho, excepto hora de almoço) [Wong, 2005] Telemóvel
On one's mind (53.6%)
Timing (28.6%) Café
Satisfação necessidades (47.4%)
Intervalo (31.6%) Ler
Conveniência (100%) Setembro 2012 ISCTE-IUL VII SIMPÓSIO DE COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL [Hemp, 2004] [Mihalcea, 2006; Ziljstra, 2009] [Stone, 2006; Ziljstra, 2009] Joana Diniz Esteves

Orientação: Prof. Doutor Aristides Ferreira

Agradecimento: Prof. Doutor João Vieira Cunha Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Introdução - R. de Literatura - Problemática - Metodologia - Resultados - Discussão - Limitações Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho Actividades Pessoais Desenvolvidas no Trabalho
Full transcript