Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Regras do silogismo

No description
by

José Joaquim Fernandes

on 15 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Regras do silogismo

Regras de validade do silogismo categórico
6.
Em certos estados americanos - como o Texas - existe a pena de morte para crimes violentos. Na Europa, nenhum país permite a pena de morte. Quem tem razão?
Eu considero que os americanos têm razão! Querem saber por quê? Porque aquelas sociedades que são permissivas com os criminosos encorajam a um aumento da violência. Ora, é isso mesmo que acontece com os estados que proibem a pena de morte: como ninguém tem medo, a violência tende a aumentar.

5.
Alguns políticos socialistas não são advogados porque
todos os advogados são conservadores e alguns conservadores não são políticos socialistas.
Formalize os seguintes argumentos na forma de silogismos categóricos e, depois, teste a sua validade.
Exercícios
Ainda que pareça válido, o argumento é inválido e, portanto falacioso. Não existe uma designação para esta falácia.

Alguns treinadores de futebol não são pessoas educadas
Todas as pessoas educadas são respeitadoras dos árbitros
Logo, alguns treinadores de futebol são respeitadores dos árbitros.
Se uma premissa for negativa, a conclusão tem que ser negativa.
Regra 4
Num argumento como este, é impossível retirar alguma conclusão do que afirmam as premissas.
É a chamada “
falácia das premissas exclusivas
”.
Exemplo
Alguns alunos não são pessoas disciplinadas
Nenhuma pessoa disciplinada tem bons resultados
Logo, alguns alunos não têm bons resultados.
Falácias relativas à regra 3
Regra 3
Neste caso, o termo maior “proibido na aula” está distribuído na conclusão mas não está na premissa maior.
É a chamada “
falácia da ilícita maior
”.
Exemplo 2
Todos os objectos electrónicos são proibidos na aula
Nenhum estojo é um objecto electrónico
Logo, nenhum estojo é proibido na aula
Falácias da regra 2
Neste caso, o termo menor “revolucionários” está distribuído na conclusão mas não está na premissa menor.
É a chamada “
falácia da ilícita menor
”.
Exemplo 1
Alguns revolucionários são pessoas violentas
Nenhuma pessoa violenta é de confiança
Logo, nenhum revolucionário é uma pessoa de confiança.
Qualquer termo distribuído na conclusão tem de estar distribuído na premissa
.
Regra 2
Quando esta regra não é respeitada, estamos perante
um argumento falacioso.
É a chamada “
falácia do médio não distribuído
”.
Exemplo
Todas as pessoas religiosas são
crentes
Alguns professores de filosofia não são
crentes
Logo, alguns professores de filosofia não são pessoas religiosas.
O termo médio tem de estar distribuído em, pelo menos, uma premissa
.
Regra 1
4.
Nenhum elefante é primata
Todos os primatas são bípedes
Logo, nenhum bípede é elefante.
3.
Todas as pessoas criativas são originais
Nenhum artista é original
Logo, nenhum artista é criativo
Teste a validade dos seguintes silogismos:
Exercícios
2.
Alguns ditadores são responsáveis por genocídios
Alguns ditadores são pessoas poderosas
Logo, algumas pessoas poderosas são responsáveis por genocídios.
1.
Alguns portugueses são poetas
Todos os alentejanos são portugueses
Logo, todos os alentejanos são poetas.
Teste a validade dos seguintes silogismos:
Exercícios
É o caso do argumento seguinte:
Todos os fanáticos religiosos são uma ameaça para a paz
Alguns árabes são uma ameaça para a paz
Logo, alguns árabes são fanáticos religiosos.
Falácias da regra 2
Ex. 1
Todas as
obras de arte
são belas
Algumas pinturas de Picasso não são belas
Logo, algumas pinturas de Picasso não são
obras de arte
.
Ex. 2
Nenhuma
proposição falsa
exprime conhecimento sobre o mundo
Todas as
proposições científicas
exprimem conhecimento sobre o mundo
Logo, nenhuma
proposição científica
é
falsa
.
Pelo menos uma premissa tem de ser afirmativa.
Regra 3
Se formos verificar todos os anteriores exemplos de argumentos válidos, poderemos constatar que esta regra está a ser respeitada
Eis um argumento que viola a regra 4
Exemplo:
Todas as pessoas que fumam prejudicam a saúde
Nenhuma pessoa que prejudica a saúde é inteligente
Logo, nenhuma pessoa que fuma é inteligente.
Qualquer argumento silogístico para
ser válido deve obedecer a um certo conjunto de regras lógicas. Se um argumento violar qualquer uma dessas regras, então ele é necessariamente inválido e comete uma
falácia
.

Uma
falácia formal
é um argumento dedutivo que
parece válido, mas é inválido.
Existem, como veremos, vários tipos de falácias
formais.
Vamos definir aqui 4 regras que qualquer silogismo deve respeitar para ser válido.
São as seguintes:
7.
Será ou não aceitável a polícia torturar um terrorista para lhe arrancar certas informações que podem evitar um atentado?
Há quem defenda que sim dizendo que qualquer ação da polícia que proteja vítimas inocentes é moralmente aceitável, pelo que não devemos condenar a polícia quando não há outras formas de obter tais informações.
Sinceramente, custa-me a crer que alguns de vocês estejam empenhados no vosso futuro... Isto porque muitos de vocês não estudam regularmente em casa, e, como parece óbvio, apenas aqueles que o fazem estão preocupados com o que vão fazer no futuro.
Estão ou não de acordo comigo?
Full transcript