Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA

No description
by

Letícia Enedina

on 26 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA

ULTRASSÔNICOS
Efeito Doppler
VÓRTICE
Basicamente compreende um anteparo de geometria definida colocado de forma a obstruir parcialmente a passagem de um fluído por uma tubulação, assim, formando vórtices, os quais são medidos.
TÉRMICA
Baseia-se na resolução de uma equação de transferência de calor, em que uma resistência elétrica aquece a corrente fluida e a vazão mássica é igual ao calor transmitido (Q).
CANAIS ABERTOS
Vertedor
MÁSSICO
Por efeito Coriolis
UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA
ENGENHARIA DE ALIMENTOS - 8 FASE
INSTRUMENTAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSO

PROF. FELIPE TOCCOLINI
ALUNOS : JEAN LOPES, LETÍCIA MOTTER E VINÍCIUS DEMENECHI

MEDIDORES DE VAZÃO

- MÁSSICO - VÓRTICE
- ULTRASSOM - TÉRMICA
- CANAIS ABERTOS
Utilizado em diversas industrias, independe de variáveis como densidade, viscosidade, condutibilidade, pressão, temperatura e perfil do fluido.
Possui dois componetes principais
Tubos de sensores de medição
Transmissor
São submetidos a uma oscilação e ficam vibrando a frequência natural, ao passar um fluido pela tubulação ocorre o efeito Coriolis, uma deformação/torção é captada por meio de sensores magnéticos em formato de ondas senoidais. A força gerada pelos tubos gera uma oposição a passagem do fluido na bobina o que auxilia na saída, do fluido, da região dos tubos. O atraso nesta passagem é proporcional a vazão mássica, sendo que a temperatura também é monitorada para compensar as vibrações de deformações elásticas devido a alteração de temperatura.
Composto por um circuito eletrônico que gera sinal para os tubos de vazão, alimenta e recebe o sinal de medida, proporcionando saídas analógicas, de frequência ou digital, as quais são enviadas a receptores que controlam e indicam a vazão instantânea.
Há outro modelo com tubo reto, onde um tubo de medição oscila sobre o eixo neutro A-B sendo percorrido por um fluido com velocidade “V”.
Tempo de trânsito
É a variação de frequência em função do movimento relativo de um emissor e de um receptor de frequência
Não adequado para fluidos particulados e sim para fluidos límpidos, o transdutor-emissor é fixo a
parede externa da tubulação, ao longo de duas geratrizes diametralmente opostas, formando um eixo o qual também forma um eixo com a tubulação e um ângulo alfa.

Assim os transdutores transmitem e
recebem alternadamente ondas ultra-sônicas de duração pequena e em tempo s diferentes (1) para jusante e (2) para montante, e com a diferença destes tempos tem-se base para medir a velocidade do fluido, pela equação:
EQUAÇÕES
Q = A . V (1)
St = L/d (2)
f = St . V/d (3)
EQUAÇÃO
W = ( Q )/ (Cp (T1 – T2))
Mede a altura estática do fluxo em um reservatório que verte o fluido de uma abertura de forma variável
Calha de Parshall
É um tipo de Venturi aberto que mede a altura estática do fluxo, apresenta menor perda de carga que o anterior, medindo fluidos com sólidos em suspensão
DASHBOARD
1/T1 = (Vs – V1 cos alfa)/L

1/T2 = (Vs + V1 cos alfa)/L


Onde: V1 é a velocidade do fluído; V2 é a velocidade do som no liquido e L é a distancia entre os sensores.
Full transcript