Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A posição geografica de Portugal

No description
by

sara simao

on 3 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A posição geografica de Portugal

Os transportes: integração da rede portuguesa na europeia
designed by Péter Puklus for Prezi
Evolução dos Meios de Transporte
Transporte Ferroviário
Desenvolve-se a partir da revolução industrial;

A sua capacidade de carga faz com que seja utilizado no transporte de mercadorias e de passageiros;

A primeira ligação de caminho de ferro em Portugal teve inicio em 1853 ( Lisboa- Carregado);

É o meio de transporte mais económico e menos poluente;

Perdeu muitos dos seus passageiros para o transporte rodoviario.
Transporte Rodoviário
Durante séculos os principais meios de transporte eram as carroças puxadas por animais;

Com a revolução industrial surgem os primeiros engenhos com motor a vapor;

O desenvolvimento do transporte rodoviário deriva da necessidade do Homem se deslocar ente lugares distantes, de forma rápida, confortável e segura;

Através do desenvolvimento de infra-estruturas e da especialização dos veículos, o transporte rodoviário conquista cada vez mais pasageiros, ganhando terreno face ao transporte ferroviário.



Transporte Aéreo
O desejo de voar esteve presente no Homem desde sempre;

A partir da II Guerra Mundial, o transporte aéreo tornou-se o principal meio de transporte de pessoas e mercadorias a nivel mundial, devido à sua rapidez;

É utilizado sobretudo em deslocações exteriores ao país, de média e longa distância;

A SATA foi a primeira companhia aérea portuguesa, tendo realizado o seu primeiro voo em Junho de 1947 entre as ilhas de S. Miguel e St. Maria.
Transporte Marítimo
O mar, para além de ser um meio de transporte, sempre foi considerado uma fonte de rendimento e recursos;

Na época dos Descobrimentos portugueses foram utilizadas caravelas e naus, enquanto hoje em dia é feito o transporte de mercadorias em navios de grande dimensão e viagens turísticas em cruzeiros;

Cerca de 80% do comercio internacional português realiza-se por via maritima , devido à localização geografica de Portugal e à concentração da população no Litoral.
Rodoviário;
Ferroviário;
Marítimo;
Aéreo.

Investimento NOS TRANSPORTES EM pORTUGAL
Efeitos de investimentos passados:
As melhorias em várias linhas de longo curso não chegam ainda para atribuir ao caminho-de-ferro um papel suficientemente dinâmico na mobilidade da população e no domínio do transporte de mercadorias;

O transporte ferroviário revela-se competitivo a escala urbana e suburbana, onde consegue competir com a rodovia, embora a amplitude dos valores do transporte rodoviário urbano ultrapasse em muito a do modo ferroviário;

O papel dos portos de Leixões, Aveiro, Lisboa Setúbal e Sines permitiu um crescimento sustentado, tanto nos graneis de carga como na carga contentorizada. No entanto tem havido dispersão de investimento e as produtividades obtidas na maior parte dos casos são ainda baixas;

Os aeroportos nacionais têm tido crescimento de tráfego quer domestico, quer internacional, em linha com os padrões dominates do setor a escala europeia.
Distribuição dos fundos por setor
A distribuição por setor mostra que a maior fatia do investimento vai para o sector ferroviário, com 2.639 milhões de euros.
PRojetos de investimento prioritários para cada sector
Destacam-se os projectos inseridos na RTE-T principal relativos ao corredor Aveiro/Leixões – Vilar Formoso, corredor Sines/Setúbal/Lisboa – Caia, e conclusão do programa de modernização da linha do Norte.

Destacam-se os projectos inseridos na RTE-T relativos ao Túnel do Marão, corredor do IP3 Coimbra-Viseu, IP5 Vilar Formoso – Fronteira, reabilitação do IC33 entre Relvas Verdes e Grândola e IP8 entre Santa Margarida do Sado e Beja.

Destacando-se os projectos inseridos no Plano Estratégico da ANA relativos aos aeroportos de Porto, Lisboa e Faro.
Fontes principais de financiamento
O financiamento dos projetos prioritarios sera realizado com recurso a financiamento comunitario (2.828M€ que correnponde a 47% do total), financiamento privado (1.880M€ que correspondem a 31% do total) e contrapartida publica nacional (1.359M€ que correspondem a 22% do total).
A POSIÇÃO GEOGRáFICA ESTRATÉGICA DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO
Portugal encontra-se localizado na Costa Oeste da Europa e na convergência de 3 continentes;
A Oeste, somos o país europeu mais próximo do continente Americano;
A Este somos o ponto de entrada para um dos maiores mercados do mundo: a Europa;
Representamos uma plataforma importantíssima para o relacionamento com os PALOP.
PORTUGAL E O MAR: CONTEXTO
Século XV:
Espanha representava uma ameaça para Portugal;
Grande atrocidades na Península Ibérica;
Construção naval e ciência naval em evolução, passando a permitir aos navegadores portugueses a decoberta de novos territórios;
Total virar de costas à Europa.

Século XXI:
Portugal é um país pertencente à União Europeia;
Mercado Único;
Zona Euro(moeda única);
Conflitos com Espanha inexistentes;
Excelente relação com os países europeus;
Excelente relação com os países que hoje representam as antigas colónias.
Como aproveitar a posição geográfica estratégica de portugal?
Ambição: Tornar Portugal o primeiro porto de entrada de mercadorias na Europa.
Desenvolver a rede de transportes convenientemente:
construir novas linhas de caminho-de-ferro que liguem os portos portugueses a Espanha e, consequentemente, ao resto da Europa;
Modernizar as atuais linhas de caminho-de-ferro que ligam os portos portugueses a Espanha e por conseguinte ao resto da Europa (vd. ligação Leixões-Aveiro-Vilar Formoso).

Aumentar a complementariedade entre os vários meios de transporte e, consequentemente a intermodalidade entre os mesmos:
Diminuir a dependência do transporte rodoviário para o transporte de mercadorias;
Maior utilização do caminho-de-ferro para transportar mercadorias.
Aumento da competitividade da rede de transportes portuguesa
Conclusão
Portugal tem neste preciso momento, muito maiores oportunidades de beneficiar da sua posição geográfica estratégica do que no século XV, quando partiu em busca do desconhecido devido à:
Relação magnifica com o seu país vizinho: Espanha;
Integração na U.E., que facilita as trocas entre os vários países europeus.

O desafio português:
desenvolver uma rede de transportes eficaz e eficiente que esteja a altura da ambição do nosso objetivo:



Ser o primeiro porto de entrada de mercadorias na Europa.
Transporte rodoviário
Vantagens:
Desvantagens:

Engarrafamentos;
Reduzida carga de transporte;
Elevada sinistralidade.
Elevada flexibilidade;
Rapidez e segurança;
Facilidade de movimento entre terminais;
Utilizado à escala local, nas entregas "porta a porta".
Transporte ferroviário
Vantagens:
Grande capacidade de transporte;
Alta velocidade e segurança;
Circulação em vias exclusivas.
Desvantagens:
Constante investimento para assegurar a a qualidade e preservação da linha;
O conceito de entrega "porta a porta" é inexistente;
Não tem qualquer tipo de flexibilidade nas suas rotas.
TRANSPORTE MARíTIMO
Vantagens:
Transporta cargas de grande porte (inclusive a granel);
Desvantagens:
Vantagens:
Velocidade;
Grande liberdade de movimento.
Desvantagens:
Poluição atmosférica;
Poluição sonora;
Custo elevado.
transporte aéreo
Baixa flexibilidade;
Necessidade dos produtos transitarem nos portos/ alfândegas(provocam aumentos do tempo de descarga);
Eventuais perdas de carga( vd. derrames de petroleo).
Full transcript