Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Produção Científica de Enfermagem

No description
by

Antonio Carlos Crespo

on 23 July 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Produção Científica de Enfermagem

Introdução
Resultados
Conclusões
Objetivos
(cc) photo by Metro Centric on Flickr
(cc) photo by Franco Folini on Flickr
(cc) photo by jimmyharris on Flickr
(cc) photo by Metro Centric on Flickr
Materiais e Métodos
Identificados: 475 estudos
Periódico
Identificar a produção científica de enfermagem sobre resiliência, disponível em bases de dados internacionais.
Analisar os artigos relativamente às variáveis: base de dados, ano de publicação, idioma, método, autor, periódico, país, temática e instrumentos de medida.
Produção Científica de Enfermagem sobre Resiliência ...estudo bibliométrico...
Manuela Amaral-Bastos
CHP: Serviço Cuidados Intensivos Pediátricos
UCP: Instituto Ciências da Saúde, Centro Interdisciplinar de Investigação em Saúde
PORTO
Os enfermeiros partiram de conhecimentos já disponibilizados por outras disciplinas mas não detiveram os seus estudos tanto na população infantil como outras áreas da saúde, tendo-se dedicado ao estudo da resiliência
ao longo do ciclo vital,
vivências familiares,
grupos de idosos, mulheres, doentes, etc.
Foram parcialmente verificadas as principais leis da Bibliometria, nomeadamente a Lei de Lokta e de Bradford, provavelmente devido ao número de estudos incluídos.
A Resilience Scale é das escalas mais utilizadas nos estudos de resiliência. Contudo, outras têm sido construídas e utilizadas.
A maior parte dos autores estão afiliados a instituições de ensino, sendo diminuto o número de autores da prática de cuidados.
Bases de dados:
BDENF,
B-On,
LILLACS,
Scielo,
PubMed,
Wiley Online Library.
Pesquisa em janeiro de 2012
Descritores Resiliência e Enfermagem

Sem qualquer horizonte temporal.
Critérios de Inclusão:
Estudos em que o primeiro autor é enfermeiro;
Os estudos podem apresentar-se sob a forma de tese, dissertação, artigos de investigação ou revisão da literatura, publicados e acessíveis em bases de dados internacionais.
Critério de Exclusão:
Artigos não disponíveis em texto integral, editoriais, reflexões e comentários.
91 estudos
Variáveis Analisadas
Base de Dados
ano de publicação
Idioma
Método
Palavra Chave
autor
Instrumentos de Medida
País
Temática
Foram elaboradas fichas de leitura
Construída uma base de dados em Excel que permitiu tratar os dados e elaborar tabelas e gráficos.
Bibliografia
1.Vanti N. Da Bibliometria à Webometria: uma exploração conceitual dos mecanismos utilizados para medir o registro da informação e a difusão do conhecimento. Ci Inf. 2002;31(2):152-62.
2.Bufrem L, Prates Y. O Saber Científico Registado e as Práticas de Mensuração da Informação. Ci Inf. 2005;34(2):9-25.
3.Pizzani L, Silva R, Hayashi M. Bases de Dados e Bibliometria: a presença da Educação Especial na base Medline. Rev Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. 2008;4(1):68-85.
4.Anaut M. A Resiliência: ultrapassar os traumatismos. 1 ed. Lisboa: Climepsi Editores; 2005.
5.Infante F. A Resiliência como processo: uma revisão da literatura recente. In: Artmed, editor. Resiliência: descobrindo as próprias fortalezas. 1 ed. Brasil: Artmed; 2005. p. 23-37.
6.Souza M, Cerveny C. Resiliência Psicológica: revisão da literatura e análise da produção científica. Revista Interamericana de Psicologia. 2006;40 (1):119-26.
7.Sória DAC, Souza IEO, Moreira MC, Santoro DC, de Menezes MFB. Resilience as subject for investigation in nursing and in other areas: a revision [Portuguese]. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem. 2006;10(3):547-51.
8.Atkinson PA, Martin CR, Rankin J. Resilience revisited. Journal of psychiatric and mental health nursing.16(2):137.
9.Grotberg E. Nuevas Tendencias en Resiliencia. In: Paidós, editor. Resiliencia; descubriendo las proporias fortalezas. Buenos Aires2004. p. 19-30.
10.Mugnaini R, Januzzi P, Quoniam L. Indicadores Bibliométricos da Produção Científica Brasileira uma Analise a Partir da Base Pascal. Ci Inf. 2004;33(2):123-31.
11.Araújo C. Bibliometria: evolução histórica e questões actuais. Em Questão. 2006;12(1):11-32.
12.Pinheiro L. Lei de Bradford: uma reformulação conceitual. Ci Inf. 1983;12(2):59-80.
13.Cubo Delgado S, Martín Marín B, Ramos Sánchez J. Métodos de Investigación y Análisis de Datos en Ciencias Sociales y de la Salud. Madrid2011.
14.Ribeiro JL. Metodologias de Investigação em Psicologia e Saúde. 3 ed. Porto: Legis Editora/Livpsic; 2010.
15.Ahern NR, Kiehl EM, Sole ML, Byers J. A review of instruments measuring resilience. Issues in comprehensive pediatric nursing.29(2):103.
16.Takviriyanun N. Development and testing of the Resilience Factors Scale for Thai adolescents. Nursing & health sciences.10(3):203.
Produção Científica de Enfermagem sobre Resiliência ...estudo bibliométrico...
Manuela Amaral-Bastos
CHP: Serviço Cuidados Intensivos Pediátricos
UCP: Instituto Ciências da Saúde, Centro Interdisciplinar de Investigação em Saúde
PORTO
Bem Hajam
pela atenção dispensada
A ENFERMAGEM, ao prestar cuidados a pessoas que, muitas vezes , vivenciam fortes situações de adversidade, dispõe de um campo de ação significativo para interpelar ao desenvolvimento de condutas resilientes.
Na área da saúde, o conceito de resiliência tem vindo a desenvolver-se desde os anos 80.

À medida que a investigação tem produzido resultados o conceito tem vindo a complexificar-se.

Podemos dizer que a resiliência se traduz pelo enfrentar as adversidades, saindo desse processo transformado positivamente.
Os enfermeiros partiram de conhecimentos disponibilizados por outras disciplinas mas não detiveram os seus estudos tanto na população infantil como noutras áreas da saúde, tendo-se dedicado ao estudo da resiliência
Ao longo do ciclo vital;
Vivências familiares;
Grupos de idosos, mulheres, doentes, etc.
Full transcript