Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Biblioteca Digital da Produção Artística da ECA/USP

No description
by

Sarah Ferreira

on 4 June 2018

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Biblioteca Digital da Produção Artística da ECA/USP

Biblioteca Digital da Produção Artística da ECA/USP
Marina Macambyra e Sarah Lorenzon Ferreira

http://www.memoriaesociedade.ibict.br/humanidades-digitais/
Fonte: http://www.nehilp.org/~nehilp/HD/SobreHD.html
Slides do acervo da Biblioteca da ECA/USP
Produção artística - modalidade da produção intelectual que engloba a podução nas áreas de artes cênicas, música e artes visuais.
"... agregam as ciências sociais e humanas, as ciências da computação, ciência da informação e documentação...
... em termos gerais, as linhas de investigação procuram o entendimento e gestão dos ciclos de vida da informação e interesse histórico e social e sua reutilização como objeto de estudo pelas comunidades acadêmicas e escolares." (GUERREIRO; CAMPOS; MIRA, 2016).
Humanidades Digitais
Década de 1990
- boom da internet
- acervos que antes estavam restritos às bibliotecas foram sendo aos poucos digitalizados e compartilhados

O foco não é a tecnologia em si, mas o conteúdo a disponibilizar.
Biblioteca Digital da Produção Artística da ECA/USP

Objetivo
- reunir e divulgar a produção artística de professores, alunos e artistas que passaram pela Escola.

inicialmente, o projeto se concentrará nos trabalhos de artes visuais.
1985
- registro e divulgação da produção do corpo docente e técnico da USP (preocupação constante das bibliotecas): são cadastrados no Dedalus artigos, livros, capítulos de livros, trabalhos em evento etc.

2012
- foi criada a Biblioteca Digital da Produção Intelectual (BDPI/USP) com acesso ao texto integral da produção online.

Dedalus e BDPI
- ferramentas adequadas e eficientes para o controle e divulgação de documentos textuais.

...
e o registro da Produção Artística?
Produção intelectual
O termo
Humanidades digitais
abriga projetos e reflexões sobre a relação entre as disciplinas tradicionais das humanidades e as tecnologias digitais.
"
o registro da produção artística é fundamental, entende-se que a teorização sobre o objeto artístico resulta primordialmente do registro e não de uma situação efêmera; para que se configure uma contribuição à área de conhecimento e possa servir de referência, há que ultrapassar o efêmero
".


Qualis artístico/CAPES - anexo II, Item II, tópico 4. Existência de registro (catálogo, DVD, CD, vídeo etc.) - 22/05/2005
Produção artística
Artes Visuais - ECA/USP
Criação dos cursos de graduação (1971), mestrado (1974) e doutorado (1980) - pioneiros no Brasil na área de Artes.

Trabalhos práticos de caráter artístico: gravuras, desenhos, esculturas, objetos, fotografias, filmes, livros de artista etc.

Claudio Mubarac, chefe do departamento (CAP) considera que esses trabalhos "
demonstram que o visível não se limita ao legível e que a visualidade é uma forma de articular nossa experiência frente ao mundo, contribuindo assim para melhor analisarmos as diferentes naturezas dos discursos, dos raciocínios e sensibilidades.
"
Início de 1980 -
desenvolvimento de uma coleção de imagens de obras de arte em slides (produção local e doações de artistas).
Novas questões:

Valeria a pena investir recursos para desenvolver uma biblioteca digital de imagens de arte na internet?
Haveria interesse da comunidade?
Quais seriam as características desse serviço e o perfil da coleção?
Final de 1990
- boom da internet
- surgimento dos bancos de imagens na Web
- o catálogo de images da biblioteca (base de dados acessível apenas em rede local) fica obsoleto.
Características técnicas
- base de dados acessível pela internet;
- imagens com alta qualidade técnica, boa resolução e diferentes opções de visualização;
- possibilidade de visualização da imagem em detalhes;
- versão para carregamento rápido;
- versão adequada para impressão.

Conteúdo
- criações artísticas de professores;
- obras resultantes de pesquisa de mestrado e doutorado;
- trabalhos de conclusão de curso;
- registros do processo criativo dos artistas da ECA;
- arte brasileira, arte contemporânea e cerâmica.
Necessidades dos pesquisadores da ECA/USP para a formação de uma coleção de imagens de arte (FERREIRA, 2014)
Desenvolvimento do Projeto

Após pesquisarmos algumas práticas e sistemas para a criação de uma biblioteca digital de imagens chegamos a algumas soluções que serão aqui apresentadas.
1. Padrão de metadados para descrição

VRA Core
- projetado especificamente para a descrição de imagens e obras de arte;
- possibilita três diferentes tipos de descrição: Obra, Imagem e Coleção

O VRA Core é usado em associação com o
Cataloguing Cultural Objects: a guide to describing cultural works and their images (CCO)
- ambos desenvolvidos pela
Visual Resources Association.
Registros de duas Imagens
open source
criado em 2008 desenvolvido pela
Roy Rosenzweig Center for History and New Media
(CHNM) e
George Mason University
(GMU)

utilizado para exibir coleções digitais e exposições virtuais de bibliotecas, museus e arquivos.

maior versatilidade na customização de funcionalidades, instalação, configuração e possibilita a gestão de conteúdos de forma intuitiva, similar a um blog.
2. Software - OMEKA
International Image Interoperability Framework (IIIF)
Uma
comunidade
que desenvolve
APIs compartilhadas,
para a entrega de imagens via Web, que podem ser implementadas em
softwares
possibilitando a
interoperabilidade
de seus conteúdos.


Tipos de imagens: livros, fotografias, jornais, manuscritos, mapas, partituras, obras de arte etc.
Comunidade IIIF - iiif.io/community
Composta por bibliotecas acadêmicas, bibliotecas nacionais, museus, arquivos, organizações comerciais e sem fins lucrativos.
IIIF APIs em produção
IIIF Adoção em progresso
International Image Interoperability Framework (IIIF)
Possibilita o
compartilhamento
e
reutilização de conteúdos
entre diferentes instituições, mesmo que utilizem servidores de imagens ou softwares de visualização diferentes, proporcionando ao usuário uma boa experiência de visualização de imagens com zoom profundo, orientação, tamanho etc.
API da Imagem
API de Apresentação
"Obtém pixels" via servidores web RESTful.
Metadados necessários para uma boa "experiência de visualização".
Estrutura Técnica do IIIF
http://iiif.io/api/image/2.1/
Identificação da imagem e suas especificações através de uma
URI
entregue por protocolos HTTP ou HTTPS.

Sintaxe:
{scheme}//{server}/{prefix}/{ID}/{region}/{size}/{rotation}/{quality}{.format}
API da Imagem
API da Imagem - info.json
Fornece informações suficientes da imagem possibilitando uma boa experiência de visualização.

Metadados de natureza gerencial.

Incentiva a reutilização criativa do conteúdo e para este fim, garante que ele permaneça separado dos metadados descritivos.

É portátil, reutilizável e interoperável.
http://iiif.io/api/presentation/2.1
API de Apresentação
Imagem + Apresentação = Objeto
http://iiif.io/community/
IIIF: Mais três APIs
APIs -> Estrutura -> Ecossistema
http://iiif.io/community/
Flexibilidade

Reuso

Anotações

Zoom profundo

Utiliza a estrutura de URL padrão para acessar imagens

Softwares de código aberto integrados ao IIIF:
Benefícios IIIF
3. Protocolos de visualização de imagens

Além das regras de catalogação, padrão de metadados e software é necessário pensar num modelo semântico de apresentação de imagens que atenda às demandas dos usuários.

A solução encontrada foi aderir aos protocolos de visualização da
International Image Interoperability Framework
(IIIF)
O protótipo da Biblioteca Digital da Produção Artística da ECA/USP está sendo construído a partir das propostas aqui apresentadas:
Questões de ordem técnica e gerencial a serem resolvidas
critérios de seleção das obras e imagens
contato com os artistas
captura e processamento das imagens digitais
direitos autorais (tanto da obra quanto do fotógrafo)
fluxo de trabalho
captação de recursos
customização do menu principal do Omeka
construção da interface de pesquisa com usabilidade adequada
Obrigada!

Marina Macambyra
<maca@usp.br>

Sarah Lorenzon Ferreira
<sarahloren@usp.br>
"Valorizar a produção artística, democratizar o acesso e aumentar a visibilidade dos jovens artistas formados pela ECA estão entre os resultados almejados".
Full transcript