Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Deixando de fingir

Criando uma cultura de autenticidade 1 Jo 1.8
by

Bruno Carmanin

on 21 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Deixando de fingir

Deixando de fingir: Criando uma cultura de autenticidade 1 Jo 1.8. Os farizeus não eram autênticos, eram hipócritas. Abrindo mão da minha necessidade de fingir. Sinto-me despido: Mantendo a cultura de não
fingimento. A experiência do Pastor
John Burke Conclusão #Guardavam regras da tradição Lc 11.42;
#Encheram a mensagem de tradições;
#Esqueciam que os mandamentos se resumiam em dois;
#"Amavam a Deus", mas não ao próximo (pessoas desordenadas e pecadoras).
#Fingimento religioso, máscaras espirituais, falsos piedosos. #Fale autenticamente. As pessoas serão autênticas, logo, você terá que ser autêntico.
#Autenticidade começa comigo (espiritualidade verdadeira).
#Você é necessitado da misericórdia, não finja que não é.
#Eu posso estar no autoengano como: Pedro com seu zelo, como Paulo, como Tiago e João que queriam reconhecimento. #Quando nos auto enganamos, somos os últimos a saber.
#Admita que você é fraco, vulnerável, seja transparente.
#Sejamos humanos, não vendedores religiosos. #Fraquezas com o álcool;
#Oração mentirosa;
#Ele teve que se abrir com amigos;
#Deus o valorizava mesmo que não tivesse sucesso, mesmo que Fracassa-se. Criando uma cultura em que: A verdade os libertará. #Repita essa visão, isso molda o comportamento das pessoas e abre-as para a verdade.
#A continuidade dessa cultura do não fingimento faz com que as pessoas concluam: "Somos assim, somos verdadeiros".
#A cultura se estabelece, como um antídoto.
#Ser verdadeiro: Confesse seus pecados uns aos outros para que sareis Tg 5.16.
#A autenticidade é um terreno onde o Espírito trabalha, onde brota o crescimento.
#Seja verdadeiro no seu grupo de irmãos e diante do mundo, pois eles querem ver pessoas sem máscaras religiosas.
#O mundo quer ver uma fé em ação, estamos em obras.
#Não é possível ter cura quando se fala a verdade sem um ambiente de aceitação e ampla graça.
#Nos expondo um pouco, as pessoas que chegam no grupo em média se despem e demonstram quem são. (Ficando acessíveis a verdade).
#Se mostrarmos que somos vulneráveis, precisaremos de segurança, logo, necessitaremos de Deus.
#Diante das pessoas podemos mostrar alguns conflitos, mas nem todos pensamentos, isto, para que vejam que estamos juntos na santificação.
#Cresçamos juntos vencendo problemas, não escondendo-os nas máscaras eclesiásticas.
#Farizeus se diziam fortes, pareciam não precisar de Deus, nem de sua libertação.
Full transcript