Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

As Revoluções Inglesas e o Capitalismo Industrial

No description
by

Vinícius Pereira gomes

on 21 June 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of As Revoluções Inglesas e o Capitalismo Industrial

As Revoluções Inglesas e o Capitalismo Industrial
A Origem da Sociedade Industrial
As Revoluções Inglesas
As concessões comerciais eram de preferência para Anglicanos. Os descontentes passaram a exigir um governo menos autoritário.
Cercamentos
Modernização da Agricultura
Funcionavam com um sitema de três campos e consistia em uma divisão entre cereais, tubérculos e gramíneas. As ovelhas se alimentam o ano todo.
A Prosperidade da Era Tudor
Enriquecimento da Burguesia:
Essas inovações resultaram em três coisas:
Revoluções Inglesas
Puritana e Gloriosa
Junto das indústrias , surgiu também a rigidez do horário para acompanhar as máquinas e sua produção acelerada.
A sociedade passou a ser dividida entre burgueses e proletários
E as cidades se tornam mais populosas e poluídas.
A Dinastia Tudor soube lidar com o Parlamento, ficou conhecido como um" absolutismo disfarçado".
Manufaturas
Criação de carneiros
Pirataria contra estrangeiros
Tinham monopólios comerciais em troca do apoio ao Rei.
Houveram manifestações das pessoas que perderam seus empregos. A maioria deles se tornou mendigos,
andarilhos e pedintes.
No século XVI, foi diminuido a área de agricultura para aumentar a produção de lã da nascente indústria inglesa.
Aumento da produção e da população.
Expulsão dos camponeses de suas terras por não conseguirem competir.
Cria uma força de trabalho numerosa e barata para a
Revolução Industrial.
Revolução Puritana
No século XVII, o Rei Carlos I entrou em conflito com
o Parlamento por impostos e dogmas religiosos com apoio de católicos e anglicanos.
Pequenos proprietários, mercadores e donos de manufaturas ficaram do lado do Parlamento.
Após sete anos de luta, Oliver Cromwell prendeu, julgou e executou o Rei Carlos I.
Oliver Cromwell
Carlos I
República -1651
Cromwell aprova o
ATO de NAVEGAÇÃO
que acaba com intermediários, só navios Ingleses transportam produtos negociados com a Inglaterra.
Cromwell também instalou uma ditadura e foi criticado por puritanos e ameaçou até outras monarquias, como a espanhola, até sua morte em1658.
Revolução Gloriosa
Após a morte de Cromwell a monarquia é restaurada com Carlos II, seguido de Jaime II que tenta restaurar o catolicismo.
O parlamento que era anglicano, depôs Jaime II e coloca no trono o holandês protestante
Guilherme de Orange
Esse episódio ficou conhecido como Revolução Gloriosa.
A partir daí, o Rei vai respeitar a
Carta Magna (Bill of rights, petição de Direitos)
e a declaração do Direitos passando, seu poder para o Parlamento (burguesia e nobreza)







privilegiou atividades comerciais (portos/estradas/navios)
O Rei se tornou figurativo.
A produção Artesanal
Os artesãos são donos dos instrumentos de trabalho e conhecem as fases da produção.
Essa produção é limitada pela força e habilidade do artesão.
A Manufatura
No século XV, negociantes agrupam os artesãos e dividem a produção em etapas e assim eles não são mais donos dos instrumentos
Passam a trocar a força de trabalho por um salário.
A
carta magna
limitava os poderes
do Rei, garantindo o poder para o Parlamento (Burgueses+Nobres)
A Revolução Industrial
O Pioneirismo Inglês
: As conquistas ultramarinas formam um mercado mundial, e a Inglaterra tinha um império colonial.
Os ingleses tinham no algodão seu principal produto e vinha da colônia.
Esses lucros impulsionaram a Industrialização.
O crescimento das Cidades
A revolução Industrial aconteceu principalmente nas cidades com a construção de galpões paras as máquinas e operários.
O artesanato deixou de existir.
E a sociedade se divide em burgueses e proletários,
muitos desses vindos do campo.
Abundância de Carvão e Ferro.
Houve uma melhoria nas técnicas produtivas e no usos de novas fontes de energia como o carvão mineral após o desgaste do carvão vegetal.
No fim do
século XVIII
, a produção de
ferro
triplicada garante a construção de máquinas de tecidos, pontes, navios e estradas de ferro.
Estradas de Ferro
As estradas de ferro representam uma verdadeira conquista tecnológica, a primeira linha ligava Durham ao litoral, de 1830 com algumas dezenas de quilômetros , a 1850 já haviam 37 mil quilômetros
As Cidades e a Vida Operária
Não haviam direitos trabalhistas, e as ocasiões que garantiam o contato e solidariedade foram desaparecendo desse povo vindo do campo, e geram associações de operários.
Os trabalhadores tiveram que se adaptar com o tempo da fábrica ditado pelas máquinas e seus movimentos
.
Habitação e Saneamento.
As cidades inglesas não tinham estrutura para abrigar a multidão do campo, nas casas operárias não tinham esgoto e viviam muitas pessoas (cheiro nauseante, lixo e miséria)
As más condições geram doenças como cólera e tuberculose.
Ordem social centralizada
Pesos e medidas unificados
Expansão marítima e ataque de corsários
A partir de 1824 o Parlamento permite as associações de trabalhadores, os Sindicatos, greves explodiram na Ilha. O Cartismo com um milhão de assinaturas mandou uma carta ao Parlamento pedindo
Sufrágio Universal
.
Com a recusa do parlamento, em 1840 reuiram 3,3 milhões de assinaturas com mais greves e manifestações.
Agora eles também reivindicavam aumento de salário e redução da jornada de trabalho.
Full transcript