Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Virtualização com KVM

No description
by

Christopher Mota

on 22 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Virtualização com KVM

Virtualização com kvm Conceitua-se virtualização como a camada de abstração entre o hardware e o software. O hypervisor é a plataforma básica das máquinas virtuais como conhecemos Definição de
Virtualização
Virtualização completa
A virtualização completa ou full virtualization cria um sistema físico virtual completo que funciona sobre um sistema operacional que realmente esta instalado no har# apt-get install ubuntu-virt-serverdware.

Característica principal é de que não precisa fazer nenhuma modificação no sistema operacional convidado (ou hóspede) para que o mesmo rode em uma virtualização completa. Exemplos de virtualização completa são o Vmware Player e o VitualBox. Tipos de Virtualização # apt-get install ubuntu-virt-server
# apt-get install bridge-util
# apt-get install ssh-server Instalação virsh é uma ferramenta de interface de linha de comando para gerenciar arquivos e o hypervisor. Para Intel:
# grep vmx /proc/cpuinfo
Para AMD:
# grep svm /proc/cpuinfo Verificar Hardware Máquina Virtual baseada em Núcleo, é uma infraestrutura de virtualização, integrada ao Linux. A primeira versão da KVM foi incluída no Linux 2.6.20 (Fevereiro de 2007). Kernel-based
Virtual Machine LINUX Paravirtualização
Na paravirtualização o sistema operacional convidado é alterado para trabalhar com o hipervisor.

Exemplos de paravirtualização são o Vmware ESX, o Xen e o Hiper-V. Tipos de Hypervisor Tipo I - Bare Metal: executa diretamente no hardware do servidor. Ex. Xen Tipo II - Hosted: aplicação fornece um ambiente de execução para outras aplicações. Ex. VirtualBox No Host: No Cliente: # apt-get install virt-manager O KVM é implementado como um módulo do kernel, permitindo que o Linux se torne um hypervisor apenas ao carregar um módulo.

O KVM fornece virtualização completa em plataformas de hardware que fornecem suporte para instrução de hypervisor (como as ofertas Intel ® Virtualization Technology [Intel VT] ou o AMD Virtualization [AMD-V]). Exemplo
# virt-install -n nomeServidor
-r 1024
--disk path=/var/lib/libvirt/images/hdServidor.img,format=qcow2,size=40
-c ubuntu_12.04_amd64.iso
--connect=qemu:///system
--vnc
--noautoconsole
-v A biblioteca libvirt é uma API Linux relacionada aos recursos de virtualização do Linux que suporta diversos hypervisores, incluindo Xen e KVM, bem como QEMU e alguns produtos de virtualização para outros sistemas operacionais. O QEMU é um emulador de software livre para sistemas de PC completos. Além de emular um processador, o QEMU permite a emulação de todos os subsistemas necessários, como hardware de interligação de redes e de vídeo. auto br0
iface br0 inet static
address 192.168.25.253
netmask 255.255.255.0
network 192.168.25.0
broadcast 192.168.25.255
gateway 192.168.25.1
bridge_ports eth0 <interface type='bridge'>
<mac address='52:54:00:7e:9b:c8'/>
<source bridge='br0'/>
</interface> Verificar se kvm está instalado
# kvm-ok
INFO: Your CPU supports KVM extensions
INFO: /dev/kvm exists
KVM acceleration can be used help Imprime Informações de ajuda básica
list Lista todos os convidados
start Inicia um convidado inativo.
destroy Força um convidado a parar.
define Apresenta como resultado um arquivo de configuração do XML para um convidado.
domid Exibe o ID dos convidados
dominfo Exibe Informações sobre Convidados.
domname Exibe o nome dos convidados.
domstate Exibe o Estado de um convidado
quit Interrompe o terminal interativo.
reboot Reinicializa um convidado
shutdown Fecha com delicadeza um convidado.
suspend Pausa um convidado
migrate Migra um convidado para host de outros. Christopher Morandi Mota Analista de Tecnologia da Informação
VI Simpósio de Informática
IFNMG Campus Januária Entenda o KVM Algumas definições
-c | --cdrom = Associação de um arquivo iso ou cdrom da vm.
-d | --disk = Arquivo ou partição/lvm para imagem de disco.
-f | --file = Arquivo para imagem de dsico.
-l = Local com os arquivos para instalação do S.O.
-n | --name = Nome da vm.
-r | --ram = Memória RAM alocada para vm.
--vcpcus = Número de cpus para a vm.
--vnc = Ativação da console usando virt-viewer/virt-manager.
-w | --network = Bridge a ser adicionada à vm.
--os-variant = Tipo de sistemas Operacionais.
--noautoconsole = Não deixa o convidado conectar ao console.
-v = Virtualização completa
-p = Paravirtualização windows
win7
vista
winxp64
winxp
win2k (Server 2000)
win2k8 (Server 2008)
win2k3 (Serer 2003)
linux
debiansqueeze
fedora14
rhel6 (Red Hat Enterprise Linux )
sles11 (Suse Linux Enterprise Server 11)
ubuntumaverick
Ubuntu 10.10 (Maverick Meerkat)
unix
openbsd4
freebsd8 Criando a Máquina Virtual Vamus utilizar o comando Virt-install. Para ver as opções utilize o comando:
# virt-install --help
# man virt-install
Full transcript