Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Alquimia e Tradição de 1920

No description
by

Rômulo Borges

on 18 September 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Alquimia e Tradição de 1920

Pré-Treino Mágico Alquimia e Tradição de 1920 2012 - Ano de Kah-mah Wuah-tih Mah Gabriel Magnavita
Lorena Souza
Rômulo Borges Alquimia Psicológica Alquimia Espiritual Alquimia Material Magia segundo nossa Tradição Leis dos Elementos Al-Nuit (Possibilidades)

"Todas as possibilidades existem, estejam elas no plano consciente ou inconsciente". Leis do AR Ergolah (Planos Energéticos)

"Todos os planos energéticos interseccionam-se em pontos distintos, mas complementares. Combinam-se aos pares, grupos ou alternam as conjunções, de acordo com o movimento de Glu’oc". Palmh-Nuit (Portal de Possibilidades)

"Nenhum portal leva ao caminho anterior. Nenhuma possibilidade é revivida. Cada uma tem suas particularidades, de acordo com o movimento energético de cada momento, em específico, sejam eles quantos forem, simultâneos ou não". Kalandra (Percepção)

"A percepção é a arte da identificação pela não repetição". Hugh-Nuit (Possibilidades que circulam) Koladah (Unificação) Leis do FOGO 5ª Lhuat (Luz e Sombra) 4ª Loah (Aplicação Energética) 2ª Ko-Luhmium (Latência) 1ª The-elemah (Expansão) Leis da ÁGUA 2ª Pay-aht (Moral) 1ª Kawaut-etthe (Sinalizar a Necessidade) 3ª Lou-atha (Imersão) 4ª Pah (Negação) Leis da TERRA 1ª Laic-atta (Tudo é) 2ª Hoota (Responsorial) 4ª Kay-Laic (Individualidade) 5ª May-ah Toaw-oth (Discurso de May-ah) Elementos Essenciais Os Quatros Elementos Ar - Sublimatio - Intuição

Sublimatio - do latim “sublimis” que quer dizer “elevado”.

A intuição é a função psíquica que lida com as ligações sutis e não palpáveis entre os eventos internos e externos. Desequilíbrio:

Excesso de idealismo

Fuga na fantasia

Dificuldade de realização

Moralismo rígido, devido ao afastamento do mundo terreno dos instintos. O Ar:

Evoca um outro mundo além da realidade concreta.

O princípio que rege este elemento é o da sincronicidade (Einstein), o que permite vivências temporais e espaciais fora dos padrões usuais. Quando as emoções estão equilibradas, conscientizadas, não somos possuídos por elas e seu calor se transforma em força vital. Fogo- Calcinatio-Emoção

uma substância é aquecida em chama viva até torna-se cinzas O princípio regente:

Logos, que determina o foco, a impulsão, a agilidade e organização, mas também o campo dos sentimentos O Desequilíbrio:

Dominação pelo calor das paixões

Personalidade inflamável e explosiva.

Força vital dispersa e improdutiva.

Excesso de foco

Exclusão das possibilidades As pessoas regidas pelo Fogo se expressam com a necessidade básica de expansão. Água -Solutio - Sentimento A Solutio:
1. Sabedoria da água
2. Não luta contra as dificuldades
3.Se adequa às circunstâncias. O princípio:
Eros, a união, a ligação afetiva. Significado quando está conectado afetivamente. Desequilíbrio:
1. Sensibilidade ao extremo
2. Perda da individualidade Sensação Coagulação A Terra perde suas qualidades de firmeza, base e apoio para o crescimento e fertilidade e se torna árida, monótona, seca ou pantanosa e estagnada. Excesso de pragmatismo, “fazer trator” e o não aprendizado e experiência aprendizado se dá também através da aceitação dos limites que toda concretização proporciona. Diz respeito ao mundo dos sentidos e à possibilidade de desfrutá-los Coagular é concretizar, tornar matéria. raízes firmes, Know-How, técnica, necessidades básicas de alimentação e ao sexo simbolizar o que está concreto,sólido, disponível no plano da ação Terra-Coagulatio- Sensação Desequilíbrio Pedra Filosofal: representa a obtenção da consciência de si, a união entre espírito e natureza, a sabedoria disponível da própria energia. Na magia, o estudo dos “Elementos Essenciais” significa:

A. Consciência de si mesmo a partir das características dos elementos AR, FOGO, ÁGUA e TERRA.

B. Descoberta e compreensão da essência, esta que transmuta com as experiências e está conectada ao legado.

C. A sabedoria disponível da própria energia para equilibrar as interações que o ser faz com os outros, o meio e a natureza.

D. Entendimento das heranças que o fluxo vital possui para contrabalançar as situações de confortos e limites, através do desencadear das emoções, ações e reações que cada elemento estabelece. ELEMENTO DE ESSENCIA OU DE INSTINTO:
O Elemento de instinto é aquele que liga a alma com o que há de mais essencial entre o ser e natureza.

Relacionado ao Rubedo:
a Rubedo corresponde ao estágio de maior elevação, iluminação, o renascimento espiritual ELEMENTO ESPONTÂNEO:
Se manifesta de maneira natural e confortável.

Relacionado ao Citredo:
Maior consciência acerca da existência. Compreensão da forma de interação que o fluxovital pode compartilhar. ELEMENTO DE MANIPULAÇÃO:
A busca por meio do elemento de manipulação é que este passe a se expressar com naturalidade.

Relacionado ao Albedo:
É a etapa que simboliza a subida da
luz, a aurora, o amanhecer.
É a partir desse elemento que buscamos clareza e maior facilidade no lidar com este elemento. ELEMENTO DE SOMBRA OU ALERTA:
Menor condição de experiência.
Dificuldades pelo não aprendizado com a energia deste.

Relacionado ao Nigredo
Significa decomposição, sendo essencial para destruir a natureza antiga e transmutá-la.
O Nigredo aponta as limitações que este elemento tem na caminhar do mago.
Putrefação da interação deficiente que foi estabelecida com este elemento de alerta. “O funcionamento da magia depende da nossa capacidade de compreensão sobre o mecanismo de funcionamento dos poderes que estamos invocando”. "Luh-mium e UnLuh-mium (Luz e Sombra) paream-se, alternando suas pulsações complementares e necessárias". "A aplicação energética do Luhmium deve ser pontual, para que não desregule por falta ou excesso". "A potência individual da energia mobiliza o bailar da energia cósmica e responde diretamente em todas as demais potências individuais, assim como está latente ao retorno de sua própria energia e da latência externa, advinda das demais". "TUDO pulsa. TUDO expande, interna ou externamente. NADA retrai". "Olho que vê, boca que cala. Nem tudo o que se pensa, fala". "O movimento energético na água cura pela imersão, à medida que se desenvolve a capacidade de analisar o fato – causa e efeito – a partir do processo, parte a parte, não pela simples percepção do TODO". "Só se oferece ajuda a quem sinaliza a necessidade. Todo vício e acomodação cedem um dia ao movimento do Universo. Não há ruído que tanto perdure, não há certeza que não se atualize. Mas SEMPRE de você para você mesmo e, depois, de você para o outro". "Não se analisa a unilateralidade. Não se julga sem estar no lugar do outro. Não se possibilita a escolha sem a clara percepção dos motivos que podem determinar a escolha". "Tudo é. Tudo está. Sua aplicabilidade depende do grau do envolvimento de cada um". "O TODO responde pela ação de cada um. O NADA, pela ausência de todos". “Levanta-te cada dia com a mesma dignidade com que viveu o dia anterior. Cuida-te, ora e aja, sabendo que, seus passos, só seus pés podem dar."
(Oldice Pat'ham - 1ª Noh-nah da Tribo). “Até tempo de espera é tempo de ação.”
(May-ah Hernac) "A convicção, a determinação e a integridade estão pareadas. Lado a lado, corroboram a verdade pessoal e valoram as ferramentas do indivíduo". 3ª May-haato (Ferramentas) Leis Herméticas e Associação entre as Leis Um bom exemplo da relação entre os processos alquímicos e os processos mágicos da Tradição de 1920 é a relação entre as Leis Herméticas e as Leis dos Elementos. Por vezes uma Lei Hermética pode ser associada a mais de uma Lei dos Elementos e a mais de um elemento simultaneamente. As Leis dos Elementos podem ser vistas como Leis Herméticas que são fragmentadas e setorizadas de acordo com o fluxo de um determinado elemento. “O Todo é Mente; o Universo é Mental” 1ª - Lei do Mentalismo Mentalismo 1ª AR 6ª AR 1ª TERRA Tudo é possível consciente ou inconscientemente e todo evento é uma unificação de alguma experiência possível.
Tudo é e tudo está, mas só pode ter aplicabilidade dentro do grau de desenvolvimento (capacidade) pessoal. "Nada está em seu lugar constante. Tudo paira. Glu’oc condensa". "Todo evento é uma unificação de alguma experiência possível". O estudo dos elementos que podem ser encontrados no ser e na natureza é chamado de “Elementos Essenciais”.

Expressão do elemento por interação pela paridade, complementariedade ou oposição aos demais. O alquimista buscava o ouro que poderia ser transmutado dos metais e o ouro espiritual que havia em si.

Pode-se associar o ouro à própria essência em sua integridade, conectada com o legado e experimentando o que pode transmutar a cada nova experiência.
O elixir da vida representa a essência primordial de cada ser no espaço-tempo sagrado.

Os elementos essenciais podem ser experimentados como a herança do fluxo vital de cada um e conhecimento sagrado da natureza, sob o prisma que esta faz parte também de sua matéria-prima. 3ª Zimph-zah (Tempo de Resposta) "Empregada corretamente a energia, o tempo de resposta é sempre AGORA". 2ª - Lei da Correspondência “O que está em cima é como o que está em baixo. O que está em baixo é como o que está em cima” Correspondência 2ª AR 4ª ÁGUA 2ª TERRA 6ª AR Todos os planos energéticos interseccionam-se em pontos distintos, mas complementares e todo evento é uma unificação de alguma experiência possível. Portanto, não se analisa unilateralmente. Não se julga sem estar no lugar do outro.
O TODO responde pela ação de cada um. O NADA, pela ausência de todos. 3ª - Lei da Vibração “Nada está parado. Tudo se move. Tudo vibra” Vibração 1ª AR 1ª ÁGUA 4ª TERRA 1ª FOGO Tudo pulsa, tudo expande, nada retrai, nada está em seu lugar constante, tudo paira e Glu’oc condensa. Pois não há vício ou acomodação que um dia ceda ao movimento do Universo.
Sendo assim, levanta-te cada dia com a mesma dignidade do dia anterior. Cuida-te, ora e aja, sabendo que, seus passos, só seus pés podem dar. Alquimia e Magia 4ª - Lei da Polaridade “Tudo é duplo, tudo tem dois polos, tudo tem seu oposto. O igual e o desigual são a mesma coisa. Os extremos se tocam. Todas as verdades são meias-verdades. Todos os paradoxos podem ser reconciliados” Polaridade 5ª FOGO 3ª TERRA Luz e sombra paream-se, alternando suas pulsações complementares e necessárias.
A convicção de saber em qual polo está, a determinação para querer mudar de polo e a integridade para estar inteiro no processo de mudança, corroboram a verdade pessoal e valoram as ferramentas que, neste caso, é a transmutação. 5ª - Lei do Ritmo “Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas marés, tudo sobe e desce, tudo se manifesta por oscilações compensadas. A medida do movimento a direita é a medida do movimento a esquerda, o Ritmo é a compensação” Ritmo 3ª AR 2ª ÁGUA 4ª TERRA 3ª FOGO Na dança da vida nenhum portal te levará ao caminho anterior, nenhuma possibilidade será revivida. Consequentemente, não se deve analisar pela unilateralidade, não se deve possibilitar uma escolha sem a clara percepção dos motivos que podem determiná-la.
Após a análise feita, e empregada corretamente a energia, o tempo de resposta é sempre agora. Por isso levante-se todos os dias com a mesma dignidade do dia anterior, cuide-se, ore e dance, sabendo que, na dança da vida, seus passos, só seus pés podem dar. 6ª - Lei do Gênero “O gênero está em tudo: tudo tem seus princípios Masculinos e Femininos, o gênero se manifesta em todos os planos da criação” Gênero 5ª FOGO 3ª TERRA Por ser uma aplicação da lei da Polaridade, a lei do Gênero está associada a todas as leis dos elementos correlacionadas com a lei da Polaridade pela ratificação da existência de dois polos e porque é necessário ter convicção, determinação e integridade, para saber em qual verdade pessoal seu eu está inserido e quanto de cada energia faz parte de sua essência. *Curiosidade* "O Elemento Ar, diferentemente dos demais, não estabelece o que se chama de ‘graows’naoth’.
O Ar não determina o gênero em suas frequências, porque entende que sua Teia Mágica é tão complexa que os gêneros não se estabelecem. É como se você assumisse o gênero masculino agora e, meio segundo depois, fosse fluxo feminino. E de repente, em menos de meio segundo, voltasse a masculino. Ou ainda, se linkado com o Etéreo, os dois, simultaneamente".
Ricardo Branco 7ª - Lei de Causa e Efeito “Toda causa tem seu efeito, todo efeito tem sua causa. Tudo acontece de acordo com a Lei. O acaso é simplesmente um nome dado a uma lei não reconhecida. Existem muitos planos de causalidade, mas nenhum escapa à lei” Causa e Efeito 2ª TERRA 3ª TERRA 4ª TERRA 2ª FOGO 3ª FOGO 4ª FOGO 3ª ÁGUA A potência individual da energia mobiliza o bailar da energia cósmica e responde diretamente em todas as demais potências individuais e está latente ao retorno da sua própria energia e da latência externa advinda das demais. No momento em que se aprende a aplicar corretamente a energia o tempo de resposta será sempre o agora, devendo ser pontual, para que não se desregule por excesso ou por falta, deve-se desenvolver ferramentas necessárias que ratifiquem sua verdade pessoal, para que as suas ações não resultem em consequências não esperadas. E é de suma importância analisar os fatos, parte a parte e não perceber só o todo. Pois o todo responde pela ação de cada um e o nada pela ausência de todos. Por isso cuida-te e busca por sua evolução pessoal, sabendo que, seus passos, só você pode dar. Roda do ano
Roda de energia
Agente (polarização) Fluxos energéticos e seus direcionamentos Grafismos
Indumentária
Linguagem corporal
Oralidade Linguagem simbólica na tradição 1920 Intenção x Consciência Linguagem simbólica na magia Linguagem alquimica, polarização e sigmas A linguagem simbolica na bruxaria Iconografia e iconologia
Linguagem hermética Linguagem simbólica Treino de Jakar e as Fases do Processo Alquímico Percepção e Realidade Sistemas de Personalidade As Fases do Processo Alquímico retratam o processo de evolução pessoal: NIGREDO, ALBEDO, CITRINITAS e RUBEDO são as fases desse processo.

O treino de Jakar pode ser visto como ferramenta para esse processo, um possível caminho para que seja se alcance a evolução, uma projeção dos passos para um caminhar mágico. Termo do Silêncio As coisas que não queremos mais começam a putrefazer, a cheirar mal e em nosso interior enegrecido buscamos por transformação. É a partir do momento que aprendemos a nos escutar que nossa transformação começa. O treino de Jakar propõe que nos escutemos. Propõe que entremos em nós mesmos em busca de descobrirmos qual a forma que nossa energia e propõe também que partamos em busca de descobrirmos quem somos de verdade, qual é a nossa essência. Realidade é aquilo que percebemos através de nossos julgamentos e representações, aquilo sentimos através dos nossos órgãos do sentido e o que nossa bagagem histórica permite que percebamos.

A realidade que conhecemos e que vivemos nada mais é do que a forma como registramos o Universo, como registramos os espaços que por nós é conquistado. Sentidos Visão + Olfação + Paladar + Audição + Tato = Realidade dos Sentidos = Percepção Memórias + Sensações + Avaliações Subjetivas Percepção e Sensação Quanto mais informações captadas pelos órgãos do sentido e adicionadas à memória, maior será a capacidade de autoconhecimento e transcender o limite sensorial.

Etapa do treino diretamente ligada ao elemento AR pela necessidade que o indivíduo tem de aprimorar sua capacidade sensitiva e perceptiva e de TERRA pelo senso individual de realidade. Ao compreendemos o que sentimos é também o momento em que o Nigredo vai assumindo o estágio de brancura. É a percepção daquilo que vai ser transformado que começa a tornar branca a matéria enegrecida.

O Albedo é, portanto, o auge da brancura, o auge do entendimento e o auge do autoconhecimento. A última parte do treino de Jakar define padrões de personalidade baseados nos estudos do Psicólogo Jung e deixa claro que, embora assumamos com mais frequência determinadas atitudes, somos perfeitamente capazes de perpassar por todas as 16 vertentes propostas por ele. "As relações entre os processos alquímicos e os caracteres de Jung associam os planos de desenvolvimento pessoal a partir do que está intrínseco em nossa verdade pessoal, mesmo que sombreada por aquilo que ainda não percebemos".
Ricardo Branco O estudo dos elementos que podem ser encontrados no ser e na natureza é chamado de “Elementos Essenciais”.

Expressão do elemento por interação pela paridade, complementariedade ou oposição aos demais. ELEMENTO DE SOMBRA (NIGREDO) ELEMENTO DE MANIPULAÇÃO (ALBEDO) ELEMENTO ESPONTÂNEO (CITREDO) ELEMENTO DE INSTINTO (RUBEDO) O Sol e a Lua - Casamento Sagrado Go raibh maith agat Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Renovação
Lua: Germinação Sol: Germinação
Lua: Nascimento Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Renovação
Lua: Germinação Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Renovação
Lua: Germinação Sol: Germinação
Lua: Nascimento Sol: Nascimento
Lua: Fertilização Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Renovação
Lua: Germinação Sol: Germinação
Lua: Nascimento Sol: Nascimento
Lua: Fertilização Sol: Fertilização
Lua: Crescimento Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Renovação
Lua: Germinação Sol: Germinação
Lua: Nascimento Sol: Nascimento
Lua: Fertilização Sol: Fertilização
Lua: Crescimento Sol: Crescimento
Lua: Amadurecimento Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Morte
Lua: Morte e Renascimento Sol: Decomposição
Lua: Renovação Sol: Renovação
Lua: Germinação Sol: Germinação
Lua: Nascimento Sol: Nascimento
Lua: Fertilização Sol: Fertilização
Lua: Crescimento Sol: Crescimento
Lua: Amadurecimento Sol: Amadurecimento
Lua: Decomposição
Full transcript