Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Engenharia de Software - Scrum

Trabalho de Engenharia de Software sobre a Metodologia de Desenvolvimento Scrum.
by

Bruno Lorenzetti

on 27 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Engenharia de Software - Scrum

Engenharia de Software

Retrospectiva da Sprint
O Time Scrum
Artefatos do Scrum
Os artefatos definidos para o Scrum são especificamente projetados para maximizar a transparência das informações, são eles:
Gerência
É importante frisar que o Scrum não tem uma gerência tradicional: forte e poderosa - mas uma divisão de responsabilidades que devem ser cumpridas para que haja sucesso no projeto.
Reuniões
As reuniões são mecanismos que definem a abordagem na Sprint. Entre elas, temos:
O que é o Scrum?
Na década de 90, Jeff Sutherland criou a metodologia de desenvolvimento ágil com nome de Scrum: uma analogia a um estudo feito por Takeuchi e Nonaka, na década de 80. No estudo, os autores compararam equipes fortes em desenvolvimento com a formação “scrum” existente no Rugby. O Scrum pode ser definido tanto como um framework (conjunto de classes que colaboram para realizar uma responsabilidade para um domínio de um subsistema da aplicação), como uma metodologia.
Product Owner
Scrum Master
Product Backlog
Sprint
Histórias
A história ou User story (história do usuário), vale como um caso de uso que descreve funcionalidades que agregam valor ao cliente. São requisitos que vão alimentar o Product Backlog sendo ordenados por prioridade de implementação.
Essas histórias devem ser:
Reunião de Planejamento
Reunião Diária
Revisão da Sprint
Metodologia
Organiza e prepara o Product Backlog;
Defini os ciclos (Macrogerênciamento);
Pode ter uma equipe de analistas;
Conhece as necessidades do cliente;
Conhece o andamento do projeto;
Conhece o resultado de cada momento do projeto;
Mediador (cliente x desenvolvimento).
O Time Scrum é composto pelo Product Owner, o Membro da Equipe e o Scrum Master.
Membro da Equipe
Desenvolve o produto;
Não há superior cobrando resultados;
A cobrança vem da própria equipe;
Auto-organizada;
Equipe colaborativa;
Protege a equipe;
Remove obstáculos que pode atrapalhar a equipe;
Frisa que a cobrança é feita pela equipe;
Mantêm o Product Backlog junto com o
Product Owner;
Derruba barreiras entre cliente x desenvolvimento.
Independentes: para que a equipe consiga terminar o trabalho nesta história;
Flexíveis: devem permitir variações, agregam valor ao cliente;
Realizada em um período de uma Sprint;
Descreve funcionalidades que gera valor ao cliente.
Lista de requisitos ordenadas por
prioridade de implementação;
Lista funções, característica, melhorias e correções feitas no produto;
No topo desta lista estão as atividades que demanadam maior desenvolvimento;
Período de tempo que varia entre 15 e 30 dias;
É o período onde todos os itens do Backlog já foram selecionados;
Durante a Sprint nada é alterado, pois ja foi decidido o que deve ser feito e a equipe já sabe como trabalhar.
Focar e definir o significado de "Pronto" (Product Owner trará o Product Backlog ordenado, para facilitar o entendimento da equipe);
Analisar as prioridades do Backlog e desenvolver o planning poker, assim a equipe analisa o que deverá ser trabalhado primeiro;
Definirá prazos de entrega.
A reunião diária tem um tempo estimado de 15 minutos;
Conduzida pela equipe com o Scrum Master;
Objetivo de coordenar a equipe, e que todos tomem ciência do que os outros integrantes estão produzindo;
Objetivo central é saber o que foi feito desde a última reunião, o que aconteceu e o que será almejado para o dia.
Baseia-se na definição de "Pronto";
Conta com a presença do Product Owner para que seja apresentado o produto "Pronto";
Caso aceito o produto, a equipe parte para o próximo ciclo;
Caso não, os itens voltam para o Product Backlog.
Esta reunião é conduzida pela equipe e para a equipe, avaliando os pontos fortes e fracos do ciclo;
Mecanismo que possibilita a reflexão do que faltou e deve ser melhorado;
Os pontos fracos devem ser discutidos para se chegar a uma solução.
Conclusão
A metodologia Scrum não se preocupa apenas com o cronograma, escopo, prazo e custo, mas com a qualidade e valor agregado deste produto final.
A palavra-chave desta modalidade é foco. Foco em:...
Priorizar o requisitos e saber estimá-los;
Saber trabalhar o material fornecido pelo cliente;
Organizar o dia de trabalho;
Entender a definição de "Pronto";
Colaborar com a equipe e reconhecer o erro e corrigi-los.
Bruno Lorenzetti
Henrique Silvério
Júlio Batista
Rodrigo Dias Pais
Rodrigo Mafra Rios
3º e 4º GTI
Gráfico Burndown
Full transcript