Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Planejamento na Ed. Infantil...Mais que a atividade. A crian

No description
by

Carla ROSSEL LIGETI

on 18 November 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Planejamento na Ed. Infantil...Mais que a atividade. A crian

• A atividade educativa da creche não ocorre apenas em momentos especialmente planejados para tal, o horário das “atividades pedagógicas”;
• Qualquer proposta de planejamento, na ação, vai depender, em muito, do educador
Da crítica às possibilidades do compromisso à prática: Repensando o planejamento do trabalho na educação infantil, incluindo os bebês!
Conhecer o que, e o para que e quem planejar é mais importante de como esta traduzido no papel.

Citando a Jose Fusari, planejar "não é decidir se é o plano sera redirigido no formulario X ou Y, mas assumir que a açao necesita um minimo de preparo"
O que importa? A forma, o jeito?
Planejamento, qual é o real Norte?
Planejamento na Ed. Infantil...Mais que a atividade. A crianca em Foco.

por Luciana Esmeralda Ostetto
Amanda Prado
Carla Rossel

Mas.....
Como planejar?
O que fazer com as crianças?
O que fazer com os menores de 3 anos?
Mas talvez nos deveriamos perguntar, O QUE É PLANEJAMENTO?
Não pode ser confundido com uma lista do que fazer na sala de aula.
É um processo reflexivo
É atitude, envolve toda açao e situação do cotidiano
É atitude critica do educador diante do seu trabalho docente.
Planejar depende de:
visão do mundo
da crian
ça
De educação
De processo educativo
Envolve Escolha
Olhar atento da realidade
Reflexão
Tipos de Planejamento
Baseado em listagem de atividades.
Baseado em datas comemorativas
Baseado em aspectos do desenvolvimento
Baseado em temas
Baseado em conteúdos organizados por areas de conhecimento
Professora Silvia
Salomão

Preocupação em preencher o tempo de trabalho.
Rudimentar, nao associado a qualquer principio educativo explicito
• O caráter pedagógico está marcando e envolvendo todo o cotidiano, pois hoje sabemos, “ao atender o bebê, o adulto não apenas lhe dá cuidado físico mas o insere no mundo simbólico de sua cultura ao interpretar suas expressões, gestos, posturas” (Oliveira et alii 1992); Na mesma direção, como indicou Machado (1996,) que o pedagógico não está na atividade em si, mas na postura do educador, uma vez que “não é a atividade em si que ensina, mas a possibilidade de interagir, de trocar experiências e partilhar significados é que possibilita às crianças o acesso a novos conhecimentos.”
• O ponto de partida é a observação das crianças: o que buscam saber sobre o mundo à sua volta, quais suas preocupações e que perguntas estão fazendo; a escuta torna-se hoje, o verbo mais importante para e pensar e direcionar a prática educativa; a mensagem ganha sentido e significado no momento em que aquele que a escuta lhe dá acolhida e valorização;
• Planejar sim, mas contando com a real potência de sua realização
• O importante é exercitar o olhar atento, o escutar comprometido dos desejos e necessidades do grupo revelados em seus gestos, falas, expressões, em suas linguagens, enfim. O planejamento não é ponto de chegada, mas ponto de partida ou “portos de passagens”, permitindo ir mais e mais além, no ritmo da relação que se construir com o grupo de crianças.
Privilegia uma concepção
Justificativa para atividades
Padrão de normalidade da criança
Não existe criança normal, historica, concreta, determinada por seu contexto .
Não articula com as fases posteriores
Busca aticular com atividades do cotidiano
Foco no interesse da criança
O que faz parte da realidade da criança é de interesse
Problema na aplicação deste tipo de planejamento
"toma-se o tema como uma fôrma, dentro da qual um ou outro ingrediente pode ser trocado, mas o produto vai sair do mesmo jeitinho, sob o controle do formador."
Articula com o ensino posterior
contribui a universalidade de conhecimentos socialmente acumulados
Quatro grandes areas de conhecimento: Lingua Portuguesa, matematica, ciencias sociais e ciencias naturais.
Mas.....e os bebês?

Voltamos a mesma pergunta, como planejar? ou, o que considerar no planejamento?
Full transcript