Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Agora a síntese, senhoras e senhores, por favor...

No description
by

João Paulo Domingues

on 23 September 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Agora a síntese, senhoras e senhores, por favor...

Agora a síntese, senhoras e senhores, por favor...

“Só existirá democracia no Brasil, no dia em que se montar no país a máquina que prepara as democracias. Essa máquina é a escola pública”.(Manifesto dos Pioneiros, 1932)
Você conhece o PPP de sua escola?
Você sabe quando e como ele foi construído? Converse com os seus colegas sobre o PPP de sua escola e verifique se há necessidade de uma revisão ou reconstrução do dele.
Projeto Político Pedagógico

Conselhos escolares: Lei de Diretrizes e Bases de 1996, em seus artigos 14 e 15, em que se refere tanto à elaboração do Projeto Político-Pedagógico (art. 14, inciso I) quanto aos Conselhos Escolares (art. 14, inciso II), mas não institui normas específicas a respeito, atribuindo tal responsabilidade aos sistemas estaduais e municipais de ensino. Nesse sentido, poderão ser encontradas variações entre os entes federados na constituição de tais instâncias de democratização da gestão escolar.


Conselhos escolares

“Temos um modelo de democracia sem cidadania porque não podemos nos apropriar do publico. A gestão é terceirizada e profundamente dependente do aparelhamento político partidário, fundamentado em um interesse resistente porque nasce da associação entre capital e política. A aliança entre capital e partidos asfixia a democracia”.

“Partidocracia”

De onde vem nosso apreço ao formalismo?

Em quais outros traços de nossa cultura ele aparece?

Onde ele aparece na escola?

Quais as consequências da hipertrofia legislatória para a educação?

O formalismo legal

A gestão centralizadora só é possível dentro de uma lógica de despolitização. Por isso o professor deve ter comprometimento político. O enfraquecimento do debate político é parte da imposição velada de um projeto de escola (qual projeto seria esse?). O professor deve disputar este projeto e a gestão democrática é parte essencial deste processo.
“Compreender o presente desvelado”

Gerir democraticamente a escola é muito difícil em um contexto em que a educação não é gerida democraticamente.

“Com programa assim reduzido pela angústia de tempo, sofre ainda a escola uma administração centralizada e rígida, que lhe dificulta a adaptação a condições cada vez mais difíceis de funcionamento. Por outro lado, o professor, integrado em quadro único pertencente a todo o Estado, desligou-se da escola, para pertencer às secretarias de educação, onde vive numa competição dolorosa por promoções, remoções e comissões, que se fazem os objetivos da profissão”
.

Gestão democrática da educação e gestão democrática da escola

Anísio Teixeira

Como você agiria caso fosse diretor?

Possui algum amigo que ascendeu a esta condição?

Como foi esse processo?

Que perfil ele assumiu, por quais mudanças passou?

Existem forças interessadas em sustentar um modelo autoritário de gestão escolar?

Quem são elas, como agem e por que existem?

O autoritarismo é dominante ou se vale do flanco aberto por nós mesmos no processo ideológico de esvaziamento do debate político na esfera pública?

A ditadura está morta? Por onde ela anda agora?
Onde você guarda seu autoritarismo?
O problema de Washington

Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio.
ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DEMOCRÁTICA DA ESCOLA
Como está o ambiente em sua sala de aula? Prevalece a hierarquia ou o diálogo?

Os alunos têm a possibilidade de aprender e se desenvolver como cidadãos?

Há uma cultura de decisões negociadas entre turma e professores? Como funciona?
Democracia na sala de aula
Você percebe como viável a implantação de um grêmio estudantil em sua escola? Quais as restrições para isso, caso existam?
Você conhece alguma escola onde exista algum grêmio funcionando?
Conte-nos sobre esta experiência.

Grêmios estudantis

Formamos cidadãos?
Formamos para o mercado?
Formamos para qual mercado?
Nossa democracia possui cidadãos?
Com mais cidadãos teríamos mais escolas?
Com mais escolas teríamos mais democracia?
Valores reais versus valores proclamados na escola pública

“Um processo de cultivo e amadurecimento individual, insuscetível de ser burlado, pois corresponde a um crescimento orgânico, humano, governado por normas científicas e técnicas, e não jurídicas, e a ser julgado sempre a posteriori e não pelo cumprimento formal de condições estabelecidas a priori. “


“O estado brasileiro vem emitindo cultura por decreto".

O problema do muito legislar

A simples constatação da falta de diálogo não resolve o problema . Mas por que as salas de professores convertem-se em muros de lamentação?
O “reclamacionismo”

Roda de diálogo
Caderno V
Full transcript