Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Fundamentos Ecologia

No description
by

Marcelo Oliveira

on 16 February 2018

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Fundamentos Ecologia

nicho ecológico
Definição
ciência que estuda os seres vivos e suas interações com o meio ambiente onde vivem

okologia
oikos + logos
História da ecologia
Charles Robert Darwin
História da Ecologia
ecologia é...

1960
Subdivisões da ecologia
LINHA DO TEMPO
Fundamentos da Ecologia

Origem da palavra
casa estudo
"estudo da casa"
estudo do meio ambiente
"mentor da ecologia moderna"


naturalista

criador da teoria da seleção natural

1809 - 1882
ecossistema
conjunto de diversas variáveis ambientais relacionadas a uma determinada espécie
conjunto de seres vivos e do meio ambiente em que eles vivem e todas as interações desses organismos com o meio e entre si
teoria da seleção natural
História da ecologia
Ernst Haeckel

1834 - 1919
"nenhum conhecimento biológico é completo quando os organismos são estudados separadamente"


- Generelle Morphologi der Organisme
(Morfologia Geral dos Organismos)


"A ciência capaz de compreender a relação do organismo com o ambiente"
"O estudo das complexas inter-relações, chamadas por Darwin de condições de luta pela vida"
Burdon Sanderson
1893
"A ciência que se ocupa das relações externas de plantas e animais entre si e com as condições passadas e presentes de suas existências"
Ricklefs
1963
"O estudo do ambiente natural, particularmente as relações entre organimos e suas adjacências"
Charles Elton
1927
"Ecologia é relacionada com o que pode ser chamado de sociologia e economia de animais e não com a estrutura e outras adaptações que eles apresentam"
Andrewartha
1961
"o estudo científico da destribuição e abundância de organismos"
Hans Krebs
1962
"O estudo científico das interações que determinam a distribuiçao e abundância de organismos"
1913
publicação de "Um guia para o estudo da ecologia animal" de Charles Christopher, do primeiro periódico sobre ecologia (Journal of Ecology) e de outras obras que fizeram a ecologia se fortalecer como ciência em meio a comunidade cientifica
movimento mundial de consciência ambiental que popularizou a ecologia no sentido geral, fazendo com que ela deixasse de ser conhecida apenas no meio cientifico
Autoecologia
Estuda as espécies a partir de suas relações com o meio ambiente analisando a reação de cada uma das espécies aos fatores ambientais
Sinecologia
Estuda a comunidade dos seres vivos em âmbito populacional, demográfico e quantitativo
Demoecologia
Estuda cada uma das populações separadamente
Curso Técnico em Guia de Turismo

Fundamentos de Ecologia e Responsabilidade Ambiental

Professor Marcelo

Referências
1. CASSINI, Sérvio Túlio. Ecologia: conceitos fundamentais. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo - Ufes, 2005. 69 p. Disponível em: <www.inf.ufes.br/.../Ecologia/CONC_BASICOS_ECOLOGIA_V1.pdf>. Acesso em: 23 nov. 2014.

2.ODUM, Eugene P.; BARRET, Gary W.. Fundamentos de ecologia. 5. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2011. 612 p.

3. SANTOS, Flavio A. M.. Ecologia vegetal: Uma visão histórica. 2014. Disponível em: <www2.ib.unicamp.br/profs/fsantos/bt682/2012/Aula1-T-Historico.pdf>. Acesso em: 23 nov. 2014.

4.TOWNSEND, Colin R.; BEGON, Michael; HARPER, John L.. Fundamentos em ecologia. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010. 576 p.


<http://www.aprendendoecologia.com.br/palestrasecursosmeioambiente/images/t1.jpg>.
<http://1.bp.blogspot.com/_68Ytj3J822I/SxQKfLrSBHI/AAAAAAAAAKw/t58wMOOAeOw/s1600/ernst_haeckel.jpg>
<http://www.astronoo.com/images/articles/phalenes-du-bouleau_315.jpg>
<http://greatmindsoftheworld.com/charles-darwin/>
Ou seja: onde os organismos são econtrados, quantos ocorrem em determinado local e por quê.
ECOLOGIA
Idéia de Sistema
Um sistema consiste em componentes interdependentes que interagem regularmente e formam o todo unificado (Odum, 1998)
De um modo geral a ecologia busca responder questões como:
- Onde estão os organismos?
- Em quantos indivíduos ocorrem?
- Porque lá estão (ou não)?
Os principais sistemas ou unidades biológicas são: gene, célula, tecido, órgão, sistema, indivíduo (organismo), população, comunidade e ecossistema. A ecologia se ocupa dos níveis de sistema além do organismo.
Átomos
Moléculas
Organelas
Células
Tecidos
Órgãos
Sistemas
Organismo
População
Comunidade
Ecosssistema
Biosfera
Organismo – unidade fundamental da ecologia, já que os níveis de organização abaixo dele não possuem vida separadas no meio ambiente.

Estrutura e funcionamento :
genes
ambiente

Sucesso do organismo como entidade ecológica:
energia e matéria que sustentem sua manutenção, crescimento e reprodução.
Espécie – conjunto de indivíduos capazes de se reproduzirem, gerando descendentes potencialmente férteis.
População: Indivíduos de mesma espécie – território delimitado pelo ecossistema onde vivem.


Capacidade: reproduzir e troca genética. (populações viáveis)

Natalidade e mortalidade

Propriedades coletivas: fronteiras geográficas e densidade
População
Comunidade – muitas populações diferentes habitando o mesmo lugar. As comunidades não possuem fronteiras definidas.
Hábitat – local onde uma (ou mais) espécie vive (retirando alimento, conseguido abrigo e proteção, podendo reproduzir-se).
Comunidade
O sistema ecológico ou ecossistema é qualquer unidade (biosistema) que abranja todos os organismos que funcionam em conjunto (a comunidade biótica) numa dada área, interagindo com o ambiente físico de tal forma que um fluxo de energia produza estruturas bióticas claramente definidas e uma ciclagem de materiais entre partes vivas e não-vivas (Odum, 1998).
Ecossistemas
Sistema em equilíbrio dinâmico, onde seres vivos e componentes não-vivos interagem.
A Origem da Vida
Biogênese
Teoria de Oparin e Haldane
Níveis de Organização Biológica
Unidades básicas de matéria.
Grupo de átomos, iguais ou diferentes, que se mantêm unidos e que não podem ser separados sem afetar ou destruir as propriedades das substâncias.
São compartimentos delimitados por membrana que têm papeis específicos a desempenhar na função global de uma célula.
Unidades estruturais e funcionais dos organismos vivos.
Do ponto de vista da biologia, um tecido é um conjunto de células especializadas, iguais ou diferentes entre si, separadas ou não por líquidos e substâncias intercelulares
Em biologia, um órgão é um grupo de tecidos que formam uma função específica ou grupo de funções.
Na biologia, um sistema ou sistema orgânico é um grupo de órgãos que juntos executam determinada tarefa.
Conjunto de todas as partes do planeta Terra onde existe ou pode existir vida, e que abrange regiões da litosfera, da hidrosfera e da atmosfera.
Origem da vida
Abiogênese
Biogênese
Aristóteles
William Harvey
Isaac Newton
René Descartes
Helmont
Needham
Redi
Joblot
Spallanzani
Luis Pasteur
Origem da vida
Abiogênese
Aristóteles
(384 a 322 a. C.)

Também denominada Teoria da Geração Espontânea.

Acreditava que um princípio ativo ou vital teria a capacidade de transformar a matéria bruta em um ser vivo.
"Todos os seres vivos originam-se espontaneamente de matéria bruta"
Origem da vida
Meados do século XVII: descoberta dos microorganismos.

Reanimação da hipótese da geração espontânea
.

Os abiogenistas achavam que seres tão pequenos e simpres como microorganismos não se reproduziam, surgindo por geração espontânea.
Origem da vida
Louis Pasteur (1822-1895)

Experiência nos Alpes - Pasteur levou frascos de vidro fechados completamente contendo caldo nutritivo até as altitudes dos Alpes.

Abriu os frascos para que os caldos ficassem expostos ao ar da montanha; depois, as bocas dos frascos foram novamente derretidas e fechadas.

De volta ao laboratório, verificou que apenas um dos vinte frascos abertos na montanha havia se contaminado.
Teorias modernas
PANSPERMIA -
baseada no surgimento da vida em outro planeta, sendo que os cosmozoários teriam alcançado a Terra por meio de meteoritos.

EVOLUÇÃO MOLECULAR -
a vida é resultado de um processo químico em que compostos orgânicos se combinam formando moléculas dando origem a estruturas com capacidade de autoduplicar.
Teoria de Oparin e Haldane
Elementos Abióticos do Planeta Terra
Biosfera
Atmosfera
Litosfera
Hidrosfera
Outros conceitos em Ecologia
Camadas relacionadas aos componentes abióticos da Terra:
atmosfera
hidrosfera
litosfera
Biosfera: área do planeta onde encontram-se
os seres vivos, ou seja, os componentes bióticos do planeta Terra.
Corresponde ao nível de organização mais
amplo estudado pela biologia.
Fatores que estabelecem os padrões climáticos:
variação da incidência da energia solar de acordo com a latitude
movimentos de rotação e translação da Terra.
O eixo da Terra é inclinado, fazendo com que a incidência de raios solares seja diferente em cada latitude, de acordo com a posição que nosso planeta se encontra em relação ao Sol.
Este fator é responsável, entre outras coisas, pela determinação das estações do ano.
Outro importante fator que influencia o clima é a existência, tanto no Hemisfério Norte quanto no Hemisfério Sul, de ciclos de ar que abrangem sempre um espaço equivalente a 30º de latitude.
Células de Hadley: ciclo de circulação de ar que ocorre entre a latitude 30º Norte e Sul e o Equador.
O ar que migra em direção ao Equador (ventos alísios) absorve umidade e calor em seu percurso. Ao encontrar seu destino sobe pelo acúmulo de temperatura, se expande, gera precipitações, esfria e retorna a seu ponto de origem.
O mesmo fenômeno ocorre entre as latitudes 30º e 60º (células de Ferrél) e entre 60º e 90º (células polares).
Regiões onde o ar é descendente são marcadas por pouca precipitação, enquanto as regiões onde o ar é ascendente são marcadas por grandes volumes de chuva.
A altitude, dada pelo relevo, também tem exerce grande influência ao clima.
A cada 200m acima do nível do mar á decréscimo de 1ºC na temperatura local e alteração do ciclo pluviométrico.
Movimentos de massas de ar da Terra
Os oceanos possuem também grande contribuição para os padrões climáticos.
A água absorve e perde calor de forma mais lenta que o solo e o ar continental. Dessa maneira ocorre um aquecimento não uniforme dos oceanos e este calor é distribuído seguindo o ritmo das correntes marítimas, guiadas pelos ventos.
De uma maneira geral podemos dizer que a litosfera corresponde à parte de nosso planeta que engloba as rochas e o solo.
Em sua formação a litosfera conta com o processo do intemperismo, que degrada as rochas e é classificado como:
químico - por penetração de água e por substâncias produzidas pelas raízes dos vegetais
físico - por temperatura, gelo, chuva e vento.
Ao sofre intemperismo, uma rocha libera grande quantidade de matéria inorgânica, que, ao se misturar com matéria orgânica, forma o solo.
O solo é dividido nos seguintes horizontes (camadas):
O - rico em decompositores e matéria orgânica
A - rico em minerais e matéria orgânica decomposta (húmus)
B - rico em argila, óxido de ferro e óxido de alumínio
C - semelhante à rocha original
Métodos de uso inadequado do solo:
queimadas
desmatamentos
adubação química
A exposição causada por técnicas inadequadas gera consequências como infertilidade do solo, erosão, lixiviação, contaminação de lençois freáticos, assoreamento de cursos d'água.
Nos dias atuais a hidrosfera encontra-se em grande risco devido à ação antrópica.
Nas áreas urbanas os problemas mais comuns encontrados são o despejo de lixo e esgoto em cursos d'água, impermeabilidade do solo (impede recarga de reservas subterrâneas), desmatamento da mata ciliar, canalização e aterramento de nascentes, cursos e lagoas.
Na zona rural o desmatamento de matas ciliares e a erosão são responsáveis pelo assoreamento dos cursos d'água.
O problema mais grave encontrado em tais regiões é a contaminação da água pela adubação química, que pode ser levada aos rios e reservatórios por ecoamento, ou contaminar lençois freáticos por penetração no solo.
Full transcript