Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Estudo de Caso Multiprofissional

No description
by

Gisele Castro

on 13 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Estudo de Caso Multiprofissional

ASPECTOS SOCIAIS/FAMILIARES
ASPECTOS PSICOLÓGICOS
ASPECTOS FÍSICOS/BIOLÓGICOS
ASPECTOS

RELIGIOSOS

Estudo de Caso Multiprofissional
Enfª Gisele Castro
Enfª Laise Godinho
Enfª Thaís Andrade
Fisioterapeuta Luiza Borges
Farmacêutica Aline Foguel
Unidade de Internação 8C
D.H.P.M, sexo feminino, 53 anos;
Residente em Torrinha - SP;
Nascida em Dois Corros - SP;
Casada;
Do lar;
Ensino fundamental completo;
3 filhos;
Mora em um sítio;
4 irmãos, pais falecidos de IAM
Rede social limitada

Marido adoeceu em Outubro de 2012, sendo necessárias sessões de hemodiálise e a necessidade de um doador.
"Eu não tenho muito (amigos), mas meu marido conhece a cidade inteira"


"No momento, eu não tava frequentando nada... Nossa vida tava muito corrida por causa da hemodiálise. Mas quando eu tinha as crianças, sabe, adolescentes, a gente ia muito na igreja"
História Clínica (antes da internação)
Refere hábitos saudáveis;
Nega alergias;
3 cirurgias cesarianas;
Sedentária;
Nega vícios;
Nega reposição hormonal após menopausa;
Prima com Ca de Intestino.

Optou em realizar a doação de um rim para o marido.

INICIAM OS EXAMES CLÍNICOS

"Foi um estresse! Eu era a única doadora, porque meu filho não tinha idade"

"Fiquei com medo, porque meus filhos podem vir a ter (a doença), a únia doadora seria eu, e se eu doar um rim para ele (marido), não teria para meus filhos"
Diagnosticada com processos carcinomatosos em ovário, omento e apêndice.

1ª Cirurgia: 17/12/13
HC de Ribeirão Preto
Salpiooferectomia, omentectomia e apendicectomia.
Sem ressecção uterina devido à aderências.

Tratamento quimioterápico: Cisplatina + Taxol
Não responsivo > Nova avaliação cirúrgica.


"Comecei a fazer os exames na filântropia do Einstein... E agora você me pergunta: eu tava bem? Não, não tava. A minha filha perguntou: mãe, a barriga tá grande. Eu falava: é a menopausa"


"O médico disse que quando entra na menopausa a gente engorda mesmo"
"Eu melhorei, mas você me pergunta: Eu tava bem? Eu estava cansada de tudo isso".

"Eu queria saber o que estava tomando (quimioterapia), mas eles não me passaram nada."
O 1º Contato com a equipe do HSL
-peritoniectomia diafragmática e subhepática direita
- colecistectoma e peritoniectomia do hilo hepático
- peritoniectomia diafragmática esquerda
- esplenectomia
- omentectomia maior e menor
- coletomia direita
- enterectomia segmentar
- peritoniectomia goteira parietocólica biliar
- peritoniectomia pélvica
- histerectomia
- ressecção de mesentério e mesocolon
- Entero anastomose
- Colocação de dreno de Blake

Quimioterapia peritonial hipertérmica com Mitomicina
Após consultas e exames iniciais no HSL, a paciente realiza a 2ª cirurgia no dia
25/03/2014 às 14h
até o dia
26/03/2014 às 09h
(19h). Foram realizado os seguintes procedimentos cirúrgicos:
05/04
- Na internação, iniciou com febre, sendo cultura de drenos positiva para enterococo e enterobacter. Piora do padrão respiratório com atelectasia bibasal. Submetida à cirurgia por deiscência de parede abdominal + ressutura da parede + reconstrução com tela + lavagem de cavidade + lise de aderências.

22/04
– Novos epsódios de febre e vômitos. Realizou CT com evidência de pneumoperitonio. Realizada LE com limpeza de coágulos em cavidade + correção de deiscência em coto sepultado de íleo da ileotransversoanastomose em cirurgia de 8 horas.

30/04
- Saída de dieta pelo dreno. Re-op. Secreção esverdeada pela FO; abcesso pelvico; deiscência parcial de fixação de GTM à parede.

02/05
– Bacteremia em FC 150 e PA 90x60. Encaminhada para UTI e resposta com melhora.
Full transcript